# #

Fui arrombada no mato e gostei !

1512 palavras | 7 |4.30
Por

Acordei puta querendo levar pau na vagina e porra na cara !

Oi amores!
Sou a estéfani tenho 19 anos, moro em Santa Catarina, vou contar o que aconteceu em 2015 quando tinha 14 anos.
Os nomes de terceiros vão ser mudados para não comprometer ningém, só o meu nome é verdadeiro.
Sexta feira a noite eu e minha irmã estamos no quarto, minha irmã é a Raquel ela tem 10 anos; estou sentada na cama nua minha irmã está de calcinha,
não temos vergonha de ficar nuas juntas, vou depilar minha vagina, o que voce está fazendo Estéfani? dis a minha irmã estou me depilando não ta vendo?
por que? eu quero ficar lizinha igual a sua! é mesmo a minha não tem pelos! mas quando você estiver com 12 anos vai começar crescer pelos foi assim
que começou comigo; após ter me depilado fui mostrar como ficou para a Raquel, nossa o que você tem aqui apontando ela para minha vagina, é o meu
grelo ele é bem grandinho né! em baixo dele está o meu clitóris, que ver ele? quero! levantei meu grelo ta vendo? nossa parece um pintinho veja se eu
tenho também Estéfani, a Raquel baixa a calcinha para eu ver, vamos ver nossa Raquel você está bucetuda! nos duas começamos a rir, a Raquel está
com os lábios da vagina bem grandes, a minha vagina era bem menor quando eu tinha a sua idade, fui abrindo a vagina da Raquel olha o teu clitóris
ele está bem pequeno ainda; agora chega vamos dormir; está quente vou dormir nua só com o lençol; fiquei pensando já faz duas semanas que não trepo.
sábado :07 horas levanto da cama para me vestir, seguro no trinco do guarda roupas encosto minha cabeça na porta, fico pensando, puta estou
com uma vontade de trepar, chupar um pau e ser chupada! estou igual uma cadela no cio, quero levar um pau no cú na buceta porra na cara, Estéfani,
Estéfani, Estéfani, o que foi Raquel? você está bem Estéfani? a sim só estava pensando, abro o guarda roupas e fico procurando umas roupas esta
camiseta regata vermelha, e um short, que short agora? encontro no fundo da gaveta um short que usava quando tinha 13 anos, eu lembro ele estava
ficando pequeno e ficava subindo tinha que ficar poxando da bunda; será que ainda me serve? como minha perna engrossou em um ano, ainda bem que
ele é de Malha e estica, olhe Raquel como ficou? ta muito pequeno Estéfani, ta enfiado na tua buceta! quando eu caminho no quarto ele vai
enfiando na bunda! você não vai sair assim né Estéfani? claro que não, pensei que merda estou louca pra sair com ele, tive uma ideia pego uma
calça larga com elastico na cintura tipo indiana com estampas, visto por cima do short.
vamos tomar café Raquel.
Mãe vou até a casa da Patrícia vou ajudar ela numa matéria, Estéfani deixa eu ir junto? hoje não Raquel amanhã
eu prometo vamos dar uma volta de bike, minha mãe volte cedo para o almoço, ta bom mãe antes das 10 eu tô de volta.
encho a caramanhola de água e coloco no suporte da bike e saio, quero me afastar de casa estou passando em frente da casa da Patrícia, vou
pegar uma outra rua paro no acostamento e tiro minha calça enrrolo ela no cano, que sensação gostosa este short, ele está enfiado na minha
vagina, coloco minha mão na bunda nossa o short está uns tres dedos enfiado nela.
nunca estive por estas bandas! entro numa rua estreita de terra tem um monte de terrenos com mata nativa; logo adiante tem um homem
capinando em frente de um terreno com uma enxada, estou me aproximando dele, ele esta de costas para mim, desço da bike e vou empurrado
ela, o homem se vira e me ve aproximando, ele está de olho em mim, paro em sua frente já reparei que ele não tira o olho da minha vagina,
pergunto oi o senhor tem horas? tenho sim são oito e sete! :obrigada fui andando bem de vagar só para ele ficar me olhando, dei uma olhada
para tras e dei um sorriso, paro logo adiante fico de costas para ele passando a mão no cabelo, e passo a mão na bunda meu short está enfiado,
olho novamente agora me deu um tesão, ele está segurando o cabo da enxada como se estivesse segurando seu pau! e fica esfregando a mão simulando
se masturbar; é isto que eu quero um pau bem duro no meu cú e na buceta, eu sei que você está me querendo me chama! to louca pra abrir as pernas!
instintivamente vou descendo a mão pela barriga e começo a passar na vagina! ele me chama pego a bike e vou a sua direção, paro em sua frente
não falamos nada, vou empurrando a bike para dentro do mato e deito ela no chão ele vem atras, estamos longe da visão da estrada, ele pergunta
qual é seu nome? sou a Estéfani e você? sou o Mario! o Mario é grande tem um pouco de barriga, pego sua mão e coloco no meu seio, tiro a
regata ele fica doido começa a beijar meus seios e a chupar, vai Mario me agarra me chupa! nos dois retiramos a roupa ficamos nús ele já
está com o pau duro, ele deita no chão, subo sobre ele com a minha bunda voltada sobre seu rosto, ele me agarra pela cintura e começa a me
chupar, abro bem as pernas vai Mario chupa caralho! fico rebolando minha bunda em seu rosto, o Mario não tem um pau comprido mas é bem grosso
agarro seu pau minha mão não consegue dar a volta, e começo a chupa-lo e a lambe-lo, vai Mario chupa gostoso! ele da linguadas na minha vagina,
você tá me deixando louca! ele está lanbendo meu cú, que delícia; saio de cima dele e fico de quatro, quero ser penetrada! o Mario começa a enfiar
aquele pau grosso, puta que delícia! soca gostoso ele me agarra pela cintura me soca alucidamente, eu caio para frente no chão o Mario cai sobre
mim, bati meu rosto no chão e cortei ele num galho, o Mario é grande e pesado, ele sai de cima de mim e me ajuda a levantar, você tem um pequeno
corte no rosto! não está doendo Mario vamos continuar, deite quero sentar no teu pau, abro minhas pernas sobre ele pego seu pau e encaixo na minha
vagina, o Mario agara minha bunda fico fazendo movimento de vai e vem, estou tendo orgasmos meu clitóris está ríjido, minhas coxas estão tremendo
fico alucinada! quero porra na cara! saio de cima do Mario fico de joelhos, ele se masturba para ejacular fico de boca aberta esperando, o esperma
começa a sair e espirra nos meus seios, no meu rosto e dentro da minha boca! engulo tudo o Mario está com os dedos e o pau lambuzados, começo a
lamber seus dedos e engolir a porra todinha, agora começo a chupar o cacete ainda está escorrendo um pouco de porra, estou alucinada! engulo tudo;
tenho que me limpar, pego meu short e passo no meu corpo visto minha calça estou sem calcinha, dobro o short e coloco no bolço; que horas são
agora Mario? cinco para as nove! nossa ficamos tanto tempo trepando passou tão rápido; pergunto se ele tem algum dinheiro para me dar, ele tira da
carteira cinquenta reais e me entrega, obrigada Mario me despedi peguei minha bike e fui para casa, nossa estava sem força para pedalar, parecia
que estava com aquele pau gostoso enfiado na vagina!
chegando em casa entro na cosinha, olho no relógio na parede são 9 e vinte cinco, minha irmã está varrendo o chão, ela me olha e fala nossa você
está com uma cara de doida! e está com um corte no rosto, cala a boca palhaça! estou cansada de pedalar e onde está a mãe? ela está na lavanderia,
vou até lá falar com ela, oi mãe falei que ia chegar cedo! ela me olha o que é este machucado no seu rosto? puta merda e agora? sabe mãe tinha
um caminho com um monte de pés de framboesas no acostamento, parei para colher e um espinho do galho raspou no meu rosto! tome cuidado minha filha!
ta bom mãe agora vou tomar banho, pensei estou fedendo a suor a porra rsrs; depois coloquei minha roupa de molho para lavar, fui para o quarto
peguei um espelho para ver minha vagina, ela estava com um buraco rsrs também aquele cara tinha um kacetão grosso rsrs!

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,30 de 10 votos)

Por # #

7 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Mister

    Rua dos capunhinhos 329 vila guiomar
    Para rua José Lins do rego 536

    • Estéfani

      Eu era uma putinha desde os 13 anos, lembro quando fui ver um jogo num campinho, tinha 6 guris jogando bola , dei pra molecada toda atras dum barranco, ainda vou contar esta história aqui ! procure mais um conto meu quando eu trepei pela primeira vez, beijo na ponta do kct.

  • Responder Adelio

    Que delícia de conto
    Sou do RS, se tiver alguma novinha igual a Estéfani, me escreva:
    [email protected]

    • Willian

      Muito bom o seu conto estéfany

  • Responder Fábio

    Adorei, desde novinha já é puta, que delícia, pena que ele não comeu a sua bundinha.

    • Estéfani

      Oi Fabio? tenho mais dois contos no site! quando transei pela primeira vez com 13 anos e quando transei com um negro procura ai querido

    • Mister

      Estéfani você é uma putinha safada, adoro ver putinhas igual a você que usa shortinho socado na bunda e marcando a xoxota!!