#

Encontrei um amigo da época de Juventude

841 palavras | 1 |4.38

Ola amigos vou contar uma historia que acabou acontecendo a mais ou menos um mês trás, em época de pandemia, primeiro tenho que comentar que desde jovem que eu curto uma sacanagem com o mesmo sexo, não sou Gay assumido, sou casado, gosto de mulher, mais adoro uma rola na bunda, nunca fui afeminado, e na época de jovem só gosta de dar para coroa, eles casados não comentavam com ninguém, na época eu tinha o Célio um amigão, andávamos juntos diariamente, eu era um garoto bonito, gostoso, uma bunda linda redondinha, corpo lisinho , o Célio vivia me assediando, principalmente no futebol que tomávamos anho juntos, ele era bem servido de rola, uma rola grossa, e grande, tem 22 cm, teve uma época que trabalhamos juntos eu passava na casa dele para acorda-lo, e todo dia aquela tesão de mijo, ele de rola dura, sinceramente dava vontade de chupar, e sentar naquela rola, mais eu tinha medo dele comentar com os outros amigos, e assim fui ficando traumatizado batia punheta, pensando na rola dele, imaginando ele metendo no meu cu, mais não aconteceu.

Depois de um certo tempo acabamos no separando eu me mudei fui trabalhar em outra Cidade, casei-me, isso passou um bom tempo.

Quando foi agora no inicio do ano logo que começou esta pandemia, nos estamos na faixa dos 60 anos, mais estamos bem conservados, continuo jogando minha bolinha, faço academia, mantenho o corpo bem preparado, não é como antes, mais bem, dando uma andada, pois as academias estão fechada eu costumo dar a minha caminhada, umas corridinhas , nisso encontro o Célio que a muito não o via, conversamos e fomos andar juntos, ele estava viúvo morando sozinho, depois marcamos de andar juntos, ele pediu passa em casa, eu então perguntei tu ainda continua preguiçoso, vou ter que te acordar, ele riu, combinamos.

No dia seguinte eu passo lá, ele mandou eu subir, eu já imaginei será que ele vai estar com a rola dura, 60 anos, quando cheguei a mesma coisa, a porta estava aberta eu entrei, o safado deitado na cama, e com a rola dura, dava a impressão que havia engrossado mais, uma cabeça gigante, não estava dura como antigamente quando jovem, mais estava em pé, ele ficou com a mesma brincadeira, dizia vem deita aqui, ele pelado eu de calção, na verdade doido para tirar e cair de boca, mais meio receoso, ele insistindo e se punhetando, eu então disse tu e louco, eu sou casado, vai que aconteça você ficar falando por ai, ele respondeu tu acha que na nossa idade eu vou comentar qualquer coisa, ai não deu outra me abaixei e cai de boca, aquele cheiro de amanhecido com suor e mijo, nossa me deu mais tesão, chupei bastante, a rola ficou em dura, ele pegou um lubrificante passou na rola e no meu cu, eu de bruços ele foi penetrando aquilo tudo no meu cu, nossa fiquei louco, uma tesão de mais de 30 anos, eu estava dando o cu para o meu amigo Célio , nossa ele também metia com vontade, mandou eu ficar de quatro na beirada da cama e fodeu nossa mais fodeu muito, o tesão foi tão grande que gozei sem mexer no meu ´pau, foi uma das melhores gozadas da minha vida, depois fomos tomar banho, e no chuveiro eu chupei de novo a rola dele, ele ajudando na punheta gozou na minha boca, nossa que delicia, resolvi meu problema de frustração.

Depois saímos fomos andar e marcamos para o dia seguinte meter de novo, nesse dia cabei demorando um pouco a mais que o normal, minha mulher já preocupada, eu contei a ela que havia encontrado um amigo que não via a mais de 30 anos, o Célio, eu já nem lembrava mais que a tempos atrás eu havia comentado com ela do Célio e que comentei que o Célio era dotado, ela perguntou aquele que você comentou que ia acorda-lo e ele estava sempre de rola dura, eu disse e mesmo falei para você, ela disse sim falou.eu disse e este mesmo ela perguntou como ele estava eu disse esta bem, como nos, minha esposa também e uma cinquentona preparada, uma bunda linda umas pernas grossas, e adora sexo, faz tudo anal, oral, muito legal mesmo, e esta conversa mostrou muito interesse em saber do Célio me deu tesão, como eu já li vários contos onde o marido deixa a mulher foder com outro e o marido participa junto e o parceiro acaba metendo no marido na frente da mulher, fiquei excitado, mais esta e uma outra historia que vamos ver se vai se concretizar depois da pandemia.

Espero que tenham gostado, tudo isso e verídico mesmo, só que gosta sabe do que estou falando .

Um abraço e comente se quiser.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,38 de 8 votos)

#

1 comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Quero_Pau

    Esses 22 cm do Célio cairia muito bem no meu cu.
    Cara, gozar sem encostar no pau enquanto é enrabado é sensacional, eu adoro, mas o que eu gosto de fazer é gozar no pau do meu macho e chupar 😛
    Me escreva, vamos trocar idéias e falar muita putaria.
    [email protected]