#

O fotografo 2

446 palavras | 0 |2.80
Por

Este e o segundo conto da minha serie,vou comecar a contar o começo das historias de fotografo profissional…

Passado alguns dias fomos contrados para fazer o trabalho numa cidade pequena do Paraná aonde teria muitas meninas e meninos com potencial,chagamos na cidade e fomos para o hotel,no outro dia fomos para aonde iamos montar nosso studio para trabalharmos e fizemos dois studios,com a preparação de tudo fomos receber os futuros modelos e suas mães,gente de todo tipo e começamos a tirar as fotos so que percebi que no outro studio as meninas trocavam de roupa na frente do outro fotografo e ele tinha instalado uma micro camera no studio ele marcou com algumas maes na parte da noite para fotografar as maes vendiam as filhas para entrar na moda.
Eu estav de olho numa loirinha 10 anos de idade corpo en formação,eu tirei varias fotos dela so que esta procurando uma brecha para poder tirar as fotos do jeito que eu queria,com o tempo percebia que sua mae era a mais interessada em a filha ser modelo e eu fui conversar com ela dizendo que a filha tinha potencial e que precisava tirar mais fotos dela so que ela precisaria vir um outro horario pois eu tinha que pegar roupas diferentes para ela pois estava no hotel.
chegando noite quando viro a esquina la esta a menina so que em vez de sua mae estaria sua irmã 17 anos mais linda e na minha cabeça ja foi se bolando um plano para ter as duas,cheguei no studio arrumei tudo e comecei o trabalho a cada click era uma pose,passado o tempo mandei ela tirar fotos de biquinis alegando que a campanha que ela iria participar seria de biquinis,ela colocou varios a hora que chegou a hora de por um bem pequeno ela ficou com vergonha mais colocou e ficou quase tudo amostra,eu ja estava louco e pedi para ele fazer poses sensuais e eu comecei a ficar de pinto duro e ela meio que percebeu e ficou olhando,como eu disse ela faria tudo para alegrar a mae,eu pedi para ela tirar o biquini pois precisaria de umas fotos dela de corpo inteiro ele meio com vergonha tirou e eu cheguei bem perto dela e comecei a tirar as fotos so que chegando perto da bucetinha dela nao resisti e passei a lingua para ver a reação dela no começo se assustou mais eu conversei com ela dizendo que ia passar no teste se deixa-se eu fazer aquilo mais ela deixou foi uma coisa boa fiz ele ficar tremendo toda,fiz ela bater uma punheta para mim ate eu gozar bem gostoso na bucetinha dela… [email protected]

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 2,80 de 5 votos)

Por #

Nenhum comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos