# # #

O Início de Tudo

978 palavras | 12 |4.12
Por

Eae tarados e taradas. Vocês sabem o que faço com minha filha de 10 anos, mas tá na hora de saberem como eu fui iniciada aos 7 anos de idade pelo meu pai. Nem todos os detalhes estão exatamente iguais, eu era muito nova pra me lembrar de tudo, mas foi mais ou menos assim.
Minha mãe sempre teve desde que eu me lembro uma loja e passava o dia inteiro lá trabalhando, já o meu pai trabalhava só de manhã quando eu tava na escola e ficava a tarde cuidando de mim. Começou em um dia que a gente tava vendo desenho e ele me chamou pra sentar no colo dele, isso era muito normal, mas nesse dia foi diferente, assim que sentei senti uma coisa dura na minha bunda, me assustei um pouco, mas ele disse pra ficar calma que o papai só ia fazer um carinho. Respirei fundo e sentei naquela coisa dura, ele colocou as mãos nas minhas coxas e apertou de leve, começou a beijar e lamber o meu pescoço e a minha orelha ao mesmo tempo em que foi me fazendo mexer pra frente e pra trás no colo dele. Por um momento eu fiquei assustada com essa coisa nova, mas o papai me deixou bem encaixadinha no caralho dele e logo foi me dando uns arrepios, ainda tava com medo, mas ao mesmo tempo eu tava gostando. Senti algo molhar o meu short e o papai disse que me amava e me mandou pegar minha toalha que ele ia me dar um banho.
Corri pro quarto, tirei minhas roupas e me enrolei na toalha, fui pra porta do banheiro e chamei meu pai. Pela primeira vez ele veio me dar banho totalmente pelado, eu nunca tinha visto meu pai pelado, mas achei ele muito bonito. Ele era musculoso e tinha o peito peludo, mas não muito, e também tinha uma linha de pelo do umbigo até o pau, o primeiro pau que vi na vida. O pau do meu pai é normal, tem uns 17, grossura normal e bolas medianas, mas acho uma cor muito bonita, bem rosinha como um pirulito de morango bem grande. Tapei os olhos com as mãos e minha toalha caiu, eu queria olhar mais, mas achava que não devia por ele nunca ter ficado pelado na minha frente antes.
Papai ajoelhou na minha frente, baixou minhas mãos e me deu um beijinho na boca, sorriu doce e disse – Vem, filhota. Papai vai te ensinar umas coisas bem divertidas.
Entramos no banheiro e ele ligou o chuveiro, mas ao invés de me dar banho ele sentou no chão e mandou eu sentar no colo dele de novo, obedeci e senti dessa vez pele com pele o papai me encaixar no cacete dele. Foi uma sensação gostosa. nessa posição o papai me mandou por a lingua pra fora e ficou chupando e lambendo minha lingua enquanto me fazia se esfregar nele. Depois de se dar por satisfeito de beijo ele me levantou e encaixou a minha bucetinha na boca dele, essa primeira vez foi estranha porque era bom só que ele foi com muita vontade e acabou sendo meio desconfortável também, mas no fundo eu gostei. No fim ele ficou de pé e me mandou ficar de frente pra ele, esfregou a baba do pau dele na minha cara e depois gozou no meu corpinho.
Papai me fez jurar segredo e eu fiquei com medo de ser uma coisa errada, mas ele me convenceu de que era só um segredinho divertido entre pai e ficar como um “bate aqui” secreto ou algo do tipo, eu era bem inocente na época, bobinha demais, então acreditei. Depois essas brincadeiras viraram rotina, eu aprendi a chupar, a ficar empinada pra ele esfregar o cacete no meu bumbum e me acostumei com a sensação de porra na boca, na pele, no cabelo e até na minha comida, o papai tinha um fetiche em me ver lambuzada ou comendo porra.
Mas um dia algumas semanas depois de eu completar 8 aninhos ele me chamou pra brincar e eu fui toda feliz, ele me colocou na cama como de costume e lambeu todo meu corpinho dos pés a cabeça, eu tava adorando tudo e esperando a hora em que ele ia me fazer mamar o pau dele ou esfregar ele em mim, mas o papai se afastou e pegou alguma coisa que até hoje não sei o que era, vi ele lambuzar o pau com alguma coisa que deixou ele brilhante e depois veio pra cima de mim, eu tava acostumada a sentir o pau dele quente, mas dessa vez tava gelado e escorregadio, fiquei confusa.
Então ele tapou minha boca com uma mão e usou a outra pra firmar o pau, ele começou a meter em mim pela primeira vez, entendi porque ele tapou minha boca porque não consegui conter os meus gritos, doía muito, mas ele tava determinado e continuou forçando e forçando, rasgando minha bucetinha até onde ela aguentava esticar, foi mais da metade do pau em uma xoxotinha virgem até então. Papai parou um instante, olhou pra mim e disse que me amava, logo depois começou a me foder como se eu fosse uma puta experiente. Lembro que doeu demais, eu me esperniei depois eu fiquei toda mole depois eu apaguei e acordei com ele me dando banho e a minha bucetinha ardia como o inferno. No outro dia foi a vez das pregas do meu cuzinho irem pro espaço e também doeu pra um diabo, só que com o passar dos dias fui me acostumando e logo me tornei uma puta de carteirinha como sou até hoje.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,12 de 25 votos)

Por # # #

12 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Anônimo

    Chamem no telegram
    @limafelipe

  • Responder Dollynho26

    Acho difícil que seja realmente a Lucia, quase certeza que é um fake novamente.

  • Responder Ana Júlia

    Nossa quem e viva aparece em,pense que você tinha morrido de HIV,sua vadia imunda semvergonha
    Conta mais das imundice que fazia com seu pai sua galinhuda

  • Responder Athos

    Muito bom. Continua gata. Tenho muita vontade de foder uma novinha assim como voce era.Delicia.

  • Responder Rafaella

    Espero que seja a Mãe da Shaira mesmo…. bom conto… Beijos

  • Responder Babylover

    Que delícia, 7 anos é a idade prft ..
    Quem curti essa idade ou menor(bebs) chama no telegram toddler_lover26

    • Fabio Safado

      Eu já trepei c mae e filha juntas a menina de 9 nas primeiras vezes tem que ter muita pasciencia mas a guria acostuma e vicia se vc é mamae e ta afim de ver sua filhota se iniciada me chama no telegram @safadinhotarado2018 aguardo vcs

  • Responder Alisson

    Que delicia,
    Muito gozo pra tomar e muita safadeza
    Eu como minha irmã de 11 anos
    quase que meu caralho não cabe

    • Anomimo

      Deixa seu contato tenho uma filha de 10

    • ANONIMO

      CHAMA NO TELEGRAM @BCD2930

    • [email protected]

      Tem Skype,passa aí.

    • Deliciosa

      Me chama, quero ouvir a história.
      [email protected]