# # #

Sequestrada para ser escrava

457 palavras | 1 |2.67
Por

Ana, 16 anos. Branquinha, cabelos lisos e compridos. Tinha um corpinho perfeito para o pecado.
Apesar de ser virgem e inocente, ela sonhava em casar, ter sua família… Então a mãe dela casou novamente e em poucos meses o padrasto tentou estuprar a jovem. Ela tentou contar a mãe, que não acreditou e sob ameaça do padrasto de estupra la todos os dias, Ana fugiu de casa antes de acontecer.
Pegou uma mochila, pouca roupa e um dinheiro que deu apenas pra uma passagem para uma cidade longe da dela.
Já eram 23h ela desembarca sem destino certo.
Segue caminhando e numa rua escura, foi abordada por um carro Com 3 homens. Mesmo sob protesto foi levada a uma casa, uma espécie de abrigo para uns peões de uma empresa de obras.
Tinha só um banheiro, uma sala emendada na cozinha e 3 quartos, cada m com 3 beliches. Todos ocupados, cada um por um homem.
Idades e físicos variados, de 28 a 52 anos, de morenos a negros, de cacetes de 16 cm a 28…. ali seria sua nova casa.
Eles explicaram que o local era isolado, não dava pra fugir, que ela cuidaria da casa e dos marmanjos em troca de moradia.
Ela tentou recusar, que era virgem, que buscaria ajuda noutro lugar. Mas foi avisada do sequestro e que dali só sairia sem vida.
Então na mesma noite, chorando perdeu a virgindade e foi estuprada até amanhecer por 9 homens.
Quando eles iam trabalhar ela ficava arrumando a casa e cozinhava, chorando seus sonhos perdidos.
Meses depois ela estava acostumada, até gozava com eles. Engolia porra, gozaram dentro dela todo dia…
Engravidou… continuou sendo escrava sexual, nunca deixava recusei nenhum homem de satisfazer os 9, pois era castigada.
Nasceu a pequena Maria. Oito anos após, uma pequena brincava na casa e assistia a mãe revezando com 9 machos e logo a pequeNa entrou nos cacetes também.
Ninguém sabia quem poderia ser o PAI então todos agiam como tal, mas fodiam a pequena sem do, como uma puta pequena.
Ana nunca imaginou que seria feliz servindo 9 homens. Ajudava a filha a se preparar para receber toda porra dos homens da casa. Com 11 anos ela já via a filha fazer dp. A menina dormia com paus atolados no cu e na buceta, enquanto a mãe mal dormia… só podia dormir depois que ninguém mais quisesse foder.
Acordava de madrugada pra engolir o mijo daqueles que não queriam ir até o banheiro.
Maria tem 13 anos e está grávida. E vem vindo um menino por aí… já decidiram que ele vai ter o cuzinho estreado o quanto antes…. Depois poderá comer a mãe e a avó também…

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 2,67 de 9 votos)

Por # # #

1 comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Nanda

    Ridículo!!!