# #

Descobri que meu barbeiro casado gosta de pau

357 palavras | 2 |4.70
Por

Meu nome é Renato, sou leitor deste site a algum tempo e resolvi contar a história do dia em que eu peguei o cara que corta meu cabelo, o nome dele é Jonas, apesar de ser casado e pai de uns dois moleques que eu sempre via quando ia cortar cabelo, de um tempo para cá percebi que ele estava me olhando de uma forma meio diferente.
Sempre que não tinha gente no salão ele puxava assuntos de sexo e ficava falando como perdeu a virgindade, para mim era meio estranho e eu sempre mudava de assunto.
Um dia fui cortar o cabelo por volta de 12h, quando cheguei ele disse que ia almoçar e perguntou se eu não queria esperar, como eu já estava lá eu decidi esperar, foi quando ele disse que ia descer as portas do salão dele (tipo porta de loja) e que era pra ficar mais a vontade, até ai tudo bem, ele desceu a porta, depois disso ele ficou falando de uma puta muito conhecida na rua em que fica o salão dele e ficou dizendo que comeu ela, ele perguntou se eu era virgem e eu respondi que não, então ele falou algo que me deixou com um pouco de vergonha
– eu sempre notei você, quando você vem cortar o cabelo eu fico olhando para sua bermuda e dá pra ver um pouco seu pau, eu tenho curiosidade, você pode me mostrar?
Na hora pensei que era uma brincadeira, quando de repente eu vejo ele arriando minha bermuda e apertando meu pau para ficar duro por cima da cueca, ele perguntou se podia ver e eu disse que sim, quando ele baixou a minha bermuda Tactel meu pau pulou na coxa dele, aí ele desceu e começou a me chupar, na minha cabeça tudo era confuso, mas eu fui deixando pra ver o que ia rolar, foi quando ele pediu para eu gozar na boca dele, e depois dele chupar muito que eu gozei feito louco, desse dia em diante, sempre que ia cortar o cabelo ele me fazia gozar.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,70 de 10 votos)

Por # #

2 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Jão

    Delícia. Chegou a meter no puto?

    • Renato Guimarães

      Se tiver mais comentários no meu conto, eu posto uma parte 2 contando como comi ele