#

menino não, objeto sexual 1

1776 palavras | 1 |5.00
Por

eu nunca tive experiencias assim ,mas comecei a ler contos aqui e pedi pra algus amigos pra saberem se eles ou alguém que conheça tinha algo do tipo

um amigo meu me respondeu e disse que um amigo dele dos EUA tinha contado uma vez pra ele sobre uma experiencia, então pedi pro cara poder escrever e mandar pra ele, o conto ta traduzido e modificado pra português nao esta com as falas totalmente originais. nao posso afirma se e verdade ou nao mas foi o que me passaram.

texto abaixo agora ja é do cara falando.

“pra poder entenderem vou explicar dedo começo , to contando uma coisa que fiz ,por que um amigo meu falo que um amigo dele queria postar uns contos num site e ele sabia sobre o que eu fiz, precisei ler contos pra saber como fazer um. na lembro das falas ao certo mas pelas cenas que lembro formarei um dialogo que magino ser. sem falar nomes ou cidade mesmo sendo outro pais não posso arriscar.

bom hoje 2020 eu tenho 41 anos sou hetero, casado e sem filhos.
com 1,90cm sou branco bem branco mesmo,forte de academia ,91kg, 87cm de cintura, 107cm de busto,cabelo castanho curto, olho azul,tenho barba aparada, 41cm de bicipes. pelos nas axilas e uma estradinha de pelos fino descendo do umbigo (famoso caminho da felicidade) e a regiao do meu penis pelada,um penis de 17,5 muito grosso , um tubo de desodorante aerosol e uma puta glande.sou empresario bem sucedido na empresa jundo de meu velho ( pai),

tenho um irmão acho que bisexual ja vi comendo uns caras ai mas seu foco mesmo e mulher tambem tem36 anos,87kg cabelo castanho curto e olhos azuis 1,91cm , o corpo dele definido mas nao fortão igual amim,barba aparada pelos nas axilas e uma estradinha de pelos fino descendo do umbigo (famoso caminho da felicidade) ,tem pelos na regiao de seu pau e possui 21cm porem nao e muito grosso. ele segue tentando carreira de modelo,e teatro tenta ser ator.

somos bem tranquilos super de boas, brincalhões.

tudo começou nos meus 34 anos meu irmao com 29, nossos corpos nao eram muito diferentes e resto continua igual.

moramos num bairro nobre e fazemos parte da parte rica da sociedade , quem vivi nesse meio sabe que manter uma boa representação e exencial. entao ate na hora de pegar mulheres tem que ter cautela. moramos perto do mar numa grande casa com nossos pais, pela rotina praticamente nao nos vemos mas se esbarrarmos pela casa as vezes , eu e meu irmão surfamos nos fins de semana e vamos a festas e mulher nao e problema pela nossas aparências.

bom nosso vizinho tem um filho de 8anos, cabelos castanhos,olhos castanhos claros,pele branca meio dourada por causa do sol,baixo e magrelo seus pais sempre foram melhores amigos dos meus pais, o garoto vivia sozinho em casa com aos empregados e as veses vinha aqui passar o tempo na nossa casa durante o dia ou noite, ele sabe sobre moda e tecnologia é um garoto bonito e divertido.conseguia levantar ele com uma mao so

nunca olhei ele com outro olhos ou garoto algum

tudo começou derrepente ,sou viciado em sexo, eu sempre gostei de sexo bruto,um bom boquete, sempre fui aberto pra experiencias sexuais, surubas, fetiches, no nosso meio as mulheres sao bem frescas,difíceis de agrada, gostam de ficar mais pela beleza e pela sua carreira e dinheiro.nunca tive problemas pra conseguir uma mulher so msmo a rotina e a discrição que atrapalhavam um pouco, foi um mes puxado na empresa e nao deu pra ir atras de algo.

estava tendo uma festa na minha casa no jardim umas 75 pessoas, e meu visinho vou chamar de MENOR pois nao posso usar nomes verdadeiros e falsos acho melhor não.

ja tinha bebido bastante e tava na suite do meu quarto com a porta entre aberta estava mijando quando o menor entrou e meteu a boca na minha urina e ficou nisso levei um susto

eu- oque vc ta fazendo? ( falei meio surpreso e embriagado)
menor- eu quero experimentar
eu fiquei confuso e achei um pouco de graça por causa do alcool , na hora nao sei explicar mas deu vontade e falei dando um sorrindo
( ele batia na autura do meu penis )
dei uma trava no mijo

eu-abre aboca , nao deixa cair

enfiei o pau na boca dele e continuei mijar ele aguento bem começo a engasgar eu travei novamente esperei uns segundos e mandei novamente nao conseguia segurar ele enguliu tudo saiu um pouco pela boca , vi que ele tava vermelho mas nao provavelmente tava quase sem ar mas queria me agrada pelo que entendi

terminei e comecei a balançar nisso ele ficou olhando meio encantado e eu vi aque boquinha aberta perto do meu penis encarei ele parecia que tava esperando o passe pra poder cair de boca,nao sei o que me deu na hora
eu disse dando outro sorriso mei safado
eu- vc quer
ele so confirmo com acabeça
eu meti na boca dele
eu-chupa vai( tom sexy)

ele começou a sugar e fechei o olho e demoro um pouco e e meu pau cresceu e ele nao conseguia mas enfiar na boca ficou olhando adimirado e começou a passara lingua por todo ocorpo do meu penis depois ficou na cabeça mandei chupar as bolas, tava muito bom
puxei ele pra cama
eu- deita ai debarriga pra cima virada pra mim
ele nao falava nada so obedecia
puxei a cabeça dele um pouco pra fora da cama pra ficar pindurada, e tentei meter na guarganta dele comecei a delirar de tesao vendo meu pausao tendando entra na que boquinha foi dificil, demoro ate eu conseguir fazer metade entrar ,chegou a raspar nos dentes, mas comecei a foder a gargantinha pra começar dilatala , ele tentava sair mas eu nao tava nem ai tirava um pouco pra ele respirar e voltava a fuder ele se engasgo muito, vomito mas tava um vomito limpinho so liquido, os olhos lacremejados , parei comecei a tirar a roupa dele e coloquei ele de bruços ele nao falava nada so deixava acontecer , eu vi aquela bundinha minuscula arrebitadinha e redonda comecei a lamber e chupar e ele gemia de tesao reclamo um pouco quando entrou minha lingua mas tava curtindo muito.
eu nao pensei em meter pq sabia que ele nao ia aguentar, era dificil pra mulheres imagina pra ele. mas subi em suas perninhas e comecei abater com penes em sua bunda e suas costas ver a desproporção do corpinho dele com o meu penis me deixou louco de tesao na hora eu so queria meter nisso ja coloquei no anelzinho dele e precionei nem penssei direito

montei nee joguei meu peso sobre seu corpo e comecei sarrar , quando vejo a sena atavez do espelho eu enorme ele minusculo
comecei a tentar penetra ele , eletava imobilizado com meu peso porcima a cabeça virada de lado prençada embaixo do meu corpo contra acama , tava entrando de jeito nenhum nao sei quanto tempo passoso sei que ele chorava e gritava um pouco abafado pelo meu corpo e o peso em cima dele e eu senti mais tesao quando vi a cabeça entrou lembro que foi uma senssaçao maravilhosa e depois eu fui empurrando o resto e começei a meter sem tirar o penis tava delirando de tesao na quele bruquinho apertado que esmagava meu penis
gozei rapido dentro dele mas meu penis ainda tava duro comecei a fuder com força agora na posiçao de flexao ele começou a gritar ai eu vierei ele centado no meu penis e comecei a fuder ele tampando sua boca era incrivel como ele era leve, ele desmaiu rapidamente e voltou , eu coloquei ele de frango assado me deitei sobre ele de novo cobrindo seu rosto com meu corpo, ele encravava as unhas pequenas nas minhas costas largas e forte mas eu nem senti dor , mete por um bom tempo eeu falava
eu-que cu apertado hamm deliciaaa
eu-haaaa issooo
eu- cu gostoso haann
eu- vc queria rola nao é, toma
gozei muito, tinha uns dias que ja nao gozava
nao teve um momento pelo que me lembro nenhuma vez ele pediu pra prarar apenas gemia de dor
me derramei sobre ele cansado exausto todo suado acabei dormindo,acho que ele tinha desmaido de novo pq nao vi nenhuma reaçao dele e acabei dormindo.
quando isso aconteceu tav rolando festa la em casa
acordei no outro dia era cedo ainda ele estava apago embaixo de mim a cama tava cheia de sangue, fique assustado lembrando do quetinha acontecido raciocinando
acordei ele e ele abriu um sorriso dando
menor-bom diaa
eu fiquei sem reaçao , nos conversamos muito sobre tudo , ele disse que gostava de homens sentia muito tesao por mim, que ja tinha visto videos porno,foi ai que intendi como ele sabia chupar um penis,ele disse que tinha feito chuca antes de ir pra la ja fazia isso tinha um mes, isso explicava pq nao me sujei de bosta, eu falei pra nao contar pra ninguem ele falo pra mim nao contar pra mae dele, ficou preocupado se eu tinha gostado, ai conversei falei que sim mas eramos homens e eu curtia mulheres e que nossa idade ai ele falo que ja sabia de tudo isso e tals no fim chegamos num acordo ele falo que gosto de tudo menos do sexo pq doeu muito mas que ele nao ligava tinha gostado de dar prazer pra alguem como eu, que ele tava afim me dar pra mim so nao sabia que duia tanto,eu pedi desculpas pelo modo como fiz,expliquei que pela diferença nosssa de tamanho era pior, ele falo que queria tentar de novo eu fiquei meio assim mas falei que ia ver ,e ele tinha que esperar pq tava machucado. depois de muita conversa deixei ele dormir de mais. ele passou o dia descanando eu sai do quarto fui refletir eu transando com um menor , arregacei ele todo, ele gostou , parecia ser uma verdadeira puta. passaram uns dias ele nao tinha aparecido aqui ainda liguei pra ele e pedi como tava
ele disse que tava bem mancou por uns dias , sentiu muita dor no anus, e sangrou por um tempo. perguntei como ele escondeu da mae ele reafirmou que ele era bem independente entao ela nao ficava no pe dele, falou que levou um tombo, e pediu pra uma das empregas a que tbm cuidava das roupas para nao falar nada sobre o sangue em suas cucecas pra mae.e tava com medo de ter me decepcionado. ( continua)

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 13 votos)

Por #

1 comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Alguém

    É bom, mas os erros deixaram o conto bem difícil de acompanhar. Se for continuar, dá uma revisada antes. Não precisa ser perfeito, só tem que melhorar