#

Sem Minha Pequena Taradinha

340 palavras | 9 |3.83
Por

Beleza, guys? Aqui é a Nena de novo, mas dessa vez não é pra contar mais uma das minhas aventuras com minha sobrinha Bia e sim explicar o pq parei de contar o que acontecia entre mim e ela.
As coisas estão muito tensas na minha família. Minha irmã acabou descobrindo o que eu e a Bia fazíamos, foi flagrante, então não tive como negar. Eu e a Bia imploramos pra ela não contar pra ninguém, pedimos até pelo amor de deus e ela não contou, a não ser talvez pro marido dela, não tenho como saber pq não estamos nos falando mais. Minha mãe e ela brigaram também pq minha mãe queria que ela voltasse a falar comigo ou desse uma justificativa plausível pra ter parado de falar. Toda reunião de família tem sido um climão desde então, quer dizer, pelo que eu sei tem sido. Eu não consigo mais ir, ver minha pequena taradinha de longe e não poder falar com ela, abraçá-la. Eu via que ela também tá sofrendo sem mim e sente minha falta, ela até emagreceu bastante.
Minhas notas da facul tão despencando, minha cabeça tá um caos, eu comecei a beber toda vez que tenho dinheiro ou quando arrumo alguém pra me bancar. Tá tudo horrível.
Não era só sexo pra mim, eu me apaixonei por aquela criança, me dei de corpo e alma pra ela assim como ela se entregou a mim. Nada na minha vida foi mais doloroso do que perder ela, nada poderia chegar nem perto dessa dor. Comecei a fumar, o que me mantinha calma no começo, mas agora nem isso funciona e eu fiquei viciada nos cigarros.
Tentei contar isso aqui várias vezes, mas sempre que tentava começava a ter um ataque de choro, agora estou chorando, mas pelo menos consegui escrever até o final. Espero que entendam.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,83 de 18 votos)

Por #

9 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Marcelo o tesudo

    Sua irmã é mente fechada. Não esquenta sua cabeça. beijos e mehoras

    • Ana Lu

      Olha Eu super entendo sabe
      Mas é esperar, esperar a Bia crescer e escolher
      Você tem que tá sã por ela

  • Responder Salvatore Uchôa

    Boa tarde!
    Compreendo você perfeitamente, e percebo o quanto estás sofrendo.
    Estou escrevendo essa mensagem apenas pra dizer: Que tudo ficará bem, hoje apesar de ainda te fazer sofrer…as coisas já estão bem melhores que no dia que aconteceu o fato.
    Por isso mantenha-se com muita sabedoria porque no amanhã, tudo ficará melhor ainda.
    Desejo sucesso para você, e que tudo logo se resolva.
    Um grande abraço, com atenção e carinho.

    • Tia Nena

      Obrigada pelo apoio
      Espero que um dia melhore realmente pq agora eu to um lixo, meu coração tá partido em tantos pedaços que nem sei se dá pra colar todos. É claro que eu sinto falta do sexo, mas eu queria pelo menos saber se a Bia tá bem, como tá a escola, dá um abração bem apertado nela e dizer que ela é a criança mais linda e esperta do mundo.
      Eu luto todo dia comigo mesma entre dizer “começar tudo isso foi um erro, se não tivesse chegado a esse ponto ela ainda estaria na minha vida como uma sobrinha amada” e o outro lado que diz “cada segundo que passei com a Bia foi maravilhoso e por mais que doa agora eu não trocaria essas lembranças por nada”. E por mais que seja verdade que todos os dias com ela foram maravilhosos, continua sendo uma dor alucinante.

  • Responder Anônimo

    Vai te tratar menina… bagaço humano

    • Tia Nena

      Eu não posso nem me sentir ofendida, eu to mesmo um bagaço
      Eu só quero minha vida de volta perfeitinha do jeuto que era antes

  • Responder Eu

    Sei como é, fazia isso com minha prima de mesma de uns 8 anos e fui descoberto, hoje é complicado, não vou a festas na casa dela nem nada disso… Foi difícil mas vc supera, se quiser conversar manda email p mim [email protected]

    • Tia Nena

      Talvez um dia eu supere, mas o meu peito parece que tá dilacerado agora e cada novo dia é uma facada a mais no meu peito longe dela

  • Responder Muzzy

    Se for verdade mesmo, eu lamento por vocês. Espero que entenda a gravidade do que fazia e que sua irmã realmente te perdoe. Boa sorte!