#

A aluna com síndrome de down – Parte 3

873 palavras | 9 |3.90
Por

Leiam os contos anteriores para compreender e não liguem para os erros de português.

Sophia tinha recebido a minha carga toda de porra no útero dela, eram 4 dias guardados, sinal de que a chance de gravidez era de uns 90%. Que loucura, o que eu deveria fazer, essa era a maior dúvida que eu tinha. Era hora de mover os pauzinhos antes da merda feder.

Eu que estava na cama até às 9h dei um pulo da cama e comecei a me exercitar para pensar melhor, depois fui pegar o celular e ver as mensagens do dia anterior. Nele haviam fotos e vídeos da Lúcia – a como ela é gostosa – e mensagens carinhosas da Sô. Ela era uma fofa, mesmo com sua limitações conseguia me encantar com seu jeitinho gostoso de agir.

– Professor – disse ela na mensagem – agora que o senhor vai namorar minha mãe eu vou poder tomar o leitinho de menina bonita todos os dias?
“Ah, tem que colocar mais dentro da minha florzinha porque ela parou de chorar leitinho. Ela gostou muito, então se puder colocar mais lá dentro eu vou gostar também”.

Ouvindo aquilo meu pau quase rasgou a cueca, tinha que dar um jeito de ter as duas para mim.

Peguei o telefone e mandei uma mensagem para a Lúcia avisando que passaria em sua casa depois da aula, que não saísse para lugar nenhum pois hoje eu iria acabar com ela. E foi o que eu fiz, cheguei às 19h, dei um beijinho na Sophia e arrastei Lucia para o quarto deixando a porta aberta para que Sô pudesse ver.

Sem dó eu descarreguei todo tesão que aquelas duas haviam me causado nela, foi uma foda de tirar o fôlego, mas nada de eu gozar. Lucia já estava na 5ª gozada quando olhou para a porta e viu Sophia com a saia levantada e se masturbando como eu havia ensinado.

– Filha, sai daí. Lucia tentou se levantar mas a prendi forte e voltei a foder com mais vontade ainda.

– Não mamãe, tá gostoso.

– Deixa a menina assistir, ela tem que se acostumar.

– Não pode Edu, ela é muito inocente, isso pode atrapalhar ela.

– Não mamãe, o professor fez comigo ontem. Só estou achando ruim ele dar pra senhora o meu leitinho de menina bonita.

– Não seja por isso princesa – disse já explodindo de excitação – fique pertinho, quando eu for gozar você puxa da mamãe e coloca na boca.

Comecei a foder Lúcia com tanta força e vontade que ela se desligou da filha e começou a curtir, ainda mais quando meto o dedo no grelo dela e me aproximei do seu ouvido para falar o que ela precisava ouvir.

– Quando eu falei que queria vocês duas para mim não estava mentindo. Agora não tem mais crises, agora tem um macho para dar o leitinho da minha putinha, leitinho que acalma a bucetinha dela. Para a mamãe tem o leitinho que deixa ela cheinha.

Nessa hora Lucia olhou para trás, naquela posição de 4 em que eu a mantinha e quis falar algo, mas apertei seu grelo e novamente voltei a socar forte até soltar dois jatos dentro dela. Gritei de tesão na hora em que gozei, eu tava pronto para deixar tudo nela quando Sô puxou de dentro e começou a mamar.

Não achei que um gozo poderia se renovar no meio do caminho, mas foi o que aconteceu. Consegui encher a boca dela de porra, foi muita mesmo, a ponto de escorrer pelos cantos da boca e ela ter que buscar com o dedo.

Lucia que estava deitada de barriga para baixo e com as pernas bem abertas, descansando da foda intensa que acabamos de ter não viu quando a filha se aproximou dela e começou a chupar sua buceta.

– Mamãe, o professor fez isso comigo e eu achei gostoso, então resolvi fazer na senhora também. Até porque tem muito leitinho escorrendo da sua florzinha, igual ficou na minha ontem. E eu não quero desperdiçar nenhuma gota pois é muito gostoso.

Nessa hora Lucia levantou e olhou na minha cara com espanto.

– Você gozou dentro dela ontem? Por quê não deu na minha boca ao invés de fazer isso.

Não deu tempo de responder, a Sô saiu de onde estava e se jogou encima da Lúcia e começou a beija-la na boca com vontade.

– Mamãe, se a senhora queria tanto o leitinho do professor era só me avisar. Peguei o restinho que estava na minha boca e passei para a sua. É pouco, mas já não vai deixar asenhora com vontade

Gente, onde eu havia me enfiado. Uma puta carente e totalmente submissa e uma ninfeta de 20 anos que me enche de tesão com sua inocência.

Quero ver no que vai dar isso daqui a alguns dias, pois a Sô deve engravidar e a situação toda vai ficar bem diferente

Telegran @negroeamor
[email protected]

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,90 de 29 votos)

Por #

9 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Negroeamor

    Meu telegran pifou, o novo é @negrotop, me chamem

  • Responder Caçador

    Minha vizinha tem duas pequenas uma delas tem SD, SEMPRE q a mãe delas sai elas vem pra cá, e comecei a comer a normal que tem 13, e gozava na boca da que tem SD. Não vejo a hora de comer a que tem SD, ela já tem 11, quero gozar dentro dela.

    • Negroeamor

      Meu telegran pifou, o novo é @negrotop, me chamem

  • Responder Ugly

    Mulheres com sindrome de down,engravidam sim

  • Responder athos

    Hum delicia vamos foder estas duas e quando tempo passar e a filha ja tiver idade quem sabe…

  • Responder Anônimo

    Onde eu vejo as partes 1 e 2…

  • Responder pena

    fui num casamento na roça e fiquei de pau duro dançando com uma gostosa,disfarcei e fui no banheiro ai entrou uma garotinha e do nada me chupou, depois fiquei sabendo da sindrome dela.nao dei se faria sabendo antes.

  • Responder Mr.M

    Mulheres com síndrome de down não engravidam

  • Responder Suzi

    Leitinho corporal composto de água, espermatozóides, fructose e outras enzimas. Alguns tem nojo do cheiro, ou porque tem gosto de qboa, ou porque tem medo de pegar alguma coisa, ou porque sentem refluxo, ou ânsia de vômito…
    Cerveja e cigarro esse leitinho fica amargo.
    Muita açúcar, docinho.
    Tem pessoas alérgicas.
    Pesquisas mostram que possui efeitos anti- stress e antidepressivo, além de ajudar a combater a pré eclampsia quando a gestante ingere o sêmen do pai do filho.
    Continue fornecendo leitinho!
    Bom demais!!!