#

Indo mijar na mata

431 palavras | 4 |4.04
Por

Me chama Sara,sempre fui muito levada e mt safada,lembro que ainda na minha infância cheguei a mamar meu vizinho de 30 anos e na escola cheguei a quase dá pra um professor também

Pois bem,isso aconteceu em 2010,eu tinha 13 anos na época e era uma vesta junina,estavamos numa rua mt movimentada festejando,derrepente eu tenha uma enorme vontade de mijar

Como nao tinha banheiro próximo,fui ate a mata mijar,andei demais ate chegar e quando cheguei próxima de uma árvore tinha um homem mijando la,ele não podia me ver mas eu podia vê-lo

Era um homem branco e alto,tinha um corpo mt bem malhado e seu pau era enorme,ja tinha visto uns mas não dakele tamanho,eu fiquei uns instantes la apreciando akele puta homem

Derrepente ele para de mijar e olha em direção,eu corri e ele veio atras de mim,e antes de eu sair da mata ele me alcançou,estava totalmente bebado e disse
“vc viu meu pau safadinha,quer ele ?”
Eu na hora neguei,mas por dentro eu queria chupar akele pauzao todinho
Ele leu isso em meu olhar e me ajoelhou na direção delee sacou akela jeba dura
Me pegou pelos cabelos e forçou minha boquinha,nunca eu tinha sentido uma pressão como essa,eu pensei em morder lo mas ele estava mt eufórico era capaz de ele me bater então deixei ele me usar

Ele tirava e botava akele caralho gostoso da minha garganta,na hora eu estava preocupada com minha mãe
Que não podia imaginar que eu estava na mata mamando um desconhecido
Então eu fui acelerando o serviço,conforme ele socava na minha garganta eu alisava suas bolas e quando ele tirava seu pau da minha boca eu lambia sua panturrilha,para faze-lo gozar o quando antes

Mas ele nao gozava,eu ja estava desesperada

Ate que ele gritou “aaaaa eu vou gozar sua safada”

Mas o malandro foi esperto e Então ele rapidamente me botou d4 e foi enfiando na pressa na minha bundinha,ele gozou litros no meu cu(na epoca eu era bem magrinha e uma bundinha redonda) ele então tinha facilidade em me controlar,eu estava quase desmaiando na pica dakele homem,quando seu celular que estava no chao dentro da calça toca e ele nao atendeu,mas sabia que era urgente,gozou na minha cara e foi embora

Nunca mas eu vi o homem,mas foi uma noite incrível

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,04 de 28 votos)

Por #

4 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Velhinho

    Delicia

  • Responder Anonimo

    Dlç… fiquei com o pau muito duro e babando lendo sua história. Meu maior fetiche é botar uma novinha pra mamar no mato

  • Responder Wini Sanchez

    Que delícia de conto
    Me chama no telegram
    winisanchez

  • Responder Rafaella

    Vai Sarinha.