#

Uma tarde de Fuder

1019 palavras | 7 |4.43
Por

Um amigo se oferece pra ajudar o outro, mas os dois levam vantagem nisso

Meu nome no site é Gatto, provavelmente já me olharam nos comentários, conheço o Cnn desde antes dos meus 17 e hoje, perto dos 18 estou aqui
para contar pra vocês uma experiência que tive aos 12; nesse tempo eu já era bem pervertido porém nunca demonstrava muito aos outros; tenho vários amigos desde aquele tempo e esse conto vai ser de um deles… Infos que exponham algo ou alguém vão estar trocados okay? Vamo lá
Último horário, em breve sairíamos Daquele lugar:
– Tu pode ir na minha casa hoje?
– A mesma regra de sempre só, 30 minutos apenas.
– Okay então, bora lá.
Ao falar isso o sino já havia tocado e todos já estavam saindo, eu arrumei minhas coisas e então com ele eu fui até a saída; Théo, 12 anos, alto, magro e branquinho, como se tivessem pintado mesmo. Ele é um grande amigo, falamos e pensamos quase a mesma besteira kkk.
A poucos meses eu comecei a ir na casa dele dia sim, dia não, brincamos e conversamos bastante mesmo sendo só 30 minutos pois eu mentia para minha mãe para estar lá…
– Cara, eu tô com muito tesão!– Théo fala baixo pois estávamos na rua.
– É, eu percebi kkk
Eu ria enquanto apontava sutilmente a sua calça, tinha um “montinho” nela, ele cobre com a bolsa a pondo de lado e ri de forma discreta:
– Ele tá puto porque eu não bati hoje kkkk
– Que maldade com o cara kkkkkk
Eu ria pois a cara que ele fazia era hilária mesmo.
Alí eu percebi que tinha um ponto, eu queria aproveitar então decidi “Ajudar ele” um pouco:
– Cara, eu tenho um jeito de aliviar pra tu, mas é só a gente que sabe tá? É pra ser segredo.
– Ummmm… Tá bom! Eu prometo não contar,mas diz logo que não aguento mais…
– Quer… Comigo?
Eu não sou desses de atrair as pessoas então preferir sacar a carta, eu fiz um sinal com a minha mão perto do bolso pra quem olhasse pra nós não notar, aquele sinal hehe~
– Sério? Okay, sim eu quero, mas tu aguenta?
– Eu estou preparado pra isso, mas se quiser me ouvir gemer~ kkk
– Kkk de boas, só aquilo mesmo, mas eu vou meter em tu?
– Claro caramba, até parece que nunca fudeu ou viu pornô…
– Kkkkkk, eu tô nervoso poxa! alívio do meu amigo!
– Shhh, como eu já falei, é segredo, então acalma aí que eu não vou correr naum Kkk
– Tá bom então kkk
Eu já sabia muita coisa então tava suave, fiquei encarando ele, pois tava com uma cara de brisado, até parece que tava pedindo pra acontecer.
Chegamos na casa dele e fomos direto ao quarto dele:
– tá bom, a minha vó tá lá fora e ela só entra umas 18:00.
– Caramba, tu decorou cara?
– Na verdade ela é bem sistemática.
Ele fechou a porta e tirou a mochila
– Espalha uns caderno pra ela pensar que é estudo
– Boa ideia!
Espalhamos ai ele disse:
– Apoia aqui– Apontando pra beira da cama.
– Calma, não é assim, senta nela e tira a calça
Ele baixou a calça aos joelhos e ficou com seu pau de 15 cm (+-) pra fora, lisinho, branquinho da cabeça rosada. Eu então desci até seu pau e o punhetei com uma mão; na outra, apalpava as bolas
– Ca-aralho! Que gostoso~
– Segura aí…
Eu Coloquei o pau dele na minha boca passando a língua e sumindo com aquele caralho docinho.
– Ah! é bom meeesmo~
Théo estremeceu a voz e respirou profundamente logo depois, uns minutinhos se passaram e eu levantei e baixei as minhas calças revelando uma bunda bem macia e brilhante morena, eu me apoiei na beira da cama e empinei bem a bunda pra ele:
– Eu vou te comer gostoso, e forte~
– Haha, sabia que ia gostar!
Eu abaixei esperando ele, eu tinha chupado o pau dele e deixado um pouco melado então ele conseguiu de primeira acertar e eu até que estranhei pois não doeu nada, deslizou devagar até o fundo e então pediu:
– posso te fuder, eu posso, eu posso?
– Vai gostosinho, força nessas coxas caraí~
A cada bombada era uma sensação como se você fosse explodir em goza, sentia ele babar em minhas costas até que ele acertou o ritmo e começou uma dorzinha bem gostosa, tava quaaase, então ele me abraçou e disse:
– Caralho tu é quentinho, porra véi~
– Ah, Aah, e essa pica é uma hmm, delíciaa-ahwwwnn
Tava muito bom até ele me abraçar e eu ver o relógio dele marcando 17:59, eu esperei um pouco e chegou nas 18:00 aí eu dei uma trancada e deixei ele todo mole, eu disse:
– Já deu 6, olha que merda!– Ele parou e foi conferir no relógio dele e eram mesmo 6 horas
– Ah véi a gente nem gozou…
Nessa hora o barulho do portão de metal arrepiou a gente, ele saiu de dentro de mim e rapidamente se vestiu e eu fiz o mesmo, começamos a recolher as coisas e a vó dele passou pelo quarto:
– Os dois tem algo importante amanhã?
– Não vó, só estamos estudando um negócio que a gente esqueceu
– Sim, sim, era isso
– Não se atrase Gatto! já são 6 horas!– eu dei uma disfarçada básica e disse:
– Já são 6?? Que bom que terminamos então.
Já tô indo então..
Ela foi até a cozinha e Théo me puxou enquanto íamos até a porta da frente:
– Caralho tu é gostoso de mais! eu vou querer gozar aí!
– Tu pode, mas não hoje, marcamos um horário amanhã okay? Tchau!
– Até!
Foi isso guys, espero que desculpem meu erros de digitação e usem os comentários para dizer o que gostaram ou não do conto okay? Se tiver bom feedback eu conto como eu, ele e um outro amigo nosso tivemos a melhor tarde das nossas vidas, Bye~

Você já avaliou:
7 votes, average: 4,43 out of 57 votes, average: 4,43 out of 57 votes, average: 4,43 out of 57 votes, average: 4,43 out of 57 votes, average: 4,43 out of 5
(Média: 4,43 de 7 votos)

Por #

7 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Gatto

    Só passando para avisar, a segunda parte estou a escrever; pedi ajuda dos meu amigos que participaram dessa tarde comigo inclusive com o “Théo” desse conto! Estou reunindo as informações para entregar o próximo conto o mais acurrato possível! Até!

  • Responder .

    Isso foi real?

    • Gatto

      Por incrível que pareça sim, aconteceu aos doze anos, eu não curto fanfic ou esses contos de mentira amigão~

  • Responder Abilio

    curti muito esperando a segunda parte

    • Gatto

      Já estou escrevendo a parte II!

  • Responder dimas

    conta o restante

    • Gatto

      Opa! Já me organizei para postar a parte dois! Que bom que gostou~