#

Me fingi de adormecida

2673 palavras | 3 |4.31
Por

…eu já havia lido contos onde as pessoas contavam que haviam sido comidas ou abusadas dormingo ou fingindo estar dormindo. E confesso que nao acreditava até acontecer comigo.
Eu e Elisa éramos amigas desde os 13 anos de idade. Agora eu com 23 e ela tambem continuávamos muito mais unidas. Uma sabia tudo sobre a vida da outra. Desde quando perdemos a virgindade, até o que fazíamos com os nossos namorados ou ficantes.
Nós conversávamos muito e aprendíamos uma com a outra, tendo em vista que éramos bem safadinhas, dos quinze anos em diante fomos ficando bem depravadinhas, graças aos carinhas com os quais ficávamos. Eu sempre adorei os mais velhos. E ela topava todos.
Íamos para as baladas e enquanto as outras meninas disputavam pra ver quantos carinhas beijavam na noite eu e minha amiga disputávamos pra ver qual das duas chupava mais paus na noite.
Só saímos com os caras que tinham carro. Íamos pra dentro dos carros pra um boquete gostoso e não dávamos a buceta o máximo era deixar eles dar uma pegadinha, as vezes apenas mostrávamos a calcinha e deu.
Bem, quando eu tinha 16 anos perdi a virgindade, dei meu cabacinho, e quando completei 18 dei o cuzinho. E confesso que o cara que comeu meu cu era 9 anos mais velho que eu e sabia comer um cu, tinha paciencia e muito jeito, tanto que era um pau gostoso, tamanho medio mas nao me machucou , muito pelo contrário, me fez masturbar o meu grelinho enquanto comia meu cuzinho e foi impossível não gozar. Amei. Contei para a minha amiga com tanta emoção que depois disso, nao demorou nem um mes e ela deu o cu tambem, mas nao curtiu muito. Só depois tambem com um cara bem mais velho é que ela desfrutou dos prazeres de ter uma pica socadinha no cu.
Mas o que eu quero contar é que eu havia terminado com um ficante, a relação havia durado uns 6 meses, eu estava bem apaixonadinha e ele me meteu um baita chifre. Confesso que sofri um pouco e andava meio deprimida cabisbaixa.
O pai da minha amiga morava numa chácara nos arredores da cidade, uns trinta minutos do centro e era divorciado e famoso por comer bucetas gostosas da cidade. Desde novinhas até casadas. Minha amiga dizia que cada vez que ia na chacara via uma mulher diferente, que o pai dela ja havia comido até algumas amigas nossas. Inclusive as mães de amigas nossas.
O filho da mãe era realmente sedutor, gostoso, bem cuidado, vaidoso, sarado e tinha 45 anos. Era uma tentação e eu cada vez mais apaixonada por homens mais velhos.
Numa bela quinta feira saimos a noite para um barzinho eu e minha amiga e ela me vendo meio pra baixo me convidou para ir com ela para a chacara passar o final de semana. Já que era aniversário do pai dela e teria uma festa, muita gente bonita e churrascada, bebidas, piscina, o final de semana prometia ser de muito sol e eu achei a ideia ótima. Inclusive teriam pessoas conhecidas nossas pois o pai dela disse que ela poderia convidar até umas 6 pessoas do circulo de amizade dela. Entao seria bacana.
Na sexta feira lá fomos nós, mas fomos cada uma no seu carro, eu falei que se eu ficasse chata eu voltaria, nao queria ser uma pésssima companhia.
Chegamos na sexta, a festa seria no sábado e voltaríamos no domingo. Desde a hora que chegamos o pai dela me cercou de carinhos e atenção, fiquei me achando, imaginando que dali a pouco chegaria uma buceta pra dar pra aquele tesao de coroa. Mas que nada, ele gentilmente perguntou o que queríamos jantar que ele prepararia com muito prazer pra nós. Nos deixou a vontade para escolhermos o que quizéssemos beber, por bebida tinha de monte, principalmente porque teria a festa no dia seguinte. E começamos a beber eu optei por caipirinha de wodka, minha amiga foi de cerveja e o pai dela bem suavemente bebericava wodka pura. A conversa fluia super bem mas eu percebia que os olhares dele percorriam o meu corpo, confesso que desde que havia terminado com o meu namorado eu nao tinha transado com mais ninguem muito menos me masturbado, o que começou a despertar em mim um tesao, um fogo, e iniciei com ele um jogo de sedução. Ele super esperto e safado, sugeriu para que fôssemos tomar um banho, pois estávamos o dia todo na correria. Ambas fazíamos faculdade pela manhã e a tarde fazíamos estágio tambem na mesma empresa. Achamos a idéia excelente, minha amiga ja foi se mandando, e eu aproveitei e falei pra ele, mas nós vamos deixá-lo sozinho aqui, preparando o jantar e ele me deu um abraço e disse, a noite esta só começando. Me beijou o rosto e apertou o abraço de maneira que nao pude deixar de perceber um certo volume de pau, encostando em mim. E eu falei, nossa que abraço gostoso, acho que estou carente. Fui falar que havia terminado o namoro e ele colocou a mao sobre a minha boca e disse, hoje nao é dia de lembrar de coisas tristes. Conte comigo para dar risada, se divertir e fazer voce nem lembrar desse cego. Eu olhei pra ele e ele disse, o cara que nao olha direito pra uma mulher como voce só pode ser cego, minha buceta piscou agora eu dei um beijo no rosto dele e me fui, rebolando, como estávamos num espaço para festas tive que passar ao lado da piscina para depois entrar na casa e é claro aproveitei pra dar uma provocada, ao entrar olhei para traz ele estava na mesma posição me olhando e me jogou um beijo.
Quando estávamos no banho eu entrei no banheiro com a minha amiga, até porque ela ja tinha entrado, ela me disse, que um ficante dela havia enviado um whats dizendo que viria dar um beijo de boa noite nela, e ela me disse, que nao deixaria ele ir embora sem dar umazinha. E me falou, amiga, vou preparar outro quarto pra voce. Porque vou foder com aquele menino gostoso.
Eu falei de boa, sem problemas.
O pai dela preparou uma massa com um alcatra passado na chapa, estava perfeito, uma salada mista e aí depois de eu tomar duas caipirinhas, fui para a vinho e ele me acompanhou, percebi que eu bebia o dobro dele. Minha amiga contou ao pai que um peguete dela viria dar uns beijinhos, e o pai dela disse, essa menina puxou ao pai. Não pode ficar sem carinho. E disse aproveite filha.
Bem jantamos, ficamos mais uma meia hora até que o menino da minha amiga chegou, se beijaram ela apresentou ele ao pai, eu ja o conhecia de vista. E ela sumiu com ele. Ficamos eu e o meu coroa. Ele sentou de lado no banco, e eu depois do banho voltei com um vestido solto, leve e curto. minhas coxas estavam deliciosamente expostas.
Ele conversava sobre varios assuntos, era super atencioso. queria saber da faculdade, do estagio, da vida, dos meus pais que moravam eu outra cidade. até que ele falou sobre o meu perfume. Chegou mais perto me cheirou, e por incrivel que pareça falou exatamente qual perfume era. Eu ja estava meio de pilequinho, e a hora ia passando. Quando foi lá pelas tantas, ele disse, voce deve estar cansada e eu aqui contando historias. Vou te acompanhar até o teu quarto. Com certeza a minha filha nao deve ter arrumado tudo como voce merece. E lá fomos nós, eu meio tontinha, ele me abraçou pela cintura me apertava e eu estava adorando aquele homem, aquelas maos deliciosas. Entramos no quarto, não era suíte, o banheiro era ao lado. Entramos no quarto ele olhou tudo. A minha amiga havia deixado a minha mochila ao lado da cama. Ele disse, entao boa noite. Acho que mereço um beijo de boa noite. E me puxou eu olhando nos olhos dele nao foi possível evitar um beijo. Que beijo. a lingua dele percorria a minha boca ele alisava a minha cintura. e descia até o começo da minha bunda e eu me esfregava nele. a minha buceta piscava, e eu sentir ela umedecendo. Ele beijou e disse. Durma bem. Sonhe comigo. Tomara que voce tenha um sonho, alucinante comigo. Tomara que seja um sonho que pareça real. me apertou contra o caralho dele e saiu. Eu fiquei perturbada. Coloquei um baby doll, rosa, uma calcinha branca com rendinhas, e fui escovar os dentes. Se ele estivesse por ali com certeza veria eu saindo do quarto e indo ao banheiro. Bem se me viu eu nao sei. só sei que deitei e percebi realmente que estava de pilequinho e com tesao. Com o silencio da chacara eu adormeci, lógico que perdi a noção da hora, mas de repente senti como se uma mao estivesse me alisando. Percebia que o edredon leve havia sido tirado de cima de mim. e senti uma boca beijando as minhas coxas. Meu Deus será que estou sonhando, mas fiquei quietinha, é claro que a minha respiração e o meu coração estavam acelerados. as mãos eram suaves. deliciosas, me beijava, eutotalmente descoberta. ele subiu, e beijou meu pescoço e meus seios por cima do baby doll. e desceu novamente, e eu fingindo dormir. Como eu estava meio de lado, ele foi me virando até eu ficar de barriga pra cima, eu procurava fazer respiração de quem estava dormindo meio ressonando, e ele beijou a minha barriga. com uma mao ele abriu as minhas pernas, eume sentia sendo explorada, mas estava adorando. Agora eu tinha certeza de que eu estava realmente acordada, mas fingindo. rsrsrsrs. Ele me cheirou por cima da calcinha, cheirava profundamente, puxou a calcinha para o lado, cheirou a minha buceta, totalmente depilada e sussurrou, que bucetinha deliciosa depiladinha. O quarto estava totalmente escuro. Um breu. E ele falava baixinho, que cheiro delicioso tem essa buceta, e lambeu, eu deslizou desde o meu grelinho até onde conseguiu devido a minha posição enfiava a lingua na minha buceta e falava esta molhadinha que delicia o teu gosto. Que tesao de mulher. e dedicou atenção ao meu grelinho, enfiou um dedo na minha buceta e o outro dedo da mesma mao tocava meucuzinho, e chupava, e sabia chupar. chupava cheirava, e eu nao resisti, fui acelerando a respiração. o meu cuzinho começou a piscar, e gozei, quando gozei nao resisti, e segurei na cabeça dele, enfiei os dedos nos cabelos dele e falei, delicioso. que prazer voce me proporcionou. E ele quieto, cheirou a minha buceta, lambeu mais uma vez me fazendo sentir um choque e ficou de pé, eu só ouvia o barulho de movimnto. ouvi o barulho de um ziper, e ele segurando aminha mão e puxando, me fez pegar no pau dele, eu me assustei. Apesar de nao ser santa, e ja ter tido vários paus, eu nunca havia pegado num pau grosso daquele jeito, ele me puxou e disse sente na cama. Tudo isso no escuro, eusentei e nnao foi preciso ele pedir, caí de boca, pois adoro mamar um caralho, e modestia á parte euchupo gostoso. Chupava que fazia barulho, lambia o saco dele segurava com uma mao o pau com a outra meio qu abraçava a bunda dele, acariciava o saco dele indo até quase o cuzinho dele, e chegava a doer a minha boca. da grossura do pauzao dele
Ele disse fique de quatro, e eu imediatamente fiquei. Ele disse, quero te chupar igual um cachorro lambe e cheira a cadelinha dele, ele falava umas coisas que eu nunca tinha ouvido até entao. Senti ele abrindo a minha bunda e começando a chupar a minha buceta por traz, nao demorou muito foi para o meu cuzinho, putz, me assustei, fiquei meio sem jeito, devo ter ficado vermelha ainda bem que estava escuro. Ele lambeu meu cu, eu até os meus 23 nunca tinha sentido uma linguinha no cu. Mas quando eu relaxei euamei, comecei a falar, amo falar fodendo, e disse, que delicia, voce é louco, esta lambendo meu cu, safado, e ele disse, isso gostosa, fale tudo o que esta sentindo fique bem putinha pra mim, vou foder esse cuzinho com aminha lingua amor, aperte ele, morda a minha lingua com esse cu vadia. e por baixo acariciava meu grelinho. Eu falei assim vou gozar novamente, mas nem acabei de falar gozei. e ele disse, isso deliciosa, que tesao que é te dar prazer.
Ele disse, segure essa bunda aberta assim, com as duas maos, eu lógico que segurei e ele encostou o pauzao na minha buceta que babava de tao molhada, eu imaginei esse pau vai me rasgar a buceta. e ele disse vou enfiar bem devagar nessa bucetinha deliciosa, como voce é apertadinha, Acho que esse pau nunca entrou numa buceta tao apertada, parecia que estava me arrombando, era realmente enorme, pelo menos pra mim era. mas foi entrando, entrando ate que senti ele encostar na minha bunda. e o pau la no fundo, empurrando tudo pra dentro. e falei vai fodendo devagar, o teu pau é muito grande, mas fode fode até eu acostumar. De repente senti ele cutucando omeu cuzinho com um dedo. Ele tirou o pau da minha buceta, senti um vazio, mas ele se abaixou e enfiou a lingua no meu cu, e novamente e novamente, levantou e meteu na minha buceta novamente, mas o dedo que imagino sendo o polegar porque era grosso foi invadindo omeu cu, e eucomecei a curtir o pauzao na buceta o dedao no meu cu, imaginei dando pra dois, e ele foi socando cadenciado gostoso, coisa de macho experiente, de repente ele tirou o pau abaixou e babou no meu cu disse, pronto, agora vai ser somente tesao. Eu gelei, e falei voce esta louco, nao vai entrar aí ele disse abre a bunda amor. E eu abri, ou melhor no escuro arregacei. e o pauzao quente da minha buceta tocou o meu cuzinho. e ele disse, vai empurrando. E eu empurrava devagar, ele tirava, cuspia no meu cu, coisa super vulgar, mas foi metendo, eu gemia queria gritar mas o pau pau por incrivel qu pareça ia entrando, ia me arregaçando, até que eu falei, pau safado, pau tesudo, mas amor, nao empurre mais, chega por hoje, amanha eu te dou me cu por inteiro e ele disse, gostosa sinto muito mas esse pau so vai parar no fundinho desse cuzinho. e me segurou pela cintura e empurrou. A cabeça ja tinha passado na parte qu doi, e socou, e eu sabia que nao ia terminar bem, falei pra ele, olha vou te avisar, deixe pra comer esse cuzinho inteiramente amanha, deixe eu me preparar pra voce. e ele sacana disse. preparar? mas ele esta prontinho, e eu sentindo a minha barriga ser socada, falei eu nao fiz a chuca, nao sabia que alguem ia comer meu cu, vou acabar sujando o teu pau.
Era isso que queria saber, entao pare senao esse pauzao vai sair sujinho do meu cu. E ele filho da puta dizia, pode fazer o que quizer, vou adorar. Voce vai marcar o territorio no meu pau. Putinha. Nao vou parar. Toma no cuzinho gostosa. Eu comecei a me segurar, mas sabia que ia dar merda. Literalmente. Hoje sei que tem homens que adoram quando a mulher suja o pau deles, mas isso nunca tinha acontecido comigo. Se o carinha quer comer omeu cu eu sugiro que coma antes do jantar, rsrsrs. porque depois e foda.
A foda seguia solta. e eu senti o cheiro……e ele disse vou gozar.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,31 de 29 votos)

Por #

3 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Fernando

    Me deixou de pau duro aqui imaginando essa trepada, gosta de um coroa Juliana vem rs. @Fernando1970

  • Responder Anom

    Descarrego um caminhão de buceta por um cu

  • Responder Amo uma putaria

    Amei seu conto q delicia. .
    Tmb amo qd meto no cu de uma mulher e meu pau sai sujo ..
    Vamos tc ?
    Vc demorou muito pra sentir uma língua no cuzinho hein ..
    Amo chupar um cu
    @iron500