#

9 aninhos e um cu delicioso

990 palavras | 9 |4.40

Ola a todos, depois doque aconteceu vim buscar esse site pra contar oque aconteceu na semana passada, sei que se contar pra meus amigos serei mal julgado, bom vamos la
Tenho 28 anos, 1,80 de altura penis tamanho normal nao com mentiras como ja li em contos, trabalho em um provedor de internet em um pequena cidade, na segunda apareceu uma instalaçao pra fazer em um bairro mais pobre da cidade, chegando na casa chamei e fui atendido pela titular do pedido uma jovem com uns 25 a 27 anos, confirmei onde ela iria deixar o roteador e voltei pra rua verificar onde tinha a caixa mais proxima, puxei o cabo da rua coloquei no roteador pedi IP a equipe que fica na central as vezes eles demoram pra passar IP foi oque aconteceu nesse dia, falei entao: olha dona so estou esperando IP pra terminar.
– tudo bem moço sente um pouco
Foi quanfo apareceu uma moreninha nao muito bonita nao vou mentir, capelo crespo amarado pra cima, mas com uma boca carnuda e um corpinho bem interessante, foi quando ouvi um grito da vizinha chamando a mae dela.
– moço fique ai que ja venho carol fique ai porq o rapaz pode precisar de algo
Foi quando comecei conversar com ela
-como e seu nome ?
-carol
-qual sua idade ?
-9 anos
-parece ter uns 11
-obrigado o pessoal diz mesmo que pareço ter mais idade
-mas vc gosta que o povo ache que voce tenha mais idade ?
-eu nao ligo
Entao ela olha pra meu celar e pergunta o modelo
– e um LG k12
– minha mae ia comprar um pra mim mas nao pode agora
Pelo que entendi ela era mae solteira
– porque vc quer tanto um celular ?
– minhas amigas todas tem, queria tem face, insta, ver videos no you tube mas so tem o da minha mae e ela nao deixa eu usar.
Eu ja olhei aquela boca e aquele corpinho com maldade.
Dai falei: um celular e muoto bom mesmo, eu tenho um parado em casa, era um sansung galaxy 4 ou 5 nao lembro bem.
– jura ? O senhor vende ele ?
– vendo nao ta precisando so de uma bateria
– entao pra que o senhor quer ?
– sei la, vou colocar bateria e vender talvez
– se mainha tivesse dinheiro comprava ele
Fou dai que quis arriscar algo enquanto a mae nao chegava
– oque vc faria pra ganhar um celular ?
– faria qualquer coisa
– faria nada vc nao tem toda essa coragem
– diga um desafio pra ve se eu nao faço
Dai olhei pra ela aquela boquinha e pensei e tudo ou nada.
– vou lhe mostrar uma coisa no celular mas vc nao pode dizer a sua mae, e se nao tiver coragem de fazer nao tem problema, dai digitei no google boquete, varias fotos de boquete, ela olhou e deu um pulinho pra traz e ficou calada, dai eu disse: ta vendo que voce nao tem coragem de fazer tudo por um celular, dai ela disse, mas o senhor traz mesmo ?
Trago amanha logo cedo depois que colocar a bateria, nisso meu pau ja tava duro a tempo,
Ela disse ta mas mae pode chegar na sala tinha um vitro que dava pra ve a rua, dai fiquei em pe olhando a rua se a mae dela vinhece eu via e chamei ela
Vem daqui eu vejo se ela vem
Dai o gostoso começou, desabotoei a calça e botei pra fora, ela nao quis perder tempo abriu a boquinha e toda sem jeito começou a mamar, eu disse assim nao deixe so os labios entao ela foi sentindo e foi mamando tao gostoso enquanto eu olhava pelo vitro e olhava aquela boca bem encaixadinha no meu pau, dai tive uma ideia mais louca, disse assim: vc quer o celular ainda hoje ? Ela disse simmm simmm falei entao vai ter que provar q tem muita coragem e fazer outra coisa, ela disse oque ?
Dai digitei no google comento cu, mostrei uma foto menos agressiva meia romantica, ela disse ta agora tem q ficar olhando se mae vem, entao falei como vc e mais baixa que eu pegue aquela cadeira e coloque aqui e fique de joelhos
– ta vou pegar a cadeira
Colocou a cadeira subiu e se ajoelhou, baixei um short folgado que usava junto ja com a calcinha, ai ai que cuzinho lindo e a buceta fechadinha muito linda, perguntei vc ja fez isso ?
– nao
– ta ok vou fazer devagar se doer fala
Como eu tava muito lubrificado fiquei passando no cuzinho e forçando um pouco, dai falei pra ela pensa vc no celular jogando que nem vai doer, entao ela percebeu que tinha que me dar a bundinha, comecei um vai e vem e ela começou tambem, foi entrando aos poucos e eu de olho no vitro com muito medo e um tesao louco quando menos espero o pau ja tava indo e vindo molhadinho naquele cuzinho ela so fazia, ai ai ai aqui calcinha no meio das pernas aquele cuzinho molhado e bem apertadinho gozei forte, tirei pau todo molhado ela logo subiu o short dai eu pergntei doeu ?
– no começo sim mas depois nao
a equipe ja tinha me mandado IP mas quem disse q vi, terminei a configuraçao e a mae dela nao chegou, mandei ela ir chamar a mae, quando chegou disse esta pronto, olhe eu tenho um celular q nao uso em casa vou trazer mais tarde pra carol viu, carol gritou ebaa
a mae disse obrigado moço ela sempre quis um mas e muito caro mas nao posso da no momento dai sai e fui buscar o celular pra ela, quando olheu pra traz ela me olhava com um carimha de safada ainda estava com o cuzinho cheio de porra, foi uma dasgozadas mais gostozas de minha vida.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,40 de 53 votos)

#

9 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Soraya

    Pelo amor do guarda. Como é fácil conseguir meninas e meninos ‘AQUI’ com idades entre 7 e 10a, que dão o cusinho pra qq um, sendo conhecido ou não. E mais, não choram, não gritam de dor, e alguns aguentam rolas enormes.
    Falo por experiência própria.
    Eu tinha 13a, e vinha brincando com meu padrinho a mais de um ano. Rolava quase tudo entre nós, menos penetração. Foi aos 13a que comecei pegar na rola dele e pedir pra fazer sexo de verdade. Ele falava que era arriscado demais tirar meu cabacinho.
    Até que um dia sugeriu que podíamos tentar sexo anal, que era muito gostoso tbm. E eu quis. Pensei que na hr que ele estivesse metendo no meu cusinho, ele não ia resistir, e ia meter a rola na minha buceta tbm. Pois bem, a rola dele não era grande, media 15cm, e sei porque eu medi, e nem era tão grossa. Mas eu sofri demais na primeira vez. Ele tentou me penetrar várias vezes até conseguir, e não faltou lubrificante. Gritei qdo entrou a cabeça e não parei de gemer de dor(muita dor) e nem de chorar enquanto ele metia no meu cusinho. Fiquei dias sentindo dor e não quis mais. Demorou quase dois meses, pra eu voltar fazer.Mas aprendi a relaxar, demorou mas aprendi. E garanto…dói pra caralho.

  • Responder Leiteiro

    A favelinha acha que tudo é fácil teria que ter fudido com vontade pra ela ver que tem que merecer as coisas que ganha

  • Responder Adelio

    Ótimo conto, bem arriscado.
    Procuro novinhas para trocar mensagens
    [email protected]

  • Responder HELLA

    Olá a todos,
    Entre e descubra o que as garotas realmente querem … Para quem gosta de sexo, garotas bonitas com corpos naturais bonitos … (copie o link) ➤ abre.ai/bfmc

  • Responder Cara.

    Adoro esse tipo de conto
    [email protected]

  • Responder Yan

    Acontece kkkkkk difícil mais acontece

  • Responder Marcos - Ribeirão Preto-S

    Pura fantasia.

    • Pode crê

      Com ctza o cara não ia arriscar emprego e a liberdade assim. Provável que a cena tenha acontecido normalmente e a menina até exista mas o resto é pura ficção.

  • Responder Moraes

    Parabéns sortudo