# #

Trato feito final

794 palavras | 1 |4.06
Por

Continuação

A partir daquele dia as tardes ficariam melhores, fui “treinando” flavia nas duas coisas, fiz dela minha putinha e uma modelo mediana, sua mae ainda me servia, e na coroa eu fodia ela com fúria, coisa que com Flavia era diferente, com ela eu fazia tudo no carinho, o dia que fodi sua buceta foi magnifico, quando ela chegou estavamos encerrando uma atividade, com varias modelos ela ficou esperando sua hora quietinha.
Muitas perguntavam quem era ela e disse que estava treinando ela pra ser uma nova modelo, todas acharam magnifico ate que uma fez a pergunta.
Você quer ser mesmo modelo? É uma vida dificil – ela parou e pensou, deu um sorriso sem graça e disse que sim.
A outra se ligou e disse
Faça o que voce gosta, se nao gosta desse mundo nao fique aqui.
Ela agradeceu e foi para uma poltrona, esperar eu terminar.

Quando cheguei nela ela me deu um abraço apertado e aproveitei bem trocamos uns beijos, deliciosos perguntei como foi o dia e amenidades.
Ela estava ansiosa disse que nao dormiu bem e pensou muito se vinha, pois eu sempre parava no momento melhor, só disse para ir para o quarto que iria fazer uma surpresa pra ela.
Ela foi e ficou deitada na cama com a perna levantada estava de saia e dava pra ver aquela linda buceta, tomei um banho bom e entrei no quarto so de toalha deitei com ela e comecei a acariciar aquele corpinho tesudo.
ela ficou toda dengosa, gemendo baixinho meu pau ja estava pulsando mandei ela mamar ele, levantei sua saia tirei sua calcinha e fiquei acariciando sua bucetinha rosadinha, meti dois dedos, e ela gemia com a boca no meu pau, tinha aprendido a chupar bem a safadinha.
Virei ela num 69 e ficamos ali se chupando entregues ao prazer, quando vi sua buceta hiper molhada deitei ela na cama novamente e subi nela, comecei a pincelar a cabeça do pau na bucetinha, sentia o calor da buceta dela no meu pau, comecei a meter e ela perdeu o ar.
Ai! ta doendo.
To metendo devagar aguenta, vai ja passar, vc ja queria safada.
É grande demais. Ela tentando me segurar mais desistiu e aceitou o pau entrar
A partir dai a grutinha estava inaugurada e a felicidade de foder aquela buceta apertada era enorme, sentir aquele melzinho escorrendo pelo meu pau e sua buceta apertando mais e mais quando eu metia nela, tava uma delicia virei ela de lado e comecei a foder sua buceta de ladinho que delicia ouvir os gemidinhos dela, comecei a chupar seu pescoço e ela gozou no meu pau.
Tirei o pau dela mandei ela sentar em cima, nossa como era gostoso sentir meu pau enterrado nela, os peitinhos pequenos mexendo, ela de olhos fechados gemendo, apertava sua bunda e comecei a mamar seus peitinhos ela gemia mais ainda e deixava meu pau ensopado. Ainda nao queria gozar estava segurando mas ja pensava que sua mae poderia ligar, pensava em dar um jeito de ela dormir ali, mas nao iria dar certo sua mae ja podia estar desconfiando.
Virei ela de 4 e vi aquele cuzinho rosado, meti a lingua sem pena, ela so gemia, lambi aquele cuzinho e dedava sua buceta e ela pedindo descanso, falei que iria meter nela de 4 e ja iria gozar na sua cara. Comia ela bem forte e fundo ela gemendo muito apertava aquela bundinha tesudinha de olho naquele cuzinho tesudo que um dia iria possuir, estava muito excitado meu pau entrava e saia daquela buceta quente com vontade, quando nao aguentei mais virei ela e gozei.
Pegou na cara nos peitinhos, um pouco no cabelo e fomos tomar banho. Depois deitamos na cama e perguntei se ela queria ser modelo, ela disse apenas que fazia aquilo pela mãe. Perguntei o que ela realmente gostava ela nao sabia, muito nova pra pensar nisso, mas disse a ela que iria ensinar outra coisa pra ela. Iria ver se ela levava jeito pra fotografia ela ficou animada e curiosa, disse que viesse mais cedo logo depois da aula ela seria minha nova assistente.
Passado uns dias sua mãe me perguntou o motivo de ter feito dela minha assistente, disse que ela levava mais jeito pra isso que ser modelo, ela gostava mais e estava mais feliz, sua mae ficou putassa da vida, levei ela pro quarto deu um “enquadro” disse que ela tinha sorte de nao ter me aproveitado dela mais ainda. E ainda pagava algum pra filha trabalhar, a mae dela ficou quieta e acabou deixando ela vir todo dia.
Com o tempo deixei a mae, acabei pegando so a filha depois que ela fez 18 casamos e somos muito felizes juntos.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,06 de 18 votos)

Por # #

1 comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos