#

A mãe dela deixou Flagrados na piscina

1100 palavras | 2 |3.87
Por

Era um fim de semana prolongado, o feriado era na quinta mas íamos emendar a sexta e segunda também, organizamos as coisas e nos dividimos nos em 3 carros no meu, eu, minha menina e minha sogra, no carro do tio da minha menina, ele com sua bela esposa Dalia, a filha dele ou deles eu ainda não tinha certeza, Gabriel e sua mãe Dalila, no outro carro iam meu sogro sua jovem e bela esposa Pâmela, Bruna e sim seu ex namorado Pedro. Pegamos a estrada por volta das 17 horas da quarta feira e por volta das 18:20 estávamos chegando no condomínio de chácaras. Logo na entrada depois da portaria existia um belo e grande lago, apesar de já estar no início da noite dava pra ter noção do tamanho, seguimos na estrada subimos uma rua e viramos a esquerda, depois de alguns minutos estávamos na chácara, era uma chácara grande, com uma casa principal de 3 quartos logo na entrada, depois existia uma grande escada que levava até à piscina, de um lado da piscina a uns 20 metros tinha um chalé com um quarto com banheiro e atrás uma sala com mesa de bilhar e ping pong, e na outra extremidade uma área de churrasco, banheiro e tudo mais, pra baixo ainda existia um pequeno bosque com algumas árvores fazendo um caminho até o fundo da chácara que passava um pequeno Rio margeando a uma trilha que no outro dia descobrimos que levava até o lago da entrada do condomínio. Em um dos quartos da casa principal iriam ficar minha sogra, Bruna, Dalila e Gabriel, no outro quarto o tio da minha menina Dalia e sua linda filhinha ninfeta, e por fim o terceiro quarto receberia meu sogro com sua bela esposa e Pedro. Este que tinha sido levado por meu sogro pra tentar reconciliar com Bruna mas mal sabiam eles que Bruna já não era mais a mesma menina de antes. Descarregamos as coisas do carro e nos acomodamos logo para descansar para aproveitar o fim de semana prolongado.
Fiquei com minha menina no chalé próximo da piscina, apesar do quarto pequeno era distante da casa principal e poderia ter intimidades sem me preocupar. Eu naquele fim de semana estava com os pensamentos unicamente em minha menina mas isso veio mudar depois, mas fui querendo ter boas noites de sexo com minha ninfeta tesuda e foi isso que aconteceu naquela primeira noite, depois de ter tomado meu banho estava na cama vendo TV, quando minha menina entra no banho, eu aguardava ela voltar pra fazermos um sexo gostoso mas ela me chamou antes dizendo que precisava da minha ajuda, fui até o banheiro, ouvi o chuveiro ligado quando entrei ela estava de quatro virada pra porta debaixo do chuveiro, sem pensar tirei minha bermuda e fui até ela, meu pau já ereto encostou na sua buceta mas ela disse que queria no cú, sem pensar eu peguei no seu quadril, aquela ninfeta de 4 me deixava maluco, sem pensar em nada eu enfiei de uma só vez, ela gritou mas também estava com muito tesão na segunda bombada ela já me olhava com seus lindos olhinhos claros de tesão, bombei o mais forte que consegui e ela disse que tava gozando, ouvir aquilo me fez gozar dentro do seu cú .
Depois tomamos um banho beijei todo seu corpo e fomos pra cama, dormimos por umas 2 horas e quando era passado 10 da noite …
A noite estava muito quente disse pra minha menina que ia pra beira da piscina pra tomar um ar, ela então disse ia no banheiro e logo também ia, eu estava sentado na borda da piscina de costa para a casa principal tomando uma cerveja quando ela chega usando sua camisola branca sem sutiã com sua micro calcinha vermelha, ela senta do meu lado e debruça sua cabeça em meu ombro e assim ficamos conversando como um casal apaixonado por algum tempo, com as pernas dentro d’água agitando curtindo o silêncio da noite em meio a natureza que pra quem mora em São Paulo tem como momentos assim raros. O calor era intenso e depois de alguns minutos minha menina entra na água disse que estava quente e começou a mergulhar eu acompanhei aquela beldade é olhar ela de camisola branca molhada deixando seu corpinho delicioso de ninfeta me deixou com tesão chamei ela pra perto e quando ela ficou entre minhas pernas abaixe minha bermuda tirando minha rola grossa já dura pra fora, ela olhou nos meus olhos sorrindo e sem ter que dizer nada ela já foi caindo com sua boquinha aveludada no meu pau, ela deu um beijo e passava sua língua na cabeça do meu pau fazendo um 360° depois engolia tudo dava umas sugadas antes de começar a tirar lentamente meu pau de sua boca, fez isso algumas vezes bem devagar me deixando louco e logo aumentou a intensidade das chupadas, parecia fazer aquilo a um bom tempo dominava totalmente a situação, cada vez mais minha menina dominava a arte do sexo, antes pura sem nunca ter beijado agora sugava minha pica com maestria, meu tesão era enorme e eu estava quase gozando sentado na borda da piscina apoiado com as mãos pra trás, senti que ia explodir foi quando joguei minha cabeça pra trás foi quando vi que estávamos sendo observados, sem ter condições de pedir pra minha menina parar pelo tesão da ejaculação que estava vindo fechei meus olhos achando que depois de ser notado por mim nosso observador iria se retirar e depois de alguns instantes chego ao tão delicioso orgasmo enchendo a boca da minha menina de porra e ela com muita habilidade não deixa escapar nenhuma gota, abro meus olhos e noto que nosso observador ainda estava lá e só saiu quando notou que minha menina ia se levantar da piscina…
Bom pessoal foi assim a primeira noite do nosso feriado prolongado, se você gostou deixe seu voto e comentário, se você quer saber quem era nosso observador leia o próximo conto, se você quiser deixar um palpite de quem seja sinta a vontade pra fazer isso nos comentários, espero que tenha sido bom pra vocês porque essa noite foi boa mas as outras do fim de semana prolongado foram muito melhores, acompanhem…
E lembrem-se para entenderem bem essa história leiam as anteriores

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,87 de 23 votos)

Por #

2 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Eu

    Que merda de conto

  • Responder Vantuil OB

    Continua. Só põem mais inspiração. Mais putarias.