#

Gozei depois dos 40!

3377 palavras | 8 |5.00

Sou gerente de banco há 15 anos, casada há 22 anos com Domingos que é advogado e tem 55 anos, só gozei depois dos 40 anos….

Apresentação
Sou Claudia, trabalho como gerente de banco, particular,há 15 anos. Tenho 44 anos de idade, sou loira, 1,6 m, meu corpo é normal só pratico pilates. Meu marido foi o primeiro homem da minha vida. Domingos teve uma criação muito rígida, com valores bem definidos. Nunca falamos sobre sexo, que era tabu, e como ele não dava abertura não insistia … Pois nossas relações sexuais foram sempre rápidas e no máximo duas ou três posições. Foi assim até março do ano passado!

O começo de 2019,em janeiro nossa filha Laura passa no vestibular! A nossa família toda feliz pelo seu sucesso, e futura advogada.Já no fim de fevereiro, no banco, depois do expediente, o assunto era a festa de 20 anos de nossa agência! Que seria na semana seguinte no dia 05/03, que era numa sexta-feira…. Na copa, estávamos numa galera, falando sobre como cada um iria etc e tal.O pessoal foram se retirando aos poucos e permaneceram somente eu e Roberta, que é minha grande amiga, e percebeu que eu não tava muito legal e perguntando-me o quê eu tinha? No inicio não queria comentar, mas ela insistiu e comentei que tava passando por um momento muito difícil no casamento. Diz que Domingos não me procurava mais, há 5 anos pelo menos, e não me sentia mais desejada! E ela me consolou dizendo que acontece com todo mundo e me pediu para fazer jogos, brinquedinhos, etc. Aí respondi que Domingos não era tão aberto assim… Ela poxa amiga , tenta pelo menos. Prometi tentar!

No sábado, passeando no shopping, vi numa vitrine uma camisola, bem sex, entre e a vendedora me atendeu , pois não, como posso ajuda? Disse que gostaria de ver a camisola, ela busca-a e traz tb um chicotinho… assustei-me, então ela disse que vem junto, mas poderia deixa-lo. Provando-a ficou bem,Sabrina(vendedora) já havia separado mais alguns artigo: sapatos, calcinhas, e óleos afrodisíacos.. nossa gostei de tudo e comprei-os. À noite, tomei banho e me preparei para Domingos que, quando me viu vestida com a camisola, ficou bravo e disse que estava parecendo uma prostituta. Fiquei arrasada!

Na segunda, no banco fui desabafar com Roberta, eu chorava compulsivamente, ela me consolou e disse que ele era só um babaca anti-quadro! E continuou, acho que tu deveria botar um chifre nele… pois é uma mulher linda e inteligente, e tinha muitos homens babando por mim no banco. Perguntei, quem? E ela respondeu que o Fabio arrasta um bonde por mim…rsrsrsrs. E a partir de então comecei a observá-lo, melhor. Realmente Beta tava certa, peguei ele me olhando meios peitos, o coitado ficou corado! quando percebeu que eu vi….

Fui para copa com Beta e de repente entra o Fabio e Beta diz que tem que fazer os relatórios para um cliente, e deixa-nos sós. Fabio puxa um papo: e aí Claudia como iria para festa? Disse que iria de Uber , pois meu marido não pudia ir me levar. Então Fabio, bem capaz, eu posso te dá uma carona! e não seria nenhum empecilho… disse que não sabia se podia aceitar e ela insistiu não vai me atrapalhar em nada, mesmo. Aceitei, mas com uma condição que ele não bebesse, na festa, álcool que aceitou….

Chegou a sexta-feira, como eu iria sair do trabalho direto para festa, levei uma bolsa com minhas roupas para me vestir no vestiário… Já no fim do dia, vou me preparar e digo ao Fabio que me espere no estacionamento… No Vestiário eu Beta nos preparávamos eu: com saia (evase abaixo do joelho) com fenda lateral esquerda até o inicio da coxa(cor preta), um top frente unica com alça e amarração atrás(estampas ),casaco Parka escuro e sandália salto alto e fino prata;mais ousada Beta : com saia curta assimétrica com drapeado, blusa com decote redondo, Blazer azul e scarpin salto alto. Foi ao encontro de Fabio no estacionamento, que quando nos viu ficou num sorriso só, perguntei se poderia levar a Beta tb, disse que sim, meio triste.

Com muita música eletrônica e bebida fomos dançar eu e Beta , Fabio tb venho, estávamos nós três quando Henrique, um cliente muito especial, tira Beta e vão se afastando de nós, nisso Fabio e eu fomos respirar ar puro. Logo que chegamos do lado de fora Fabio me dá um beijo, do nada, quase recuei, mas tava bom e correspondi. Foi ficando quente e nos afastamos mais um pouco do clube, num pátio bem arborizado, e pouca iluminação, Fabio aperta meus seios, tento tirar suas mãos mas ele agarra minha bundinha com força e beija-me , minha xota fica umedecida e ele volta pegar meus seios, agora já mais desencanada, deixei-o que tira meu casaco e bolinando minha bunda e meu rego , eu começo a sentir um calor subindo pelo corpo todo…. tava uma delicia, em seguida Fabio coloca sua mão por debaixo do meu top e tira meus seios pra fora, e apertando os biquinhos ,fiquei completamente louca de tesão e passei a mão no seu pau, já duro ele me gira e num abraço bem apertado, encaixando nos seus braços,e começa a ralar sua rola na minha bundinha as vezes entrando no vão do meu rego, eu já toda ensopada rebolei-a deixando louco e ergue minha saia e soca sem dó , quando sentir todo ele dentro de mim, não sei ao certo, mas quando ele começou a socar eu sentir meus seios todo duro, principalmente os bicos e minhas pernas ficaram tremulas, soltei um gemido…. e ele me segurou pelo seios com força e apertava… Mandou que rebolasse mais rápido, dando tapas leves nelas. Beijando-me no pescoço e mordendo minha orelha, disse: tá gostoso, hein Claudia?! digo que tá e para ele continuar… então ele me segura na cintura e freneticamente vai socando e puxando-me pelos cabelos lá vai gostosa… o seu urro bem alto perto de minha orelha Rahrahrahahahhh… nos recompomos e voltamos para dentro. Já de cara avisto Beta que vem em minha direção e pergunta como foi? Digo-lhe que foi muito bom….rsrsrsrs e fomos ao banheiro precisava me limpar e ajeitar melhor…Já no final da festa peço a Fabio para ir embora e Beta tb venho junto, pedir para me deixa primeiro em casa, Fabio aceitou e depois levou Beta.

Segunda- feria, Beta vem me dizer que Fabio gostou muito e queria repetir com mais calma… Disse que havia sido um grande erro de minha parte e que não estava mais disposta a continuar com aquilo. Beta replicou: bom se é por causa de que não gostou tanto assim tudo bem amiga, mas agora ser for por causa dos valores de seu marido, me poupa vai, seja feliz aproveite desfrute-a com quem saiba te valorizar etc. Disse que estava confusa, mas que amava meu marido…

O tempo passou e não tive mais nada com Fabio, que sempre se portou como um cavalheiro comigo dentro e fora da empresa. Beta, eu e outras meninas sempre falarmos sobre nossas relações nos intervalos… Até que um dia quando estávamos a sós , eu e Beta, confidenciei que nunca tinha gozado com elas… Beta nossa Claudia ! como assim?! você bonita desse jeito. Pois é , minha única aventura foi com Fabio no dia da festa… mesmo assim eu fiquei muito mal depois. Beta amiga tá na hora de você se valorizar mais, mas tem que quebra esse dogmas que te cercam. Como faço isso Beta? Precisa se conhecer mais experimentar coisas novas ter mais amigos homens, já é um bom começo… obrigada amiga, pelos conselhos.

Certo dia Laura trás seu novo namorado para nos conhecermos,seu nome é Leandroe tb cursa direito com ela.Laura nos apresenta e ele cumprimenta Domingos, com aperto de mãos, e eu ,com um beijo no rosto. A sós com Laura e ela pergunta o quê eu achava? Disse que ele era muito bonito( era alto, forte,belo sorriso e mulato de olhos castanhos claros)e que ela teria que gostar e não os outros! Mesmo assim ela estava encantada com ele, bem apaixonada…

Perto da páscoa Laura avisa Domingos que Leandro ira passar conosco, Domingos me avisa: Claudia a Laura vai trazer aquele sujeito para o feriado, desde sexta até domingo. Respondo que seria ótimo para nos conhecermos melhor… Meu marido é preconceituoso tb. mas não por mal só por falta de conhecer mesmo.

Na sexta pela manhã , Laura chega com Leandro e fizeram compras ! Pego-as e puxo Laura para cozinha e deixo Leandro e Domingos conversando sobre direito na sala… Enquanto ,na cozinha, preparamos o almoço…. Depois do almoço, Leandro continuou falando de seu passado, com conseguiu entrar na faculdade etc… Domingos ficou até menos ranzinza com Leandro, fomos dormir eu e Domingos e Laura e seu namorado, cada casal no seu quarto. De madrugada,acordo-me e vou até a cozinha buscar água, passando pelo quarto de Laura ouço gemido, aproximo-me da porta de seu quarto, e outro gemido mais alto desta vez, abro um pouco a porta e pela fresta, observo Leandro em cima de Laura, que estava de 4 e ele por cima dela com seu pé direito sobre sua cabeça e penetrando-a freneticamente, abro um pouco mais a porta, para ver melhor, nisso Leandro me ver e com uma piscada de olho e passando a língua entre os lábios, pra mim. saio correndo pro meu quarto , onde fico pensando a noite toda naquela cena…

Já pela manhã, preparo o café e espero pelo pessoal , como estavam demorando resolvi chamá-los acordei o Domingos e depois Laura e Leandro… Ao terminarmos o café, comecei a retirar a mesa e Leandro me ajudou, Laura foi com seu pai para sala. Na cozinha, percebia que Leandro me olhava o tempo todo, sem dizer uma palavra se quer. Quando começo a lavar a louça, ele se aproxima e aperta minha bunda, dizendo: como eu pensei bem durinha! Levei um susto, quebrei um copo… não se assusta linda, sei que tu gostou do que viu ontem, né? Digo que não , que pensei que Laura precisava de ajuda. Ele sei bem a ajuda que tu queria dá pra ela?! gostou sim , confessa, logo? Agora já colado na minha cintura, por que não me manda ir embora, hein? Eu já estava toda umedecida… um calor pelo corpo… Leandro dizendo: me manda embora ou gostou do que viu? Só não tá com coragem pra dizer, né?! Se solta vai diz, e então digo-lhe que havia gostado… E quer que eu faça com você o mesmo, né? Ele ralava sua rola na minha bundinha, fora de mim, peço-lhe para parar, mas o safado fica mais atrevido e por cima do meu pijama, ele toca no meu clitóris e massageando-o , eu mordendo meus lábios e rebolando todo meu dorso nos seu tórax e rola, ele cutucava meu rego e ir deslisando os dedos para minha xota, eu me apoio na pia,e jogo meu bumbum contra sua rola que pincela meu vãozinho… enquanto ele se afasta para ver senão vinha ninguém eu tomo um pouco de água, pra tenta volta à si, mas sem sucesso, pois ele me abraçou forte e beijou-me, eu simplesmente correspondi… e ao mesmo tempo apalpando minhas nádegas , bem minha xota ficou piscando … passo a mão na sua rola e quando a pego, não acreditei, era muito grande, ele me põe de ajoelhada e puxa sua rola pra fora e era maior que minha cabeça,pois as bolas no meu queixo e sua glande passava minha testa.Mesmo assim abocanhei-a e Leandro dizendo: isso Claudia, umidifica toda a cabeça dele, vai linda…. não para!Faz a chupeta gostoso, vai faz pra mim BB , começo engolir e Leandro conduz minha cabeça para frente-trás, falando que tá muito gostoso…. BB agora fica com a cabeça dele na boca e toca uma punheta pra mim… obediente e submissa fiz, outro elogio: nossa BB tá muito gostoso e solta o primeiro jato de porra na minha boca, no que eu tento tirar minha boca, ele segura minha cabeça com as duas mãos e soca nela, mas antes dois jatos vieram no meu rosto, fazendo eu engoli sua porra com um gosto meio que salgado… ISSO BB assim mesmo , depois tem mais, pode ser assim?! Eu limpando meu rosto digo-lhe que sim. E saindo da cozinha indo se juntar a Domingos e Laura, na sala!

Depois do almoço, Laura e Leandro nos convidam para irmos ao parque, Domingos não quis ir e eu diz que estava um pouco cansada que eles ficariam melhor sem nós…Após um hora mais ou menos, Domingos decide sair, peço-lhe onde vai? ele diz que vai no BICA( é um barzinho onde ele sempre toma seu vinho). E peço para não exagera no vinho pois estamos de visita… Passou mais uma hora e Leandro chega sozinho, pergunto da Laura? Ele diz que ela estava no supermercado, e o Sr. Domingos? Digo-lhe que saiu , então veio direto para cima,beijando-me, e em seguida, deixou-me nua e deitou-se, na ponta, do sofá, abaixou o abrigo e a cueca, com sua rola dura disse: venha logo que não temos muito tempo, BB? Como demorei, ele estende a mão pra mim e me conduz para sentar na sua rola, ISSO BB fode vai sobe-desce, vai linda! quando começo a cavalga-lo sua rola rala meu grelho, minha xota se contrai apertando sua rola, e Leandro segura meus seios e apertando-os , meu corpo perde força e sento até sentir as bolas dele, que soca lentamente, e segurando minha cintura e dando tapas no meu bumbum, eu continuo mexendo meu quadril ralando meu grelho na sua rola…. novamente minha xota se contrai e Leandro volta socar lentamente e dizendo: ISSO BB goza no meu pau, e eu tá uma delicia não para safado, ele chupa meus seios fortemente, as vezes, mordendo levemente, voltei a cavalga-lo com vontade e rápido, Leandro disse: continua BB tá muito gostoso, vai linda, nisso sinto uma pressão enorme no meu grelho, minha xota contraindo várias vezes, saio de cima dele , rolo no sofá, ele esfrega rapidamente meu grelhinho e soca sua rola todinha fazendo gozar, solto um gemido alto, meu corpo todo tremulo e Leandro cravado dentro de mim, deu-me um beijo gostoso e passou a língua na minha orelha e pescoço… mais um nos meus seios! mexi os quadris e iniciou um vai-vem frenético e me abraçando forte goza na minha xota… levanto-me digo que irei tomar banho e ele se levanta, tb vou. Digo-lhe que é perigoso, pois Laura poderia chega logo! Ele insistiu , o perigo me atraí, vamos BB… Debaixo do chuveiro, ele fez um oral gostoso, e, em seguida gira-me de costas pra ele encaixando sua rola, manda eu ir rebolando até chega o talo, fui rebolando e o safado viu que não tava conseguindo chega ao talo, me socou sem dó e disse: ISSO BB, é assim mesmo bem atolado, como tu gosta, né? Entre gemido, baixos, respondi que sim, tá muito gostos e que ia gozar novamente…. ele vai BB pode gozar… e gozei naquela rola cravada na minha xota.De repente Leandro gira-me de frente pra ele e ergue até seu colo segurando minhas pernas puxando meu bumbum e socando forte em mim…. alguns minutos depois tira sua rola e põe-me no chão, diz: vai BB toma todo leite do teu genro, abra bem a boca, lá vai BB , eu disse que podia gozar que eu tomava tudinho… Encheu minha boca com seu leitinho ,salgado.

Terminamos o banho e eu fui para o quarto vestir-me e ele para o de Laura. Enquanto me arrumava pensava agora eu sei o quê é gozar!!! sentia o quê as meninas falavam nos intervalos.Beta tinha realmente razão tenho que ser feliz… Quando volto para sala , encontro Leandro assistindo tv e junto-me a ele.Em seguida, chega Laura e logo depois Domingos… Deixo Domingos e Leandro na sala e convido Laura para me ajudar com o jantar…

Na cozinha, interrogue Laura sobre Leandro como ele era, se tinha manias de paquera etc… Laura disse que ele era discreto e bem tímido. E ele, como é contigo? Ah, super educado, respeitoso no ponto certo. Como assim respeitoso no ponto certo? Ah, mãe ! na hora h ele manda ver mesmo… faz de um jeito… mas por que do interrogatório, hein dona Claudia? Não é nada não, só por precaução.

No outro dia, Páscoa, pela manhã, eu ,Domingos e Laura que disse, que Leandro pediu para dormir mais um pouco … Domingos convida-me para ir fazer compras , digo que estava indisposta e peço para levar Laura. Que aceitou e foram, no entanto, quando saíram fui ver Leandro que tava de rola dura na cama esperando-me. Ele mandou eu ficar de 4 entre suas pernas, blz BB assim mesmo, e ralando sua rola na entradinha da minha xota, fico toda umedecida e ele puxa-me pelo bumbum , dizendo: nossa Claudia que gostoso, mulher não fode minha pica…. ergo meu dorso e fico com sua rola todinha dentro de mim e olho para baixo e vejo meu grelho, que tava enorme, mais de 1cm com certeza, roçando na sua rola. O safado me puxa pelos cabelos e manda rebolar e dando tapas no meu bumbum gozei, logo ele se levanta e põe de 4, novamente, vem por cima de mim coloca seu pé sobre meu rosto e soca minha xota , eu gemia baixo, e ele perguntou se eu tava gostando? Sim , safado gostoso. Me fode , não parar eu quero gozar safado. Come sua sogrinha, que tá bem putinha! ISSO BB vou te fazer gozar ! Ficou de pé e colocou a rola na minha boca, faz uma chupeta… em seguida jorrou porra quente no meu rosto… pego minhas roupas e vou ao banheiro lavar meu rosto. Ao sair do banheiro Chamo-o e ele responde que esta na cozinha, vou ao seu encontro ele tomando café, pediu para que sentasse em seu colo… fiz e ele abaixou seu calção e puxou um pouco meu shortinho pro lado e fez eu subi-desci ,como tava gostando de ser a puntinha dele, colocando a mão poe debaixo da minha blusa ele segura meus seios e os aperta forte.Mais alguns minutos, eu quicando na rola dele até que ouvimos abrir a porta da sala, Domingos e Laura chegaram, mas ele me segurou e gozou dentro mim e me soltou ainda deu tempo de me sentar na cadeira ao lado de Leandro, quando eles apareceram , Leandro só colocou a camisa por cima de sua rola ainda dura, colocaram algumas coisas sobre a mesa e carne na pia. Fui ajuda-los e a porra de Leandro começou a escorrer antes que eu pudesse por a minha mão ou fazer algo do tipo . Eu partir direto para o banheiro,como ela escorrendo pelas minhas coxas, tive que ir para o quarto trocar de roupa…. quando volto Domingos perguntou o que houve? disse que de repente deu vontade danada de fazer xixi e não conseguir segura… rsrsrsrs. Depois do churrasco,no meio da tarde, Laura e Leandro foram embora.

No dia seguinte no trabalho contei tudo para Beta que parabenizou-me ! E perguntou se iria continuar vê-lo? disse que dependeria dele… Mas que queria mesmo era me conhecer melhor e gostaria que ela me ajudasse. Beta claro, amiga pode contar comigo… Sei o que estou fazendo não é certo, não me separo por que amo minha família… porém no momento só quero me conhecer melhor!

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 20 votos)

#

8 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Edson

    Amei seu conto me escreva [email protected]

  • Responder Gordinhadelicia

    ..jioobdrhb

  • Responder Anderson

    Adorei seu conto vc é a casada dos meus sonhos me chama

    [email protected]

    • Patricia 42 anos casada

      A tbm falta mais palavras vulgares, fica melhor o conto assim, mais palavrão.

  • Responder Astrid

    Uau !!!
    Que delícia.
    Não me entenda mal, por favor.
    Mas…”porteira que passa boi, passa boiada tbm”, eu sei do que estou falando.
    Vá ser feliz mulher …rsrsrsrsrs…

    • Joel

      Verdade… Quantas Mulheres casadas sãpo mesmo muito mal casadas…

      Afinal, quem não como em casa vai comer no restaurante…. 🙂

      Continua…

  • Responder Eduardo

    cintinua

    • Patricia 42 anos casada

      Coloca um amigo dele no conto, ele e o amigo fudendo vc na cama do seu marido, apimenta mais esse conto, que já está bom, mais pode ficar melhor, coloca traços nas falas para um melhor entendimento