# # #

A filha novinha do vizinho 2

1212 palavras | 15 |4.67
Por

Leiam o conto anterior para anterior para entender.

Depois do ocorrido Nick trouxe Luiza para a cama conosco, conversamos muito sobre o ocorrido, como foi, como seria dali em diante e da necessidade de sigilo.

Como havia metido muito em Nick e gozado muito forte não tinha força para estreiar Luiza como ela merecia, então resolvi brincar um pouco com elas para deixá-la satisfeita e no dia seguinte dar continuidade. Nick ajudou Luiza a ficar nua e a fez deitar de barriga para cima, então fui por cima daquela princesinha maravilhosa e a beijei na boca e comecei a percorrer seu corpo com os lábios pedaço a pedaço.

Quando sugiro seus seios a menina tremeu toda e soltou um longo suspiro e seus pelos se arrepiaram todos, então segui pela barriga até chegar em sua virilha. Neste pedaço ela começou a rir e a me empurrar, mas bastou tocar seus grandes lábios para que essa atitude mudasse, então gemidos começaram a surgir enquanto eu brincava com os lábios de sua bucetinha.

Enquanto eu sugava e dedilhava Luiza, Nick pegou meu pau e fez o que eu acreditava ser impossível, chupou ele mole e o fez crescer e pulsar como se não tivesse sido usado ainda. Luiza já havia gozado na minha boca e fez questão de gritar fortemente enquanto melava minha cara toda, ela ficou mole, meio desfalecida, então tirei o pau da boca de Nick e conduzi para a bucetinha da Lu.

Eu desacreditei mas entrou fácil na menina, foi inteiro sem que ela sentisse qualquer dor ou sangrasse, então parei e olhei para ela profundamente.

– Lu, com quem você já fez isso?

– Ninguém tio, por que?

– Normalmente dói e sangra na primeira vez, mas você aceitou meu pau todo sem reclamar

Ela fez cara de quem não entendeu, então me toquei de que ela possivelmente tinha o homem elástico, então não teria problema com dor. Tirei isso da mente e comecei a foder a menina como gente grande, já que ela não sentia dor não precisava me conter, então fodi forte por mais de uma hora.

Enquanto foda ela Nick se masturbava, então resolvi botar a Lu pra sentar e fiz Nick botar a buceta na minha cara, foi uma sucessão de gemidos até que um silêncio estranho invadiu o quarto, foi então que me dei conta que as duas se beijavam enquanto curtiam a foda gostosa que tínhamos.

Lu gozou três vezes e eu ainda consegui dar uma gozada bem gostosa dentro dela, então nós enroscamos e dormimos nus e na mesma cama. Pela manhã Lu levantou sorrateiramente e foi fazer o café da manhã, já Nick me abraçou e vi que seu rosto estava meio inchado. Nessa hora comecei a fazer carinho no rosto dela e ela agarrou meu pau e subiu nele, cavalgou com gosto até a campainha tocar, provavelmente seria sua mãe, então quis parar mas ela não deixou.

– Você só levanta depois de gozar, tenho que satisfazer meu marido todas as manhãs, antes de sair da cama para falar com qualquer pessoa.

Então voltei a minha posição e ela voltou a cavalgar com gosto mas silenciosamente. Enquanto isso Lu atendeu a porta, era sua mãe na porta querendo que elas fossem para casa, então Ou a fez entrar e disse que eu estava dormindo e Nick tomava banho, mandou mãe ir a cozinha tomar café enquanto ela iria chamar a irmã.

Lu entrou no quarto e nos encontrou fodendo, então mandou a irmã terminar logo e ir tomar banho pois a mãe esperava na cozinha, então saiu e Nick começou a quicar com mais vontade e fez o pau ficar todo melado com sua porra para depois levantar, dar uma chupar rápida e ir para o banheiro. Quando eu pensava em levantar Lu entrou, subiu em mim e apenas afastou a calcinha e sentou como sua irmã.

– E sua mãe?

– Ela encostou no sofá e dormiu, deve ter ficado a noite toda na delegacia e está morta de cansaço.

Então a tirei daquela posição e a coloquei de quatro para foder com mais força, ela começou a gemer mais alto quando Nick saiu do banho e mandou que parasse ou a mãe ouviria, mandou qua saísse de lá e fosse tomar banho, não poderiam dar bandeira ou a mãe desconfiaria e perderiam o marido.

Lu já havia gozado então saiu sem reclamar, ficou ruim para mim que estava sem gozar e Tinho fodido tanto. Mas Nick tinha razão, não poderia facilitar em nada, então levantei e coloquei uma bermuda larga com uma regata e fui encontrar a mãe das meninas que dormia na sala. Tina era uma loira meio sem graça, não era bonita como as filhas, era meio sem bunda, peitos médios e quadril largo, sentei ao seu lado com a caixinha de primeiros socorros e comecei a cuidar de seus machucados calmamente.

Tina acordou e se deparou comigo cuidando dela e começou a chorar, então a abracei e afaguei seus cabelos para que se acalmasse. O problema é que ela cheirava bem e eu fiquei excitado com aquilo tudo. Suas filhas eram as culpadas por terem meu usado e não me satisfeito.

A loira notou e se afastou um pouco, pedi desculpas e quis me levantar.

– Não precisa sair e nem se envergonhar, sei que está sozinho a um tempo e isso pode ter mexido com você.
– Meu marido brigou tanto comigo por achar que eu o traia, logo eu que sou tão feia e sem graça, homem nenhum me olha, quanto mais quer ter algo comigo. Te ver assim me deixa até envaidecida.

Nessa hora Nick entra na sala e vê a cena, eu abraçado com sua mãe e de pau duro, então ela apenas avisa a mãe que está indo para casa com a Lu, pediu que ela ficasse conversando comigo caso quisesse, pois pelo visto precisava relaxar. Tão logo saíram Tina agarrou minha rola e botou na boca.

– A tanto tempo não me sinto desejada, hoje quero que faça comigo o que quiser.

Então arranquei sua roupa e a fiz sentar no meu pau ali mesmo. Quando olhei para a janela vi as meninas assistindo tudo e aquilo me deu ainda mais tesão, então me empenhei mais ainda e fui recompensado com uma bela gozada de Tina.

– Já que posso o que eu quiser, então vou botar um bebê dentro de você hoje.

– Isso, mostra para aquele corno que eu aí da sou mulher, me engravida.

Nessa hora a porra toda que eu acumulei por conta daquelas putinhas fluiu para o útero da mãe delas.

Foi um final de semana interessante, se quiserem eu continuo.

@negrotop
[email protected]

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,67 de 39 votos)

Por # # #

15 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder JuarezABC

    Cara li imaginando minha pequenina com você!

    • Negroeamor

      @negrotop, chama e vamos conversar

    • JuarezABC

      esse e telegra ? negrotop?

    • jisue

      quero entrar no grupo

  • Responder Pachecao

    Quase gosei meu pau super duro e com uma vontade de entrar nesta brincadeira com vocês vou tocar uma gostosa punheta pensando nesta gostosa putaria. Continue não demore a publicação

  • Responder Suzi

    Eita homem insaciável!

  • Responder LuGo

    Criando grupo de putaria no telegram, quem quiser: Lzznt

    • Ivox

      Tô dentro, @ivorc7

    • Pachecao

      Também quero entrar neste grupo

    • STR STR

      @BigDaddyxd

    • @Pires88

      Chama, pires88

    • Ric

      Eu tbm quero

  • Responder Johnny

    Continue com os contos. São todos muito excitantes.

    • Alex

      Quero entrar no grupo, como faço

  • Responder Neto

    Continua