# # #

Inocência perigosa 2

433 palavras | 9 |4.04
Por

Incesto perigoso parte 2 que acabou com minha vida.

Vamos la , pra quem não leu a primeira parte , vai lá e leia , para entender ( inocência perigosa ) .
Pois bem , ela está lá pegando no meu pau e fazendo o vai e vem com a mão , e perguntando.
– Vinícius ele está se mechendo dentro.
– isso Isabella se chama pulsar , estou com tesão.
Então , deitei ela na cama e começei a passar meu pau na boca dela , ela logo abriu o bocão e colocou , machucando a final meu pau era grosso e éla tinha um boquinha de menina de 12 anos.
Sem experiência começou a se babar inteira , e adorou a quilo .
– não fala pra ninguém Vinícius , e muito boum.
– deixa eu te chupar Issa.
Logo baixei a calcinha dela , e estava lá um bucetinha , com a queles pequeno pelinhos, e os lábios saindo pra fora , coloquei a língua e estava fervendo , toda molhada a mão dela suava segurando minhas costas e quando eu coloquei meu pau dentro , a bucetinha dela tava toda molhada entrou fácil a cabeça , sentido rasgar tudo.
Ela gritava , e pedia pra eu ir com calma.
Então eu tirei e ela disse
-vai coloca .
– vou mais não tá machucando ?
– tá um pouco mais tá gostoso
Então fui lá e coloquei tudo e fui no vai e vem gostoso , começou a nela meu pau , com um liquido meio transparente com sangue , eu estava quebrando o cabacinho da quela safadinha.
Meu pau ficou roxo de tão apertada que era ela.
De pois disso galera , ficamos domingo o dia todo transando.
E de pois de 3 dias , exatamente na quarta feira , quando cheguei da escola , todo mundo me olhava dentro de casa .
Minha vó chorando , minhas tia me chamando de monstro , eu fui espusso de casa , e denunciado pela minha tia , na época eu não fui condenado por minha prima dizer que ela que pediu e , dizer também que eu não cheguei a penetração dentro dela , onde meu advogado , pago pela minha mãe , conseguiu , eu compri a pena em regime iniciar aberto por 2 anos .
E prestando serviço a comunidade .
E até hoje , depois de 8 anos ninguém ainda consegue olhar pra min nem mesmo minha mãe .
Hoje moro sozinho e isolado , tenho meu trabalho mais isso acabou com minha vida
Tudo isso por que minha prima resolveu fala pra meninas da escola o que eu tinha feito , e logo as professoras ficaram sabendo e ligarão pra minha tia avisando.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,04 de 27 votos)

Por # # #

9 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Ferroso

    Pagou pelo preço por uma coisa tão maravilhosa

  • Responder Anônimo

    Sexo com menores é uma faca de dois gumes sem cabo, é uma roleta russa. Nem sempre termina às mil maravilhas como a maioria relatados aqui que são falsos, fictícios. A realidade é mais nua e crua do que parece ser. Mesmo sendo consensual e com muito tesão, desejo entre ambos, vc nunca deve confiar numa menor. Dificilmente elas seguram a língua dentro da boca e acabam revelando o segredo pra alguma melhor amiga que tbm vai se ver tentada a contar pra outra pessoa. É comum elas quererem contar pra amiguinha a experiência incrível e gostosa que ela passou pq aquilo foi um momento novo e delicioso pra ela. Além do que toda garota tbm gosta de se exibir pra amiguinha o que ela fez pra causar inveja a outra. Por isso, nada como sexo entre maiores de idade. Que esse conto sirva de alerta a quem se ilude com finais felizes nessas aventuras com menores, e espero que tbm o narrador tenha aprendido algo com isso tudo.

    • FABIO

      exatamente disse tudo

    • Sr Ka

      Lúcido.

    • Humberto

      Vc não precisa acreditar.
      Namorei uma garota que cuidava da sobrinha no fds. Sábado ela ia pra minha tarde, levava a menina, e dormia lá. A garota tinha 9a e me adorava.Muitas vezes, ela ficava na sala, e nós no quarto. Um dia chegaram debaixo de chuva. A guria tomou banho e depois foi a tia. Deitei no sofá e a menina na poltrona. Qdo minha namorada foi para o quarto, ela perguntou.
      – tio, agora vocês vão lá fazer aquelas coisas ?
      Espantado, perguntei.
      – que coisas ?
      – ah tio, aquelas coisas que vocês ficam fazendo
      – que coisa ?
      Ela levantou, subiu no sofá, sentou no meu colo, se ajeitou colocando a bucetinha em cima da minha rola e se esfregando, falou.
      – é isso tio.
      Perguntei como ela sabia daquilo. Cochichou a resposta.
      – eu vejo tio
      Aproveitei, abracei e perguntei.
      – vc gosta de olhar ?
      – gosto
      – mesmo ?
      – ahã
      Abracei e falei
      – qdo vc quiser o tio faz com vc
      Então ela falou.
      – eu quero tio, vc vai “fazê” hj ?
      – depois, qdo a tia tiver dormindo.
      Naquela noite, enquanto minha namorada dormia, eu brincava com a sobrinha, e no outro sábado, torei o cabaço dela. Comi aquela menina até os 13a, e ela nunca falou p/ ninguém.

  • Responder Rafaella

    E assim acabou…

  • Responder HkrGirl

    Que triste, meio broxante :,(

  • Responder Anon

    Conto mentiroso

    • Marcos

      Amigo , não tenho por que mentir se quiser eu mostro os papéis do processo , e das audiências lá está o caso todo.