#

Caindo na mão de um comedor de viado

505 palavras | 2 |4.36
Por

Estava com meus 15 anos e tinha uma vida gostosa,mas era somente estudo,um cinema ,e os encontros com a galera,mas uma vida sem graça….

Na verdade tinha uma turma mais chegada,mas as coisas eram sempre as mesmas e comecei a sair mais a noite em barzinho e fui conhecendo outras pessoas e numa noite encontrei um pessoal meio doido,e a conversa girava em sacanagem,e o meu conhecimento na matéria era muito pouco e fiquei na minha e a conversa era sobre as garotas,quem já tinha comido as garotas da turma,mas um gato dos seus 17 anos do nada disse que a moda agora era comer um viado,e o pessoal foi dizendo que na área não tinha nenhum,mas ele foi falando que estava se especializando na área,e tinha dado frutos aonde tinha dois viados que tinha iniciado e toda semana ele comia e curtia um cu bem gostoso.
Do nada ele foi dizendo que na verdade todo gato sonha em dar seu cu,mas é questão de oportunidade e o pessoal ria a vontade.
A conversa na verdade me deixou encucado,e as horas foram passando e o pessoal foi indo embora e ficamos em 3 pessoas,e o amigo foi a banheiro e ele me olhou dizendo gostou da conversa,quer experimentar para ver se gosta,e sem pensar disse gostaria de conhecer melhor.
Na saída ele me deu um papel com seu endereço e disse o espero por volta das 16 horas,e a noite pensava na cama,e a curiosidade falou mais alto,e as 16 horas adentrava na casa dele e de pronto me levou ao seu quarto,e de cara vamos ficar nus,e me vi contemplando uma linda rola,grossa,comprida,e ele disse pegue nela e fui com medo,e que sensação diferente,mas fiquei na minha e ele pediu coloque na boca,e vamos aprender a mamar e logo saboreava a sua rola e confesso que estava gostando,e ele me colocou de 4 a beira da cama,veio com sua língua,e me vi sentindo algo gostoso,e sem perceber rebolava e seu dedo com gel,dois dedos e foi entrando dentro do meu cu e ele disse agora ira sentir a rola do macho,e a posicionou na porta e foi empurrando,estava difícil mas a cabeça entrou,senti uma dor forte,e ele parou,mas falando ao ouvido,calma vai ser bom,e acariciava minha bunda e forçou e a rola entrou mais e logo estava toda dentro do meu cu,e logo ele foi tirando e colocando e foi acelerando e me vi sendo comido pelo macho e todo feliz dizia bom demais,mete gostoso,e ele obedecendo me socava,e logo me colocou de frente,ergueu minhas pernas e veio socando de cima para baixo e me encheu de porra,e que bom ver a alegria do macho em tirar o cabaço do meu cu,que a porra deslizava para fora.
Na saída ele disse que me esperaria no outro dia para consolidar a foda e a minha iniciação como seu viado.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,36 de 14 votos)

Por #
Comente e avalie para incentivar o autor

2 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Maurício Tcomo ID:19p1gtbkh9

    Bela narrativa

  • Responder @tesao1000 ID:5pbbros4k0c5

    MUITO BOM
    TELEGRAN @TESAO1000