# #

Convidei dois meninos de rua

1280 palavras | 1 |3.43
Por

Olá pessoal ué saudades de vocês, estou de volta para mais uma louca aventura sexual, e olha vai ser uma coisa deliciosa que aconteceu comigo.

Tinha saído de casa para visita a Evelyn minha melhor amiga e companheira de sexo e Bruna que está aqui em casa foi comigo também, deixei o meu gatinho aos cuidados do meu marido pois ele estava bastante estressado com tudo isso e decidir irmos só nós duas e formos para casa de Evellyn, mais antes de chegamos na casa de Evellyn paramos no supermercado e compramos umas coisinhas para Evelyn e nisso apareceu dois garotos bem magrinhos pedido dinheiro.
– dona me dar um dinheiro.
Bruna respondeu.
– ah não tenho meninos.
E entramos no supermercado para fazer as compras, mais aquilo me tocou profundamente e não parava de pensar neles.
– acho que eu deveria ter dado alguns dinheiros para eles, não é Bruna?
Ela ficou calado e minutos depois ela se virou para mim e falou:
– bom deveria mesmo, mais tem que merece né mãe.
Olhei pra ela e responde:
– é filha e vão merece.
Ao termina as compras formos até o nosso carro e vir os dois meninos ainda pedido dinheiro, então chamei eles.
– ei meninos, venham aqui.
Os dois vieram correndo muito felizes.
– tá vou dar pra vocês.
E os dois ficaram bastante felizes, mais eu iria fazer um acordo com eles.
– mais com uma condição.
Um dos meninos perguntou:
– qual é dona?.
– que vocês dois viesse conosco até a casa da minha amiga.
Um deles cochichou no ouvido do outro e o menino mais esperto já sacou logo.
– dona o que a senhora pedir nós vamos fazer.
– tá bom então entrem no carro.

Dentro do carro começamos a conversa e descobri seus nomes e suas idades, um se chamar Pedro, tem 14 anos, moreno, magro, estatura alta, olhos castanhos, cabelos bem cortado e o outro se chamar Theo, tem 12 anos, magro, estatura médio, olhos castanhos, negro.

Segundo o que eles me falaram eles são irmãos, pai alcoólatra e a mãe não trabalha, eles não estudam e precisa pedir para ajudar a mãe, conversa vem e conversa vai até que chegamos na casa da Evelyn.
– dona que cada é essa?, O que a senhora vai fazer conosco dona?. Perguntou Pedro preocupado com a sua segurança.
Olhei para trás e responde:
– uma coisa que vocês vão amar e nunca mais vai esquecer.
– vamos lá meninos. Disse Bruna toda animada.
Então nós quatro sairmos da carro, apertei a campainha e Evelyn ao ver que tínhamos chegados com visitas ficou surpresa.
– quem são esses amiga?.
– bom este é o Pedro e o outro aqui é o Theo, encontramos eles no supermercados e vieram para diversão.
Evelyn analisou eles e vir a empolgação dela.
– então entram, pode ficar avontade.
Nós quatro entramos e os meninos logo ficaram encantados com a casa da minha amiga elogiou bastante, pedir para que eles ficassem na sala e esperassem pois iria ter uma recompensa para os dois, sairmos da sala e fomos para a cozinha e ficamos conversando sobre o que iríamos fazer e concordamos que iríamos nos divertir muito.

Formos ao quarto de Evelyn e Bruna e eu tiramos as nossas roupas e Evelyn colocou sua calcinha fio dental vermelha que deixou ela bem gostosa, vestimos os nossos roupões e formos até a sala, ao chega lá Bruna sentou do lado do Pedro e eu do lado do Theo, eles ficaram meio sem entender e Pedro se levantou dizendo que já ia embora então Bruna impediu dizendo.
– vocês não querem o dinheiro meninos.
Então Pedro se sentou calado.
– bom queremos algo em troca de vocês dois. Falou Evelyn no tom sensual.
– e o que é? Perguntou Pedro.
Então Bruna e eu levantamos e nós três juntas abrimos o nosso roupão e na hora os meninos ficaram espantados como não acreditado no que estava vendo bem na sua frente.

Nesse momento Bruna foi em direção ao Pedro e eu fui em direção ao Theo sentando de frente para ele e beijando sua boca, Bruna e Evelyn começaram o show beijando Pedro todinho e baixando seu calção mostrando sua rola dura.
– huumm já está me desejando gatinho. Disse Bruna toda fogosa.
– nunca tinha transando com uma gata como vocês. Respondeu Pedro.
Evelyn e Bruna começaram a chupa a rola do Pedro e eu fiquei brincando com o garotinho, beijando a sua boca e fazendo com que ele mamasse nos meus peitos hhuumm delicia de mamada, depois eu levantei e sentei de frente na cara dele fazendo com que ele lambesse minha buceta, comecei a revira meus olhos e do outro lado Evelyn e Bruna estava dividido o pau do Pedro até que Evelyn não aguentou virou de costa, pegou na rola do Pedro e sentou gostoso naquela piroca, Evelyn começou a pular gostoso e Bruna veio até mim e sentou no colo do menino, depois olhou pra mim e perguntou.
– e aí mãe tá gostoso aí?
Revirando meu olhos e ofegante responde:
– tá uma delícia.
– também quero experimentar mãe.
– tá venha
Sair de cima do Theo deixando o lugar para a Bruna e vir ela sentando gostoso na cara do menino.

Enquanto isso Evelyn não parava de calvagar ouvir seus gemidos e Pedro dava tapas na bunda dela chamando a de cachorra vagabunda, minutos depois Evelyn saiu de cima dele dando lugar para mim, fiquei de frente pra ele ajeitando sua deliciosa rola coloquei bem perto do meu cuzão enorme e sentei gostoso, então comecei a pular e fui calvagando mais e mais até fazer barulho e deixando Pedro maluco e Evelyn foi se diverti com o Theo fazendo ele deita no chão e ela senta na cara dele e minha filha sentou na barriga dele mais não com muito peso, eu estava divertindo pulando e gemendo naquela rola jovial fiquei ali minutos e não queria mais para até que a minha filha decidiu estraga a festa.
– mãe é a minha vez tá.
Sede o lugar para ela e Bruna sentou gostoso, eu fui até o Theo brinca com ele de cavalinho e foi divertido pois ele foi um bom cavalinho deixando eu e a Evelyn calvagar em cima dele, fizemos até o 69.

Bruna não parava de calvagar ela estava louca e gemendo alto falando o nome do Pedro foi demais ver a minha menininha daquele jeito, se divertindo em cima de uma rola gostosa, os dois fizeram várias posições tudo que vocês imagina eles fizeram até que Pedro não aguentou e gozou dentro do cu da Bruna, ela amou ficou toda suada e os dois desabaram no chão e nisso Evelyn foi correndo e sentou na cara do Pedro.
– vamos Pedro quero mais amor.
Disse Evelyn decepcionada.
Mais infelizmente não deu então continuamos brincando com o Theo, fazendo ele de sofá e minha filha sentou na cara dele colocando toda aquela porra para fora bem na boca dele, foi delicioso.

No fim pagamos eles e foi uma quantia justa e os dois ficaram felizes da vida e disse que iria guarda segredo e querer mais ( só que não meninos), e Bruna saiu satisfeita e com o cu arrombada e Evelyn queria mais então decidimos chamar um entregador de pizza que transou com ela e comigo kkkk.

Tchau pauzudos gostosos.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,43 de 7 votos)

Por # #

1 comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Eu casado

    Que delicia de conto, poderiam me encontrar próximo ao supermercado também né, kkkk…
    [email protected]