# #

Meu melhor amigo – parte 1

461 palavras | 0 |3.40
Por

Começamos a conversar e depois quando percebi estava batendo uma punheta para ele. Logo acabei pagando um boquete….

Ola a todos. Tenho lido muito os contos daqui e resolvi escrever. Esse conto é real e tudo que irei relatar aconteceu de verdade. So irei mudar os nomes.
Desde pequeno tenho um amigo, Sandro, e sempre dormiamos um na casa do outro. Sempre ficavamos acordado de madrugada conversando sobre tudo, ouvindo musica e sempre vendo filme porno. Tinjamos por volta dos 14 anos, e um dia ele começou a me contar que um colega dele havia dito que uma vez tinha batido uma punheta para o primo, e esse meu amigo ficou com aquilo na cabeça e me perguntou o que eu achava. Eu disse que nao via nada demais, e ele perguntou se eu queria tentar. Meio sem jeito aceitei, ficamos pelados sentados na cama muito sem jeito um pegou no pau do outro e começamos uma punheta bem devagar. Depois tentamos nos organizar, um batia pro outro sozinho e depois era a vez do outro. Eu bati pra ele primeiro. Era quente, bem duro, e aquilo me chamou atenção pois gostei. Logo ele mesmo terminou a punheta e gozou. E depois foi a minha vez. Como sempre demorei, o braço dele cansou e eu terminei sozinho e fomos dormir.
No outro fim de semana ele foi la pra casa novamente, e conversa vai conversa vem, iniciamos a punheta e eu fui nele primeiro. Dessa vez ele pediu pra eu passar um pouco de saliva no pau dele pra ficar melhor, e lambi minha mão e passei na cabeça do pau dele mas nao adiantou muito e ele disse: ” da uma chupada logo”. Aquilo me causou espanto mas fui devagar aproximando a boca do pau dele. Meio de lado e sem jeito. Senti aquele cheiro de pau, e gostei muito. Decidir me ajoelhar na frente dele e me lembrei de como era nos filmes porno que viamos e tentei fazer igual. Fui botando o pau na boca e que delicia que era. Bem duro e macio ao mesmo tempo e eu tentava engolir todo e passei a lingua na cabeça do pau dele e ele meio desesperado me falou:” se fizer isso vou gozar”. Nao resisti e fui lambendo a cabeça daquele pau gostoso e nao demorou ele anunciou qie ia gozar e eu parei. Ele gozou no lençol sujo que estava jogado no chão. Eu fiquei com aquilo na cabeça e queria mais. E assim foi meu boquete. No outro fim de semana foi a mesma coisa, so que dessa vez chupei ate ele gozar na minha boca, como gozou muito acabei cuspindo, o qie depois me arrependi, pois beber porra é muito bom.

Espero que tenham gostado, no proximo vou contar como ele me enrrabou pela primeira vez.

Vibradores com 19% de desconto na Vibrio!

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,40 de 25 votos)

Por # #
Comente e avalie para incentivar o autor

Nenhum comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos