# #

Novinha descobrindo as Maravilhas com o vizinho mais velho 2

2085 palavras | 5 |4.74
Por

Minha amizade com o vizinho estava cada vez melhor e eu decidida a perder a virgindade com ele.

Depois de tudo que aconteceu com Seu Alfredo, minha vida ficou uma maravilha, não pensei que ia gostar tanto de homem…
Ele me tratava super bem, adorava ira na casa dele, se soubesse que ele estava em casa dava um jeito de pular pro quintal dele…. Como ele trabalhava, era mais a noite quando dava, pq ai meus pais já estavam em casa, ou no final de semana quando papai e mamãe saiam…eu sempre dava um jeito de não ir, só pra ficar sozinha. Meu pai às vezes reclamava, mas mamãe me ajudava dizendo que eu tava ficando mocinha e que ia sair cada vez menos com eles…ai papai, brincava e dizia : juízo menina…e me beijava…eu ficava toda feliz…as vezes pra ninguém desconfiar acabava indo com eles…tinha medo que eles descobrissem.
Quando ficava sozinha eu adorava…com o tempo fui pegando bastante liberdade com Seu Alfredo e pulava pra casa dele até sem avisar…ele adorava…brincava comigo…me beijava toda…eu adorava quando ele tirava minha calcinha, beijava e chupava minha bucetinha…minha bundinha…brincava com os pelinhos loiros que começavam a despontar…sugava meus peitinhos…cuspia nele e lambia…eu me arrepiava toda…eu fui descobrindo que gozava muito rápido…qualquer toque dele eu ficava molhadinha.
Ele sabia como ninguém fazer caricias numa menina…ele entendia que pra mim era tudo novidade…Mas fui ficando esperta…comecei a gostar de ver sacanagem no computador…meu corpo e minha mente pedia erotismo…eu fui ficando viciada…Ficava ligada nas conversas das minhas amigas na escola…algumas da minha idade contavam cada coisa que o que eu fazia parecia brincadeira de criança…rss
Elas eram bem safadas, pelo menos nas conversas…eu ficava na minha…mas só imaginando o dia que ia perder a virgindade e dar de verdade a buceta. As brincadeiras com seu Alfredo cada vez esquentavam mais…acho que isto foi acelerando meus hormônios, comecei a criar mais corpo…e a sentir que os outros homens me devoravam…principalmente quando estava de uniforme da escola..
Quando ficava com ele gostava de brincar com o pinto dele….as vezes quando pulava pra casa dele, ele já me esperava peladão no quarto que era ao lado do meu…eu amava ver ele pelado…ficava deitada com a cabeça no pinto dele…ele ficava mexendo na minha bucetinha e eu via aquele pinto crescer bem pertinho..ficava fascinada vendo ele ficar em pé…rss
acariciva ele com minhas mãos, lambia o saco dele e os pelinhos…ele me ensinou a punhetar ele…ele ficava sentado e eu ajoelhada no meio das pernas dele…eu beijava as coxas dele,lambia bem o saco e pau dele…pegava minhas mãozinhas e começa alisar aquele cacete enorme…ai ele gozava lambuzando minhas mãos…eu lambia ela e sugava o pau gozado….adoro isto até hoje, amo gosto de porra,cheiro,tudo…Eram muitas brincadeiras…pra mim era tudo uma grande novidade…eu queria dar de verdade, mas ele tinha muito medo…então a gente ficou nesta um tempão…
A noite quando ia dormir…as vezes pulava pro casa dele pra dar boa noite…tinha que ser rapído antes que um dos meus pais subisse no meu quarto….mas sempre dava tempo…eles nunca pegaram…eu ia rápido e sempre dava uma chupada no pau dele….rss
​​​​​​​ Eu era louca pra ele um dia ir no meu quarto…mas ele tinha medo tb, mas um dia combinamos de eu deixar a porta aberta e ele entrar…falei que ia fingir que estava dormindo e ele deveria abusar de mim…
Demorou mas um dia ele criou coragem e pulou pro meu lado, já era bem tarde, tipo meia noite…sabia que meus pais estavam dormindo, deixei a porta balcão aberta…ele entrou e eu fingi que dormia…senti a boca dele chupando meus pés, lambendo todos os dedos e as mãos subindo pela minhas pernas,nas minhas coxas…ele foi subindo…eu só estava de calcinha,…ele arrancou ela…e caiu de boca na bucetinha…ele tirou o pau pra fora….e deitou em cima de mim, abrindo minhas pernas….pensei que ele ia me comer…tava transtornado de tesão…eu ali doida tb…olhava pro teto do quarto, pro meus bichos de pelucia…pra  cortina da minie…tudo tão cor de rosa…pensei….meu bichinhos vão ver eu dar pela primeira vez…Eu abracei ele com meus bracinhos…senti o pau dentro da minha xana…queria muito…ele gemia e dizia meu nome, mas ele fez com das outras vezes apenas gozou na xaninha sem penetrar totalmente…eu gostei mesmo assim, tava molhadinha…e ele ainda de pau duro….me virou, deitou na minha bundinha…e forçou tb…sem penetrar gozou nela todinha….
Eu gemi um pouco mais alto….e ouvi a voz da minha mãe….ele também…e saiu da cama num pulo….eu gelei quando, vi mamãe entrando no quarto…me cobri rapidamente…tava toda gozada…morrendo de medo….Mamãe perguntou se tava tudo bem….eu disfarcei falando que tive um pesadelo…ela perguntou pq a porta tava aberta…ai falei que tava com muito calor….
Ela fechou a porta, dizendo que tava tarde pra ficar com ela aberta…me olhou desconfiada,perguntou se tava me sentindo bem, eu disse que sim ai me beijou e deu boa noite e saiu.
No dia Seguinte, fiquei quietinha nem pensei em fazer nada de errado, fiquei pensando no susto que seu Alfredo tinha levado, estava tensa, mas esta sensação do proibido tinha dado um tesão enorme…A noite antes de dormir, mamãe venho conversar comigo, falou de sexo, de que estava mudando, logo ia ficar mocinha, é que era normal ter sensações, sonhar com coisas que parecem proibidas mas que fazem parte do crescimento, nunca tínhamos falado de sexo abertamente,mas mamãe era boa nisto, e conversamos bastante…Eu acho que ela pensou que eu estava me masturbando quando ela entrou no quarto a noite. Então ficou tudo bem. Foi bom conversar, que uns dias depois fiquei menstruada pela primeira vez…foi estranho…no começo achei ruim demais…mas ganhei confiança e me senti mais mulher….Na escola, até ficava com uns meninos, mas não sei sentia muito mais tesão com o Seu Alfredo,só que quando ele soube que tinha ficado mocinha, ai que ele ficou com mais medo de me comer de verdade.
Tava decidida a perder a virgindade com Seu Alfredo…não teve jeito, um dia ao voltar da escola, percebi que ele não tinha ido trabalhar…Pulei,sem ele saber pra casa dele…
Ele estava na cozinha fazendo almoço..eu estava de vestidinho, me deixava com carinha de mais menina ainda…eu adorava…sabia que os homens gostavam…
Ele me disse oi…não se assustava mais…mas perguntou se mamãe não ia ligar logo..eu falei que agora ela não ligava,sabia que eu me cuidava bem…ele riu…e falou: eu Sei Rafa…vc cresceu muito de uns nos últimos dias….Eu falei, logo vou fazer treze….Ele falou: é tá virando uma mulher, logo vai arrumar um namorado, se não arrumou, eu me aproximei dele…e falei baixinho…uma mulher bem safada e não quero namorar..hj em dia as meninas não namoram,…ele riu eu falei é a culpa é sua…
Ele me agarrou e me colocou sentada  na mesa…foi levantando meu vestido…e acariciando minhas coxas…ele falava…vc é muito linda Rafa…branquinha, loirinha…me olhou no rosto…eu sorri…ele disse,estes olhos…estes cabelos loiros…deixa qualquer homem louco….Quando penso que te vi praticamente nascer….e agora estou aqui passando minhas mãos nas suas coxas…me sinto o pior dos homens…ao mesmo tempo que dizia isto…apertava minha coxas…começou a me beijar…eu senti a língua dele querer me sugar…a boca dele tava quente…e sedenta como nunca tinha visto…
Eu falei…tiro meu vestido…seu Alfredo…adoro ficar peladinha…ele queria que eu chamasse ele só de Alfredo,  mas não conseguia…parecia ser mais sexy falar Seu Alfredo…uma sensação de coisa errada…Ele tirou meu vestido e foi me chupando…me deitou na mesa…e começou a me lamber….chupava meus peitinhos que tinham crescido…eram duas pequenas peras apontando pro céu….
ele me deixou molhadinha…enfiou os dedos na minha xana e tirou e lambeu eles…falando que putinha Rafa…vc já tá  toda molhadinha..eu falei: vc gosta….ele nem respondeu…enfiava um dedo na xana e outro no meu cuzinho…eu gemia como louca…gritava mesmo…Ele falou; meu deus se seus pais vissem isto….e riu….eu também ri imaginando….rss
Eu desci da mesa meio bamba…tirei a bermuda dele e o pauzão dele se ofereceu pra minha boca….é o que mais gosto:chupar um pau…sentir o gozo do homem na boca….ai eu amo…meninos gozem na minha boca…
Ele gemia…minha boquinha e lambia e ele me olhava…esfregava o pau dele no meu rosto e enfiava na boca….pedi pra ele gozar…goza na sua menininha ….ele gemeu e encharcou minha boca e garganta,…eu gemia de tesão…aquela porra quente na minha cara, escorrendo pelos cantos da boca…pensei…acho que toda putinha tem que saber chupar um macho…
Olhei pra ele e falei…isto foi minha sobremesa…uma delicia… ai ele falou e eu não almocei ainda….falei vc não quer comer….ele disse: quero, quero e vou….
me agarrou e me colocou deitada na mesa….ai fez algo surpreendente…que não esperava….pegou o macarrão que estava fazendo, e despejou em cima de mim….esfregou o molho e o macarrão no meu corpo…me virava e espalhava pela minha bunda….fiquei toda suja de molho …mas com muito muito tesão….me colocou de 4 como uma cadela, e enfiou os dedos no meu cú e a minha xana e me lambeu…
Ele disse agora vou comer…ma vou comer de verdade….ai caiu de boca e me chupou…falava pra mim: quantos anos vc tem Rafinha? eu dizia….vou fzer treze….ele dizia: meu cabacinho, hoje vou te comer……me puxou pelas pernas me beijando…abriu minha xana…vi o pau dele enorme se aproximar…eu dizia me come Seu Alfredo…me come…
Ele foi forçando a porta da buceta…senti a grossura do pau alargando minha xaninha….ele me abraçava, me beijava…eu toda suja e ele também…
Eu senti uma leve estocada e o pau dele entrando de vez….gritei mais por safadeza do que por dor….ele me agarrou e me segurou…o corpo dele encachado no meu….delicia…eu sentindo o calor dele, os pelos, a boca…ele gozou como nunca….gemeu como nunca, gritou como nunca…Eu tava super feliz…ter feito ele me comer era um sonho….sei que muitas meninas querem um principe pra tirar sua virgindade, mas eu queria um macho…e consegui…..
Depois de uns minutos, caimos na realidade…ele me soltou….tirou seu pau da minha buceta…por incrivel que pareca o pau ainda tava meio duro…até ele se surpreendeu e disse: nossa Rafa, meu amor…vc me fez tão bem…to me sentindo com 18 anos….vc tão linda…mas que loucura….
Eu beijei ele,  dizendo que tinha amado…que eu queria…ele era muito carinhoso comigo…e ficamos ali curtindo o momento…depois tomei um banho rapido…fui pra casa, troquei de roupa…
Mamãe quando chegou, só de me olhar percebeu algo, acho que é coisa de mãe…conversamos e ela novamente conversou sobre homens, sobre virgindade,etc e que ia me levar no médico para uma consulta ginecológica e também pra ele falar sobre prevenção de doenças e gravidez….Eu falei tudo bem….estava tão feliz….
Espero que tenham gostado, é algo tão íntimo, difícil passar a sensação de tudo que vivi, quem é mulher talvez entenda melhor, mas espero que os homens tenham gostado tb.
Em breve duas novas histórias: com a Paulinha sobrinha do Seu Alfredo e com um amigo dele….

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,74 de 19 votos)

Por # #

5 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Luiz Edmundo

    Adorei seu conto rafinha, continue contando .

  • Responder Eu casado

    Safadinha mesmo heim???
    [email protected]

  • Responder Pedro Preto

    Sensacional! Parabéns escreve muito bem

  • Responder ....

    MT bom seu conto ,pd continuar se quiser terei prazer em ler

  • Responder Rogerio

    Delicia de conto! Menininha safada rssd