# #

Primeira vez na adolescencia (parte 2)

644 palavras | 6 |4.60
Por

Continuação da minha primeira vez na adolescencia com um senhor que era cliente do trabalho da minha mãe.

Quando cheguei em casa, corri para o quarto e deitei, nao conseguia pegar no sono pensando em tudo q aconteceu. Além disso tava dolorido. Ele ficou me mandando msg ate tarde da noite, gravou ate um video se masturbando e dizendo q eu era uma delicia. Eu bati 2 punhetas aquela noite pensando em tudo.
Como no outro dia era fds e nao tinha aula, eu fiquei o dia trancado no quarto. Meus medo era tao grande dos meus pais q evitei falar com eles o dia todo pra nao perceberem nada.
De manhã, recebo uma msg dele perguntando se eu nao queria terminar oq começamos, eu ainda tava bem dolorido e pra disfarçar eu disse q tava com febre e nao poderia ir.
Na segunda feira eu tive q voltar a rotina e entregar os almoços, quando ia me aproximando do quarto dele o coraçao disparava. quando bato na porta ele abre com um sorriso no rosto. bem rapido ele me puxa e fecha a porta.ja vem me aguarrando por tras. Eu ainda tava meio inflamado do ultimo encontro, rsrs. Dai ele ja foi passando a mao pelo meu corpo, eu me excitei e empinei um pouco o bumbum pra tras, enquanto ele esfregava a barba no meu pescoço.
Dai me apoiei no balcao da cozinha e ele foi baixando a calça do meu uniforme da escola. Quando fui colocando a mao pra tras senti o pau dele quente e duro nas minhas costas. Ele tava com um creminho , passou no dedo e foi passando no meu rabinho. ficou meio q gelado, era uma sensaçao boa, nao sei onde ele arrumou aquilo, mas ajudou bastante.
dai eu dei uma empinadinha, e eu msm fui levando o pau dele pra entrada do meu bumbum. Eu me abri o maximo pra ele, e respirei fundo, dai aos poucos foi entrando, nao doía tanto como da ultima vez, acho q por conta do gel e tbm pq eu tava menos nervoso. A cada cm q aquele negocio negro ia entrando na minha bunda pequena e branca eu sentia.
Ele colocou e parou, pra eu ir me acostumando. Eu sentia aquilo pulsando dentro de mim. Doía mas o prazer era maior. Dai ele começou um vai e vem devagar, eu me debrucei no balcao. Dai depois e uns 10min nesse vai e vem ele me puxa pro sofá.
Dai ele senta com aquele monstro, q parecia uma garrafa de café e eu venho de costas e vou sentando.ponho minhas maos no chao e vou movimentando, até parecia q era um profissional, rsrs. Dai depois saio e fico de joelho no sofá, dai ele ja veio mais forte, me puxando pelo cabelo. Nem deu tempo eu tirar a blusa da escola rsrs. O momento mais louco foi qnd ele me chama pra varanda, eu falei: Vc é louco? Ele fala: vamos, to ja gozando, vai ser rapido. Como era o ultimo andar, e era hr do almoco acho que nao dava pra ngm ver.
Dai eu fui e me apoiei na grade olhando pra cidade, e ele veio e engatou atras de mim, nao demorou muito, senti um liquido quente dentro de mim, escorrendo pela perna. Dai eu comecei a me masturbar pq eu tava muito excitado, dai ele veio por tras e me ajudou e gozei no chao.
Com as pernas tremendo me sentei no sofá e ele sentou do meu lado, ficamos nos beijando enquanto eu mexia no pinto dele q tava meio bomba e todo melado.
Dai fui pro banho e ele veio cmg. Ficamos nesse romance durante uns 3 meses enquanto ele tava na cidade. Dai depois foi morar em Florianopolis e nunca mais nos vemos, so por zap.
Meu contato é [email protected] para novas amizades.
Obrigado gente por ouvirem meu desabafo, bjs.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,60 de 10 votos)

Por # #

6 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder @Doni - telegram

    Dlc

  • Responder Jhose

    Muito bom

  • Responder Tales

    Você deve escrever mais seus dois contos são muito bons e você escreve de um jeito muito legal