#

Minha enteada e sua brincadeira entranha III

565 palavras | 13 |4.27
Por

Ficou um vício de Aninha, sentar no meu pau e gozar, eu não dispensava já esperava ela nu, e ela já vinha sem calcinha, isso tornou rotineiro, obrigação de todos os dias, essa brincadeira de esfregar durou um ano, mais sempre eu dava uma forçadinha quando gostava o momento enquete o pau estava mais fino e mole, ela as vezes fazia cara de dor mais foi se acostumando, e a vendade que quando percebi o meu pau já estava todo dentro dela, mais SEMPRE depois que gosava e o pau melado, então resolvi foder ela de verdade com o pau dentro desde o começo, levei um gel pra cama e assim que minha mulher estava se vestindo pra ir trabalhar eu fui ao banheiro e passei o gel no pau é me deitei assim que a porta bateu Aninha chegou e foi pulando em cima de mim, dei um jeito é embiquei o pau no canal de sua bucetinha, quando ela tentou esfregar para,trás o pau entrou todinha de uma vez, ela quis suspender o corpo e eu segurei e pedi para ficar quieta, depôs de um tempo comecei a movimentação de vai e vem, e Aninha começou a se soltar e começamos a foder de verdade, Aninha ficou viciada e começou a dizer que eu era seu namorado, ela já estava com 13 anos tomava remédio pra evitar gravidez e eu tinha ciúmes dela, a coisa estava fugindo do controle, uma dia minha mulher saiu pra trabalhar e Aninha veio para meu quarto é pegou meu pau e meteu na sua bucetinha, só que minha mulher esqueceu não sei o que é voltou pra pegar, e fragou Aninha cavalgando gostoso no meu pau e gritando aí gostoso, ela ficou uns 5 minutos espiando, quando vi ela falou bonito né sua putinha safada é você seu filha da puta arruma tuas coisa e vai embora vou te dar meia hora pra desaparecer da minha vista se não vou a polícia te denunciar.
Arrumei minha roupa e fui embora, aluguei um kit net e tentei concertar minha vida.
Três dias depois minha mulher me ligou dizendo que Aninha estava todos esses dias sem comer é dizendo que queria morrer, pediu pelo amor de Deus que eu fosse ver Aninha, fazer ela comer, fui boca da noite, assim que cheguei minha mulher saiu e disse faz o possível pra minha filha comer, fui por quarto de Aninha , assim que ela me viu perguntou você veio me buscar, disse não Aninha quero que você se alimente, voce e linda e merece ter uma vida saudável. Aninha se alimentou pouco tempo depois a mãe dela chegou, eu Aninha falou pra mãe olho mãe eu vou embora com o Jorge sem ele eu não quero viver, então minha mulher pediu pra eu voltar e fazer vida com Aninha, mais que com ela não íamos fazer de conta mais que minha mulher era Aninha, eu disse que não então ela ameaçou de ir a polícia novamente, voltei pra casa e passei a viver com Aninha, isso já faz 10 anos e Aninha tá grávida, a mãe voltou para a sua Cidade Natal e vive junto com um negão de 25 anos
Eu e Aninha vivermos felizes

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,27 de 49 votos)

Por #

13 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Nina

    O conto começou bem…. mas o final que lixo kkkkk

  • Responder Matheus

    Perdeu a mão.
    Ou melhor, se enrolou na mentira.
    Ruim demais da conta.

  • Responder Mikhail Slavov

    Foi trocado por um negão De 25 anos KKKKKKKKKKK caralho eu vim bater punheta e acabei rindo horores

    • Renata

      Kkkkkkkk

  • Responder Marcos

    gostei muito

  • Responder Rafaella

    Muito bom.

  • Responder Anon

    Kkkkkkkkkkk esse final me fez rir a mãe vazou com um negão e abandonou a filha kkkkkk

  • Responder Nicole

    Que delícia de conto… Meu sonho poder ver meu marido comendo minha filha e fazendo dela sua putinha

    • Admirador do Amor

      Queria eu ter uma esposa como você.!!

    • Holesmoke

      Chama no tele @holesmoke

    • Luis

      Oi queria poder casar com um puta para ela poder me dar um par de chifres. Seria uma delicia se eu fosse o padrasto ,,,,,

  • Responder Ack

    Essa continuação ficou horrível

  • Responder Ze

    Final babaca