#

Meu cliente nao gostava de comer o cuzinho da esposa dele

1061 palavras | 0 |3.92
Por

Esse relato aconteceu comigo a uns 6 anos atrás aqui em Porto alegre , eu hoje tenho 48 anos sou branco barbudo com a barba grisalha tenho 173 e 83kgs por ai, mais na época eu não tinha barba eu sou representante comercial e um cliente me chamou por que estava precisando de um equipamento pra padaria dele e ai eu fui indicado , pra quem conhece aqui a região foi numa travessa da OTTO.
Quando cheguei , quem me atendeu foi a MICHELLE esposa do proprietário uma morena de 24 aninhos muito gostosa , e um pouco mais baixa que eu cabelos preto ate o meio das costas peitos pequenos mais a bunda muito gostosa perfeita toda durinha e com uma cinturinha e muita pouca barriga , ela não era linda mais era bonita toda simpática e muito cheirosa eu me lembro que ela estava com uma calça jeans que fica colada no corpo e uma blusinha branca .
Ela chamou o Jeff marido dela um cara novo tb devia ter uns 28 , meio quietão mais gente boa fiquei ali conversando com eles explicando as condições e os preços , quando chegava um cliente quem atendia era ela eu aproveitava e dava uma espiada de leve naquele rabão , eu tenho certeza que alguns iam la so por causa dela , bom depois de explicar tudo deixei o orçamento com eles e fui embora.
No outro dia pela manha a michelle me chamou e eu de cara pensei que era pra fechar a venda do equipamento , mais não , ela me deu bom dia puxou assunto falamos do tempo e do movimento fraco ate chegar no assunto que ela queria , que era me dizer que tinha visto o jeito que eu olhava pra ela o jeito que eu ficava olhando pra bunda dela , eu pedi desculpas mais ela disse que não precisa que tinha gostado que na vdd ela queria muito fuder com outro pq o Jeff não gostava de comer um cuzinho e ela adorava dar ,ai eu disse pra ela, é mais não foi so eu que olhou todos que entravam la ficavam te cuidando todos cheio de sorrisos pra ti , ai ela me disse que via mais ali na volta ela não podia fazer nada pq ele era bem conhecido ali e ela tinha medo dele descobrir , e ainda me disse que se eu quisesse ela sairia comigo claro tinha que ser tudo bem discreto eu concordei e a gente marcou pro outro dia num motel ali perto do olímpico ,mais antes disso a noite ela ficou me mandando fotos dela quando foi tomar banho com o corninho na sala cuidando da filha deles ,uma hora depois do banho ela tirou uma foto que não tinha como ela tirar a não ser que fosse alguém tirando pra ela mais fiquei na minha nao disse nada so elogiei e mandei uma do pau pra ela
No dia seguinte no horário marcado la estava ela me esperando de vestidinho preto aqueles que fica soltinho no corpo e marcava toda a silhueta do corpo dela a loka era muito gostosa muito coxuda dava pra ver os biquinhos das tetas ,ela me deu um beijo e me disse que estava nervosa por que era a primeira vez dela com outro (eu acho não kkk) no quarto eu fui tirando a roupa dela que mulher toda cheirosa toda gostosinha e delicada a pela bem morena a bunda muito durinha e que bocuda fui beijando ela todinha fomos tomar um banho com ela que já estava lokinha me chamava de safado eu encostava meu pau naquele bundao colocava no meio e esfregava ela empurrava a bunda pra tras e gemia feito uma puta isso sem eu colocar pra dentro saímos do banho e ela caiu de boca e nisso ela me surpreende pega o celular e pede pra filmar a foda pra depois mostrar pro corninho eu na hora fiquei meio espíado mais ela chupava muito peguei o celular e comecei a filmar ela mamando , ela gemia e falava olha corninho to engolindo todinho o pau dele desse safado que esta se abusando da tua mulherzinha , ela subiu em cima e sentou no meu pau sem camisinha e qd sentiu meu pau encostar la no fundinho ela ficou lokinha e se mexia pra frente e pra traz e dizendo pro corninho …ai amor que pau gostoso não vejo a hora de sentir ele no meu rabo ai que delicia ..ela falava muito putaria ate que ela pediu pra parar de gravar pq ia gozar e começou a se mexer com muitas força se agarrava no meu pescoço puxando com força ate que gozou se atirou em cima de mim ficou ali paradinha toda suada com meu pau dentro e me beijando ate que saiu e disse agora faz o que tu quiser comigo.
Virei ela de bruço coloquei um travesseiro embaixo e pus lubrificante no meu pau e comecei a meter meu pau naquele cuzinho apertadinho no começo ela se torcia mais aos poucos ela foi se abrindo e deixando ele entrar devagarinho depois que a cabecinha passou o resto foi todinho entrando não deixei ela se mexer e ela gemia muito me chamando de safado vagabundo ,que era minha puta apartir de hoje, come meu cu seu safado ,que delicia, ai meu cu ,mete seu tarado por cu , depois puxei ela sem tirar o pau de dentro e coloquei ela encostada na parede, e metia nela com força quando eu estava quase gozando ela pediu pra gozar em cima da bucetinha dela , por que ela queria mostrar pro corninho coloquei ela de costas na cama com as pernas pra cima , eu continuei metendo no cuzinho e ela empurrava a rabão pra cima querendo sentir tudinho dentro qdo eu fui gozar tirei o pau e enchi de porra aquela buceta por fora ela espalhou se lambuzando todinha e filmando pro corninho ver
Depois desse dia eu sai com ela mais umas 3 vezes ate que me convidaram pra ir na casa deles mais isso fica pra próxima
Se alguém quiser trovar ou quem sabe tu casadinha lokinha pra dar a bundinha e o maridinho não gosta aqui em poa me chama ai

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,92 de 13 votos)

Por #

Nenhum comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos