# # #

Siririca pensando na mamãe

635 palavras | 13 |4.59
Por

Ultimamente todos os dias a minha mãe tem trazido homens pra casa. Mas dessa vez quem ela trouxe me deixou com ainda mais tesão.

Oi, eu sou a Ray e tenho 15 anos, sempre tive muito fogo na bucetinha, desde os 9 sinto tesão por pessoas da minha família, o que já resultou em mim deixando minha irmã bêbada e chupando aquela bucetinha gostosa (posso relatar isso em outro conto caso gostarem). Ainda sou virgem porque sou muito tímida, mas tenho minhas taras e loucuras e sempre tento realizá-las quando bebo um pouquinho e me transformo numa cadelinha.
Mas o que quero falar é sobre minha mãe, uma mulher deliciosa, um pouco acima do peso (mas o que me causa mais tesão, porque sua buceta é gordinha e aguenta ser fodida por horas) com sua pele negra e bunda enorme, os peitos bem firmes, mesmo já que já tenha quatro filhos, e a boca carnuda que faz diversos caras se contorcer na hora de mamar.
Há alguns meses meu pai a deixou para morar com uma garota da minha idade (sempre imagino ele fodendo a buceta daquela menina tão pequena), ela não se importou muito com o divórcio, já que sempre foi bem puta e conseguia arrumar um pau rapidinho. Dito e feito, a cachorra fode todos os dias, eu sempre estou em casa e posso ouvir os gemidos gostosos dela, quando consigo espiar são os melhores, ver aquela buceta aguentando pau e como ela age feito uma puta descontrolada faz eu me acabar na siririca.
Hoje eu precisava comprar algumas coisas no centro da cidade, mas por conta da pandemia não pude ser atendida, voltei pra casa e quando vi o carro do meu tio na garagem já fui entrando alegre, pois estava sentindo saudades dele. Ao entrar, ouço alguns gemidos, pensei comigo mesma “não acredito que essa puta tá sentando até no tio”. Meu quarto fica no fim do corredor e quanto mais eu me aproximava, mais gemidos ouvia e a minha calcinha se encharcada.
Quando me cheguei até a porta, corri pra um cantinho no corredor que favorecia a minha visão de tudo o que acontecia ali, mas eles não podiam me ver. Eu não tava nem acreditando que minha mãe estava com aquele rabão empinado na minha cama enquanto o melhor amigo do meu pai, o irmão dele estava metendo no cuzinho dela.
Naquele momento eu já estava metendo os dedos na buceta e me controlando pra não fazer nenhum barulho e eles perceberem. Minha mãe abria a bunda pra ele e dizia:
– Fode esse cuzinho vai, fode que o filho da puta do teu irmão nem me comia direito.
E ele bombava forte nela, dizendo que ia meter do jeito que ela merecia, puxando o cabelo e dando tapa na cara.
Ela enlouquecia e gozava muito, molhando todo o meu lençol e nem se importando com isso.
Quando ele tava prestes a gozar fez ela ficar de joelhos e encheu aquela boquinha de porra, ela engoliu tudo como uma boa puta.
Depois disso tentei me recuperar e sair de fininho, fui pra rua e fiquei demorando por uns 10mins até voltar, cheguei fazendo barulho pra eles perceberem e o meu tio já veio me dando um abraço, eu podia sentir o pau dele ainda meio duro passando na minha perna, aquilo foi gostoso demais. Quando olhei pro corredor tava a minha mãe saindo do meu quarto com os lençóis na mão, dizendo que colocaria pra lavar, olhando pro meu tio e dando aquele sorriso malicioso e eu ali no meio me fazendo de que tudo bem, quando na verdade sabia de toda aquela putaria gostosa.
Quando fui pro meu quarto bati outra siririca, dessa vez me esfregando na cama e ainda sentindo o cheiro de sexo deixado pelos dois.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,59 de 17 votos)

Por # # #

13 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder The padrasto

    maravilhoso conto, amo voyeur, já fiz e já chupei priminhas e minha enteada dormindo, alguem que quiser bater uma papo [email protected]

  • Responder ana julia

    eu amo incesto lésbico com novinhas e incesto gay com novinhos, e incesto de mãe e filho com filhos novinhos também. quem tiver vídeos disso ou de menininhos se masturbando analmente, ou meninhas tocando siririca, deixa seu email aqui embaixo que eu chamo. mando vídeo meu em troca.

  • Responder naju

    sinto muito tesão com incesto lésbico e gay, de mãe e filha e pai e filho, principalmente com crianças e adolescentes (+8 anos). quem tiver pode me enviar vídeos ou fotos no email:
    [email protected]
    fico aguardando 🙂

  • Responder Bianca

    Conto maravilhoso adorei ! Tenho 22 anos e adoro sentir o gosto de uma bucetinha bem molhadinha . Já tive uma experiência com minha cunhada foi bom demais .

    • Rafaella

      Chupar ppk é tudo de bom…!!

    • Taradinha

      Eu tenho muita vontade de chupar uma bucetinha e meu maior fetiche ficar com uma mulher

    • Bianca

      E bom demais difícil descrever !! Chupar e ser chupada !! Só sei de uma coisa quero repetir tudo de novo !! Mas agora quero um lugar bem legal sem ter aquele medo de alguém chegar e pegar . Quero ter uma noite para poder me entregar deixar acontecer . tenho desejos e quero colocar eles em prática . Só de pensar já fico molhadinha ! Até dói rssss desculpa .

  • Responder Gato Safado

    Amo novinhas safadas e putinhas, me deixou de pau duro, queria uma novinha assim pra casar e fuder todos os dias, espero pela continuação, bjos [email protected]

  • Responder Taradinha

    Delicia demaaaais esse conto, tenho 20 anos e queria muito chupar minha mãe to pensando em deixa ela bebada e esperar ela dormir

    • Ana

      Ja fiz isso com minha priminha… Nossa o medo e o tesão na hora não tem explicação… Chupei ela a noite toda…

    • Pervertido

      Nossa q delicia faça isso e me conte depois como foi ..
      Vou amar saber Me chama no telegram @chaves46

  • Responder Rafaella

    Vai Ray… isso mesmo.. tesão é tudo de bom.