#

Peladinho no cine Arouche

535 palavras | 7 |4.25
Por

Tenho 50 anos e sempre gostei de ir a cine porno, pois lá posso ficar totalmente livre,em um desses passeios resolvi sair da realidade e falei a mim mesmo que faria simplesmente qualquer coisa sem nenhum limite e assim fui apenas de camiseta, shorts e chinelo, ao entrar meu coração começou a bater mais rápido e meu tesão só aumentando, ao entrar na sala já me dirigi ao fundo para me acostumar com o escuro e fiquei atrás do muro com o tempo pude ver que tinha muita gente se pegando, então tirei meu short e fiquei pelado da cintura para baixo enrolei ele no meu ombro por dentro da camiseta e fiquei curtindo aquele momento de loucura,várias pessoas passando atrás de mim e vez ou outra levava uma passada de mão na bunda até que um moreno encostou em mim e ficou s esfregando em minha bunda me fazendo perder a cabeça, me virei e cai de boca na sua rola totalmente dura de tesão, fiquei tanto tempo chupando aquele macho que minhas pernas estavam começando a doer então me levantei e ele perguntou se eu queria me sentar, falei pra ele que não dava pois estava pelado,ele muito seguro me falou que eu não estava totalmente nú mais que iria resolver esse problema,sem falar nada ele puxou minha camiseta pelo pescoço me deixando completamente pelado e falou que enquanto estivesse com ele não vestiria mais roupa, me pegou pela mão e disse para darmos uma volta, pra quem conhece o cine Arouche sabe que ele é bem grande e muito escuro, então ele saiu me puxando e me fez andar completamente pelado por todos os corredores me exibindo para todos na sala que pelo fato de ser sábado estava cheia
No começo fiquei com vergonha, más quando vi que ninguém ligava me soltei e não queira saber de mais nada só curtir aquele momento, após algumas voltas ele me colocou de quatro em uma poltrona bem ao lado do corredor e ficou me espondo para qualquer um,eu estava fora de mim e aceitei tudo sem questionar, então ele começou a me comer alí mesmo o que chamou a atenção de vários homens que fizeram uma roda em volta para assistir, comecei a sentir várias mãos passando em meu corpo me levando a um tesão que nunca tinha sentido antes, quando dei por mim tinha várias rolas passando na minha cara e eu fui mamando como uma putinha que era, após algum tempo ele gozou e saiu de trás e logo outro tomou seu lugar e eu fiquei ali mais de meia hora servindo a quem quisesse sem questionar depois de descansar um pouco voltei para trás do muro no fundo do cinema e fiquei lá mais de 3horas totalmente nú e certo que este foi um dos melhores dias da minha vida, pois este fato aconteceu e jamais esquecerei, se alguém quiser repetir comigo é só entrar em contato.
[email protected]

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,25 de 12 votos)

Por #

7 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Papa Mike PM

    Pense num viado errado, é esse John D que deve ser pseudônimo de John Deere o qual o símbolo da marca é um viadinho saltitante! Tá explicado!

    • Anon

      John Deere o rabo pra qualquer um. Uma bichona

    • John Deere

      Calem a boca veados,ou vão comentar através dum médium,e você,que Papa o Mike,Anon,e qualquer outro veado que encontrar,aquilo no símbolo é um cervo,não um veado como vocês dois!

  • Responder John D.

    Né veado velho e obeso,em vez de você honrar seu gênero,o masculino,parte pra veadagem num antro cheio de mariconas qualquer,que maravilhoso em!Veado,veado,cuidado…sou o John Deere,estou andando pelas ruas de Sampa,também cruzo a Ipiranga com a avenida São João,se encontrar com você tua veadagem acaba!

    • Anon

      Esse jonh vive dizendo ” quem me deere dar meu cu sem ser enrustido, queria ser um viado assumido” JD viadão de banheirão.

  • Responder John D.

    Né veado velho e gordo,em vez de você honrar seu gênero,o masculino,parte pra veadagem num antro cheio de mariconas qualquer,que maravilhoso em!Veado,veado,cuidado…sou o John Deere,estou andando pelas ruas de Sampa,também cruzo a Ipiranga com a avenida São João,se encontrar com você tua veadagem acaba!

  • Responder John Deere

    Né veado velho e gordo,em vez de você honrar seu gênero,o masculino,parte pra veadagem num antro cheio de mariconas qualquer,que maravilhoso em!Veado,veado,cuidado…sou o John Deere,estou andando pelas ruas de Sampa,também cruzo a Ipiranga com a avenida São João,se encontrar com você tua veadagem acaba!