# #

Tiramos a virgindade

706 palavras | 1 |2.80
Por

O grande dia chegou e foi maravilhoso, tudo aconteceu como nós duas previmos, minha namorada e eu curtimos bastante esse momento maravilhoso.

Depois de muito tempo sem se vermos Sandra e Fabinho foram até a minha casa e quando eu a vir não me contive e já fui logo atacando ela com muitos beijos na sua boca gostosa e no Fabinho também, meu pai também ficou com saudade do Fabinho e beijo na sua boca, então sem demora Sandra e eu formos até o meu quarto Junto com o Fabinho para brinca.
– Taty acho que o grande dia chegou.
Ao ouvir essas palavras fiquei animada e então nós duas jogamos o Fabinho na cama e Sandra falou.
– ficar aí nos esperando que faremos uma supresa.
– tá bom. Disse Fabinho.
Sandra e eu formos se arrumar colocamos umas roupas sexys e depois voltamos e Fabinho quando nos viu ele não acreditou, vir nos seus olhos arregalados e sem perde tempo Sandra e eu formos até ele e nós duas começarmos a beijar sua boca, depois liguei um som e começou tocar funk Sandra e eu começarmos a rebola em cima do Fabinho, minutos depois começarmos a fazer um striptease e formos sensualizando.

Foi daí que tudo começou a esquenta Sandra tirou a sua calça e a sua cueca e nós duas começamos a chupa sua rola jovial huumm tava uma delícia, Fabinho começou a gemer e revirou seus olhos.
– amor o Fabinho já está pronta. Falei para Sandra.
– huumm então sou eu a primeira. Disse Sandra toda animada.
– tá bom.
Sandra subiu na cama pegou na rola do seu irmão e bem devagar vir a rola dele entrando com tudo e Fabinho deu um grito de dor, fui até ele e beijei sua boca, então Sandra começou a calvagar gostoso naquela piroca fazendo Fabinho gemer, não se contentando Sandra aumentou a velocidade e foi maravilhoso ver dois irmãos transando, a bunda da Sandra batia nas coxas do Fabinho ( como ela tem uma bunda enorme), Fabinho pirou gemendo ainda mais e eu levantei e sentei de costas para ele fazendo com que ele lambesse meu cu e comecei a beijar a boca da minha namorada, então minutos se passou e Fabinho deu seu primeiro gozo e foi dentro da buceta da sua irmã huumm eu pirei, mais fiquei frustada pois queria prova a sua rola gostosa.

Deixei passar cinco horas então sair do meu sofá que eu estava namorando e fui em direção ao Fabinho.
– Fabinho também quero que você mim come seu safadinho.
Agachei e baixei sua calça e a sua cueca e comecei a chupa novamente até deixar duro, eu estava determinada que aquele machinho seria meu desde da primeira vez que eu vir ele, chupei e chupei e a Sandra só ficou olhando e deu a ideia.
– amor dar o cu pra ele comer.
Eu toda animada responde.
– tá bom vou fazer isso.
Tirei a minha calcinha e virei de costas para ele, peguei na sua rola, lambuzei meu cu e bem devagar sentei, na hora eu ouvir os gritos do Fabinho mais não estava nem aí pois eu queria sentir sua rola, fui descendo bem devagar até entra tudo e então comecei a pular, as mãos do Fabinho foi nos meus peitos e sentir que ele começou a carícias hhuumm eu fiquei maluca, comecei a pular bem gostoso deixando Fabinho gemer bem gostoso, então aumentei a velocidade aahh que delícia de rola invadindo o meu cu, Sandra só ficou olhando seu irmão comendo o cu de sua namorada, pulei e pulei e meu pai chega na hora e vir na sua face a inveja pois queria esta no meu lugar, mais para o azar dele hoje seria a filha se divertido com aquele lindo garoto, pulei e pulei até deixar Fabinho louco e fazer ele derramar seu delicioso leite no meu cu, depois de alguns minutos Fabinho deu um urro gozando todo aquele delicioso leitinho no meu cu inundando tudo.

Aahh que dia maravilhoso minha namorada e eu tiramos a virgindade do nosso machinho e foi incrível aquele dia.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 2,80 de 15 votos)

Por # #

1 comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos