#

Ela me dá um prazer fora do normal e eu adoro

1604 palavras | 1 |4.80

Anos atrás eu por causa do trabalho tive que ficar em Manaus em uma passagem de ano , mesmo sendo em um hotel cinco estrelas era um saco ficar longe de amigos e familia nessas datas, más foi nessa vez que minha vida mudou até hoje.
31 de dezembro 22 horas , eu encostado no bar do hotel onde ia ter uma festa de reveillon, bebia um whisk , e o local estava cheio , más do nada eu a avistei , e não olhei pra mulher nenhuma depois , uma beleza que eu nunca tinha visto, uma mulher cativante, sexy e deliciosa , incrivel como era gostosa, maravilhosa em um vestido tomara que caia , branco ,curto que deixava suas belas e roliças pernas a mostra , um sapato de um salto agulha fino e altíssimo que a deixava ainda mais sexy e deliciosa , e seus belos e grandes seios marcavam o tecido , era visível que estava sem soutien , seus bicos marcavam o tecido e suas tetas estavam ainda mais deliciosas.
Eu não tirava os olhos dela , ela rodava pelo local com amigos e sempre um cara , bem mais velho que ela a seguia , e numa dessas rodopiadas nossos olhares se cruzaram , ela parou e ficou me olhando , eu com o copo na mão ofereço a ela , ela abre um sorriso lindo e grande e vem até o bar , de perto era ainda mais linda , devia ter um metro e sessenta , uma boca carnuda e com o batom vermelho ficava ainda mais suculenta, parei e fiquei admirando aquela linda mulher, até que ela pergunta se ela ia ficar sem beber nada , e antes que eu respondesse ela pede um whisk com agua, nossa conversa flui muito rapido , e eu descubro que ela era comissária de bordo, morava em São Paulo também , 25 anos e totalmente solteira , como ela mesmo frisou , muitas risadas em nossa conversa , e ela me chama pra dançar , eu a olho e falo apontando pra o cara que a procurava , se o namorado não ia ficar bravo, ela me olha e fala novamente que era livre, e eu brinco que o cara estava louco pra ficar com ela , e ela responde de bate pronto , que ela escolhia com quem terminaria a noite , e fomos dançar.
Más dançar era o que menos a gente fez , nos agarramos , nos beijamos muito , e em um momento eu coloco minhas mãos na sua grande redonda e linda bunda , e percebo que não usava calcinha , senti um tesão enorme corrrendo em mim , ela fala no meu ouvido se eu tinha perdido alguma coisa , e eu falo que ela eram muito safadinha , e ela responde direto , e você esta adorando .
Bate meia noite , muita festa , e muitos abraços e beijos , e aquela que achei que seria uma noite chata virou uma delicia, e depois do primeiro brinde ela vai até os amigos e abraça todos , achei ali que a noite tinha acabado , e ela volta , me abraça e no meu ouvido fala que estava louca de vontade de trepar comigo , assim a seco e sem voltas , eu a olho e sorrindo falo que eu também esta alucinado de vontade, e fomos para o elevador , ela me fala que não dava pra ser no quarto dela pois estava com outras duas colegas , fomos ao meu , no elevador , nos beijando pego seu vestido e subo ele , até a cintura , e pelo espelho eu vejo aquela escultura , ela se vira e rindo pergunta gostou do que vê? eu a olho e falo adorei, queria tirar seu vestido ali mesmo , más seria loucura e nosso andar chega , e assim que entramos no quarto ela me joga na cama , e em pé tira seu vestido e fica nua , só não tira o sapato alto e pra que adora esse fetiche , quase enlouqueci , que corpo que tetas maravilhosas, ela chega perto da cama , abre minha calça e atira, tira a cueca e abre minha camisa , abre a bolsa retira uma camisinha coloca na boca , e chega perto do meu pinto que sentia dor de tão duro e coloca a camisinha com a boca , que loucura , nunca tinha sentido tanto prazer em colocar a camisinha assim , e ela sobe em cima de mim , e coloca sua boceta quase na minha cara , era uma escultura , toda depilada , carnuda , nem grande nem pequena , na medida certa , mas brilhava com o tesão que sentia , e apoiada na cabeceira da cama ela dobra os joelhos e aproxima sua boceta da minha boca , e eu começo a dar lambidas, e ela a gemer , até que eu abocanho sua boceta toda , chupava e lambia , seu clítoris durinho eu rodeava ele com a lingua e ela enlouquece , gemia alto e dava gritinhos deliciosos , sua respiração acelera e ela falava alto que não queria gozar ainda , e no limite ela sai da minha boca , fica em pé grita e aperta a boceta , e instantes depois senta em cima de mim , e pega meu pinto e encaixa em na entrada da sua boceta , e suavemente se abaixa, era como se sua boca me recebesse , sentia sua boceta se abrindo e me recebendo , deliciosa , e a cada mm ela gemia mais e mais , até que ela solta o corpo e eu a penetro até o fundo , nesse momento ela geme alto , e se reclina e me dá suas tetas , eu beijo e chupo seus bicos durinhos, ela fica a cada segundo com mais tesão , ela empina aquela buceta e eu levantando o quadril fazia meu pau sair de dentro dela e voltar a comer aquela delicia, ela geme , e enquanto eu me deliciava com suas tetas , e com sua boceta ela me olha sorrindo e fala que estava com peninha do coroa que estava com ela , estava ´sozinho louco de vontade de me comer , e eu a olho e falo vai lá dá esse prazer pra ele , ela vai adorar , ela me olha com um sorriso largo na cara e fala voce deixa , deixaria eu ir foder com ele de pois de foder com voce , eu a olho e falei , voce é livre e totalmente solteira não é ?.
Ela nesse momento senta em cima de mim e noivamente eu a fodia toda até o fundo , ela esfrega sua boceta em mim e grita que ia gozar , e pedia goza comigo , eu a fodia com força e ela gritava e gemia até que dá um grito e goza , eu gozo em seguida .
Ficamos ali atados por alguns minutos , até que ela sai de cima , me beija e levanta, eu a olho e ela abre um sorriso e fala voce é uma delicia cara , más como voce falou vou ali mesmo dar a alegria a aquele coroa bonito que estava louco de vontade de me comer e sai , eu não acreditava a safada realmente foi , que mulher louca e deliciosa .
Fui tomar um banho , más aquela mulher não saia da minha cabeça , e resolvi não descer mais pra festa , afinal ela era a festa.
Acabei adormecendo só de toalha e devia ter passado uma hora e meia , quando escuto batidas na porta , abro e era ela , com seus cabelos todo revoltos ela me olha e fala , e ai resolvi terminar a noite com voce , se voce me quiser ainda , eu a pego pelos braços e a puxo pra dentro do quarto , e a beijo , e tiro seu vestido , a jogo na cama e ela cai de pernas abertas , sua boceta maravilhosa me chamava novamente, ela me olha e sorri e eu pergunto e ai fodeu com o coroa deixou ele alucinado , ela me olha e fala , dei e ele me comeu bem demais, más voce é maravilhoso me fodeu como nunca nenhum homem me comeu , e quero mais , ela senta na cama e abocanha meu pinto , chupava de uma forma alucinante, abaixa a pele que cobre a cabeça e dava lambidas me deixando louca , e quando achei que não ia aguentar , ela segura na base do pinto e aperta , resisto ela se deita e fala vem , come minha boceta , vem sem camisinha quero sentir seu pau dentro de mim , não pensei mais , coloco meu pau na entrada da sua bocetinha e sinto ela mias gordinha inchadinha , afinal tinha fodido muito já nesta noite , más eu a penetro de uma vez só ela grita e esperneia , me xinga e fala que eu a estava estuprando , más pedia mais força , saia e voltava a penetrar fundo , ela me afasta e se vira ficando de quatro e fala vem garanhão come sua potranca por trás , que loucura que buceta era essa , a penetro e ela geme , grita e rebola no meu pau , e gemendo muito fala que ia gozar , levanta ainda mais a bunda e começa a gozar loucamente, e fala que eu goze dentro dela queria sentir a porra encher ela , não resisto mais e gozei , bem devagar fui saindo e vendo aquele nosso gozo escorrer de dentro dela, e acabamos apagando em um sono profundo, más antes ela se vira e fala meu nome é Rafaela , e eu falo meu nome a ela , Claudio.
Nesses sete ou oito anos que estamos juntos nunca a proibi de nada , ela continua voando e viajando muito, e minha porta esta sempre aberta a ela , e hoje ela esta ainda mais deliciosa , sem cobrança e sem amarras , e é assim que essa mulher me dá um prazer fora do normal .

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,80 de 5 votos)

#

1 comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder dudu safado

    tesão gozei com esse relato..