# #

Fiz meu pai me comer

2621 palavras | 39 |4.62
Por

Oi meu nome é Juliana e vim contar pra vocês como eu fiz meu pai me comer. Tenho 17 anos, 1,56, sou bem branquinha com cabelos pretos e lisos, tenho uma bunda grande e empinada, coxas grossas e peitos pequenos.
Isso tudo aconteceu ano passado quando eu tinha 16 anos… Eu sempre fui muito safadinha desde de criança, aprendi a me tocar muito cedo e por ser filha única era uma criança muito sozinha então logo aprendi a me divertir sozinha haha.
Bom vamos a história, eu com 16 anos tinha um namoro de 1 e alguns meses, estudava de manhã e trabalhava como jovem aprendiz na parte da tarde. Eu descobri ano passado sites de contos eróticos e os incestos (principalmente de pai e filha) eram os que mais me chamavam atenção, eu nunca tinha reparado em meu pai de modo sexual, mas lembro que sempre fui muito apegada a ele, gostava de receber seu carinho, de ficar no seu colo e lembro que quando criança adorava brincar de cavalinho em seu colo ou na perna, sentia uma sensação gostosa, como eu disse sempre fui safadinha.
Eu fiquei tentada a chamar atenção do meu pai, pois sempre me excitava com esses contos e comecei a reparar em meu pai, ele não é um homem feio, mas também não é bonito, sua pele e morena, não é magro nem gordo e alto tem seus 43 anos, o tipo de homem que não me atraia mas começou a me excitar, gostava de masturbar imaginando situações sexuais com meu pai e gozava muito, fiquei tão pirada com isso que acabava sonhando com meu pai me masturbando, me fudendo e chupando, acordava molhadinha e corria minha mão na siririca e gozava bem rápido
Meu pai trabalha das 13h as 22h, e minha mãe das 07h as 16h, ou seja a vida de todo mundo nessa casa é corrida, todo mundo trabalha, e todo fim de semana eu vou pra casa do meu namorado, vou sexta a noite e volto domingo a noite, algo que meu pai odiava mas minha mãe dizia que eu já era uma garota independe que trabalhava, estudava, merecia minha liberdade.
Comecei a tentar seduzir meu pai a noite quando ele chegava, depois que ele jantava ele gostava de assistir um pouco de TV então eu aproveitava esse momento pra sentar em seu colo e receber seus carinhos na minha barriga, um toque inocente que já me deixava excitada, passei a me inclinar propositalmente com shortinhos de pano bem curto na sua frente eu percebia seus olhares discretos mas não parecia nada malicioso, isso já ia me deixando frustrada, eu me sentia culpada por desejar tanto meu pai, era tão errado mas parecia tão gostoso. Em uma noite de sexta-feira inventei para o meu namorado que ia estudar e só ia pra sua casa no dia seguinte de manhã, sexta é o dia que minha mãe se sente mais cansada por trabalhar a semana inteira e sexta fazer faxina então antes das 22h ela já tá capotada na cama e não acordava nem com reza brava, eu aproveitei que meu pai gostava de assistir filmes e fui assistir junto com ele, tava com um baby doll curtinho sem calcinha e sem sutiã, marcando minha minha buceta gordinha com o tecido fininho , decidi assistir filmes junto com meu pai que quando me viu com o pijama seu olhar foi discretamente pro meio das minhas pernas e quando eu sentei de lado em seu colo minha rachinha ficou mais evidente, sorri por dentro e me aconcheguei em seu colo sentindo seus carinhos na minha barriga, tava tão excitada que abri um pouquinho minhas pernas e seu carinho foi para uma das minhas coxas, ele acaciava e subia até a parte interna perto da minha virilha e descia, nessa altura minha buceta piscava de tesão, mas ele parecia tão interessado no filme e ficou só nisso durante o filme inteiro, ele quis assistir outro filme, foi quando eu tive uma ideia enquanto o outro filme passava eu comecei a fingir que estava com sono, então eu falei:
-Papai deixa eu dormir um pouco no seu colo?
Ele respondeu
-Se está com sono pode ir pra cama minha filha.
Eu respondi
-Mas é só um cochilo, quero continuar vendo filmes
Ele disse
-Ta bom então, pode dormir um pouquinho no colinho do papai.
Falou beijando minha buchecha várias vezes me fazendo rir e senti tesão da sua barba me espetando. Me virei de frente em sem colo com uma perna de cada lado aconchegando minha bucetinha em cima do seu pau coberto apenas por um samba canção, comecei a fingir me ajeitar enquanto papai fazia carinho em minhas costas, quando eu relaxei em seu ombro fingindo estar dormindo senti seu pau esdurecendo fazendo eu ficar mais molhada do que já tava, seu carinho nas minhas costas continuava e já decia levemente na minha bunda, até quando ele achou que tinha certeza que eu estava “dormindo” desceu suas duas mãos para minha bunda apertando levemente me fazendo encostar mais em seu pau duro, reprimi gemido com força nesse momento, ele apertava minha bunda me fazendo grudar em seu pau que nesse momento tava aconchegado bem no meio da minha bucetinha, eu sentia que a minha excitação escorrendo fazendo eu ter certeza que ele estava sentindo, tanto que ele me apertou com mais força me fazendo esfregar em seu pau e soltou um suspiro, sabendo que ele sentia minha excitação continuei com os olhos fechados e comecei a me movimentar pra frente e pra trás soltando uns suspiros, suas mãos apertavam minha bunda fortemente me incentivando a me esfregar mais forte, eu nem acreditava que isso estava realmente acontecendo mas queria aproveitar o momento, continuei me esfregando cada vez mais forte não controlando mais os gemidos que saiam da minha boca, meu pai era só suspiros pesados, ninguém falava nada, era apenas gemidos, eu me esfregava com força e vontade, sentia minha buceta piscar e molhar cada vez mais, seus mãos apertando minha bunda me deixando cada vez com mais tesão, até que tudo começou a ficar rápido, mais quente e urgente, dois loucos para gozar eu gemia em seu ouvido, eu sentia o prazer crescendo dentro de mim até que levante a cabeça do meu ombro apoiei minhas mãos em seus ombros e me esfreguei forte rápido como uma puta, ainda com os olhos fechados, até meu orgasmo veio forte me fazendo precionar cada vez mais minha buceta em seu pau e ouvi um gemido rouco do meu pai anunciando que ele também havia gozado, me joguei em seu ombro com as respiração descompassada e logo a adrenalina passou e o silêncio reinou, meu pai levantou comigo no colo, entrou no meu quarto e me colocou na cama e saiu, assim mesmo sem nenhuma palavra, assim que ele fechou as portas, tirei minhas roupas rapidamente abrindo as pernas e tocando minha buceta inchada e toda gozada rapidamente, fiquei assim o resto da noite, me tocando e gozando lembrando do meu momento gostoso com o papai.
No dia seguinte sai bem cedo pra ir pra casa do meu namorado, eu me sentia extremamente culpada por aquilo ter acontecido e principalmente por desejar tanto meu pai, me sentia traindo minha mãe e o Mateus(meu namorado) mas sabia que eu tivesse a oportunidade eu faria de novo porque meu o tesão que eu sinto pelo meu pai é insano.
O fim de semana passou cheguei em casa domingo a noite, meus pais não estavam em casa, tinham ido pra um barzinho com amigos, então eu me aproveitei pra me tocar em cima do sofá onde tudo aconteceu.
No dia seguinte meu despertador tocou as 6h, ouvi o barulho da chuva e abri um pouquinho a janela, vendo o mundo cair decidi que não ia pra escola e voltei a dormir. Acordei sentindo mãos passando pelo meu corpo, sabendo quem era, não abri os olhos e deixei o papai me tocar como quiser, suas mãos passavam pelos meus seios dando leves apertadas para não me acordar, descia as mãos pela minha barriga, até chegar na minha bucetinha coberta por shortinho de malha sem calcinha, sua mão passou a me acariciar meu grelinho e eu sentia uma vontade enorme de gemer, até abri um pouquinho minhas pernas ainda fingindo que estava dormindo, mas sabia que ele sabia que eu estava acordada pois pressionou a palma da mão em minha buceta com força me fazendo gemer, então ele tirou a mão e saiu com pressa do meu quarto, me fazendo abrir os olhos e suspirar frustrada, levantei olhei a hora que era 08h da manhã ainda, me fazendo ter umas ideias, fui tomar banho, me negando a me aliviar mesmo morrendo de tesão, coloquei uma camiseta baby look que ficava apertadinha em mim sem sutiã e uma calcinha box, sai do quarto indo pra sala encontrando meu pai de apenas samba calção, fazendo minha buceta contrair contra o nada.

– Bom dia pai!
Falei
Ele olhou parecendo constrangido e correu os olhos pelo meu corpo.
– Bom dia minha filha, por que não foi pra escola hoje ?
Falou de modo repressor, fingindo que nada aconteceu.
– Tava chovendo muito quando eu acordei, decidi faltar.
Respondi dando ombros e indo sentar no sofá.

Estava tentada a provocar e não escondeu mais meu desejo, sentei encostada do braço do sofá, fiquei sentada meio deitada com as pernas abertas e o olhar do meu pai foi pra minha bucetinha bem marcada por causa que a calcinha box era bem apertada, fingi não perceber o seu olhar em meu corpo e comecei a passar a mão pelo meus seios discretamente fazendo os biquinhos do meus seios ficarem acessos, ainda sentindo o olhar do meu pai em mim, descia a mão pra minha buceta começando a acariciar por cima da calcinha, olhei pro meu pai e ele estava olhando incrédulo pra minha ação, acho que ele não pensava que eu pudesse ser tão safada, comecei a fazer movimentos circulares em meu clitóris, vendo o pau do meu pai crescer e ficar em aparente em seu samba calção.

-Juliana, o que você está fazendo? Eu sou seu pai, você tem que me respeitar.
Meu pai falou tentando parecer bravo, porém estava tão excitado quanto eu, sua voz estava rouca.
Sem parar de me masturbar eu respondi
-Você não parecia ligar muito pra isso, enquanto me tocava hoje cedo.
Respondi cínica com um sorrisinho no rosto.
-Isso é tão errado.
Meu pai falou com culpa.
-Mas é tão gostoso.. o proibido não te excita papai ?
Falei safada.
-Juliana…
Meu pai me repreendeu.

Levantei do sofá, ele acompanhou meus movimentos, tirei minha calcinha sobre os seus protestos, parei na sua frente tirando minha blusa, ficando completamente nua para o papai. Meu pai olhava embasbacado para o meu corpo, dei uma risadinha e apoiei minha perna no sofá, abrindo minha buceta com dois dedos, ficando completamente exposta pra ele.

-Que buceta mais linda.
Meu pai exclamou parecendo falar com ele mesmo.
-Toda sua papai.
Falei safada

Ele pareceu hesitar mas não aguentou e colou as mãos em minha bunda me puxando da sua boca, joguei a cabeça para trás gemendo, enquanto a língua do meu pai trabalhava em minha buceta me fazendo tremer de tesão, sua língua passeava pela minha rachinha enconstando em meu grelinho duro, não aguentando mais de tanto tesão reprimido, segurei sua cabeça e me esfreguei me sua boca, sentindo sua língua deslizar por minha buceta.
-Ai ai ai, papai eu vou gozar na sua boquinha, aí que delícia! Eu to gozando, eu to gozando, aí caralho.
Meu corpo tremeu muito, eu gozei como nunca tinha gozado em minha vida, meu pai me puxou para o seu colo pra mim não cair, sentindo seu pau duro coberto da minha buceta, me fez acender novamente, comecei a me esfregar em seu colo, ignorando o quanto minha buceta estava sensível, eu me esfregava com força e rapidez e gemia, as mãos do meu pai passaeava pelo meu corpo, eu boca chupava meus pequenos seios, nossas bocas se encontraram e começamos um beijo selvagem e molhado, a barba do meu pai arranhava meu rosto, sua língua passeava pela minha boca, eu precisava do seu pau dentro de mim, me possuindo, me rasgando. Tirei seu pau do samba calção sentindo aquela tora grande e grossa da minha mão, minha boca salivou, comecei a punhetar ouvindo o gemidos do meu pai.
-Isso filinha, bate bem gostoso pro papai, sua putinha safada.
Ouvir aquilo me deixou com mais tesão do que possível
-Sua putinha papai.
Sentei com força em seu pau, fazendo entrar com tudo dentro de mim fazendo doer um pouco por causa da brutalidade, mas nem me importei com isso no momento e comecei a quicar em seu pau com força, enquanto gemia alto.
-AI TA ME RASGANDO PAPAI, SEU PAU É TÃO GROSSO, QUE DELÍCIAAAA
Papai começou a estocar em baixo de mim enquanto eu quicava, estávamos em sincronia perfeita eu sentava e ele estocava, estávamos em um ritmo selvagem, tudo mt rápido, urgente, papai distribuía tapas em minha bunda, beijavamos de um jeito bagunçado, chupões em meus seios, logo ele me tirou com brutalidade de seus colo me colocando de quatro no sofá, totalmente nu, ele colocou seu pau na minha cara, não hesitei em chupar com gosto enquanto ele fodia minha buceta com seus dedos grossos, eu babava, chupava, engolia seu pau seu pau, punhetava enquanto chupava suas bolas, dei meu melhor naquele boquete, quando ele percebeu que ia gozar, se afastou e se encaixou atrás de mim e começou a me foder de quatro no sofá, só se ouvia o barulho do molhado do seu pau entrando e saindo, nossos gemidos e suspiros, comecei a sentir o meu prazer aumentando, pedia pra ele foder mais rápido, nesses momento éramos homem e mulher, não pai e filha.
– Eu vou gozar no seu pau papai, me fode com força vai, fodeee
Ele me xingava como se eu fosse uma puta e eu adorava isso.
-Goza no meu pau, sua puta safada, vai goza
Gozei bem mais intenso que antes, meu corpo tremia tanto, eu esquinchava gozo, o prazer não acabava, eu gozava várias vezes seguidas, eu gemia alto, minha buceta contraia de um jeito insano, ouvi o gemido rouco e alto do meu pai e senti ele gozar dentro da minha buceta, ele gozava muito, parecendo um animal e saiu de dentro de mim, meu corpo desabou sobre o sofá ainda com espamos do orgasmo recente, ouvi a voz do meu pai ofegante dizer.
-Isso não devia ter acontecido, isso nunca mais vai se repetir.
Ele falou e saiu pra se arrumar pois já estava atrasado pro trabalho.
Eu sorri, não conseguia me sentir culpada, eu tinha conseguido o que queria, e tinha certeza que conseguiria de novo.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,62 de 76 votos)

Por # #
Comente e avalie para incentivar o autor

39 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder DANIEL ID:h5hr26vk8

    ESSE CONTO REALIDASE OU NÃO É INCRÍVEL VOU DAR UM CONSELHO AS FILHAS O PROIBIDO É QUE É GOSTOSO PORTANTO TREPEM CPM SEUS PAIS PADRATOS OU NÃO ELES MERECEM CARINHO FODA SE AS MÃES A HORA É DE VCS

  • Responder DANIEL ID:h5hr26vk8

    MARAVILHOSO CONTA MAIS MUITO MAIS PARABÉNS

  • Responder Nonato ID:enmtbrbhl

    Parabéns muito bom

    • DANIEL ID:h5hr26vk8

      MENINAS POR FAVOR NÃO FIQUEM COM RECEIO OU MEDO SEDUZAM SEU PAI E TREPEM A VONTADE USEM CAMISINHA TREPEM MUITO USEM A PÍLULA DO DIA SEGUINTE E FODA SE O MUNDO

  • Responder Kleber ID:n4n8oyxij

    Adorei q gostoso

  • Responder Caco ID:8kqtjdjj8l

    Muito gostoso, cada linha mais excitante que a outra, deve ser uma delicia sentir vc sentar forte assim na rola. Do jeito que eu gosto. bj [email protected]

  • Responder @Caradevix ID:gqb5vjkd1

    Delicia, chama ai. @Caradevix

    • Putilha safafa ID:3vi2r4ir8rb

      Nossa nossa que delícia estou com

  • Responder Butuka ID:gqbopwvv3

    Tenho uma filha muito linda, sou louco pra trepar com ela, mas até agora não aconteceu nada!

  • Responder Comedor de novinha ID:41ih1e32d9j

    Que filhinha safada, devia ter dado pra ele muito antes, ele iria te comer de todo jeito e ele tem o direito de ser o primeiro, de te possuir por inteira!

    telegram: rafalpa

    • Jb300A ID:r7duvmiz

      Delicia comedor você tem filha❤

    • Safadinha do papai ID:7xbyxg1m99

      Queria tanto transar com o meu pai mas não sei como faço para convencer ele

  • Responder Pai safado ID:830y6g1qrk

    Delicia de filha tenho duas e ja xupei muito as duas uma hj e ksda e a mais nova mora comigo

  • Responder Thais ID:xlpg9kzk

    Delícia,me imaginei no seu lugar

    • Trr ID:g3jga920i

      Nojento

    • Butuka ID:gqbopwvv3

      Delicia melhor coisa do mundo é transar entre pai e filha!

  • Responder Yan ID:81rus53v9b

    E ai aconteceu dnv

  • Responder Gostosinha ID:4aden1pi20a

    Delicia hummm amo incesto,delito,mas de imaginar pq coragem eu n tenho

    • Zorro ID:g3ja3fxia

      Interessante… mas minha filha do meio com 8 anos já me provocava. Publiquei o conto procure e leia. Filhas e sobrinha.

    • Butuka serio ID:gqbopwvv3

      Coisa deliciosa incesto

    • Butuka serio ID:gqbopwvv3

      Muito tri exitante i gostoso incesto!

  • Responder Athos ID:6stw32h8rk

    Putinha gostosa queria ter vc como filha. Adorei conta mais das putatias com seu pai. Bjs meu telegram @Pauloxyk

  • Responder Anônimo ID:830x1xt9d1

    Nossa que delícia de conto gozei muito adoro incesto [email protected]

  • Responder Tavaresmk ID:w73g94x8

    Vem de telegram Tavaresmk

  • Responder Monalisa ID:8m0d4r1gql

    Já li as duas partes e é simplesmente maravilhoso. Adorei demais. Fiquei muito molhada haha.
    Vamos conversar no telegram ou email. Beijos
    @monap2019
    [email protected]

    • Ricardo ID:h5i9lgxia

      Que delícia queria que vc fosse minha filha eu ia comer vc todos os dias

  • Responder MAX ID:11n7ac0kfqip

    tem que ser fudida mesmo vadia. ..se vc tá no cio tem que ser abusada mesmo. ..tem que receber bastante porra quente dentro do útero. ..é disso que vc precisa. ..
    tem que engravidar tbm …seu corpo tá pedindo pra engravidar e parir

  • Responder Yan ID:83100j6u8j

    Que delícia

  • Responder Maya ID:10vmj7sra37l

    Gozei do começo ao fim….

    • Iamsantinho ID:5x8209kyxi9

      Hummm… Adorei!!!! Sinceramente… fui obrigado a gozar… Adorava que uma novinha me ajudasse!!! [email protected]

    • Butuka serio ID:gqbopwvv3

      Hum ki delicia

  • Responder Velhinho ID:41igtdj98rd

    Amei, ainda estou de pica dura

    • Julia15 ID:muiv6sdv3

      ???

    • Julia15 ID:muiv6sdv3

      Adoro?

  • Responder Alexandre ID:r7dxp5m1

    Muito bom! Não tenho filha,mas gostaria de conhecer casal liberal,com filha,e que deixasse eu brincar gostoso com ela,se a mãe participar melhor ainda!Meu e-mail é [email protected]

  • Responder Dam ID:170tsjtovmmh

    Nossa que da hora, faltou deixar seu email amor aqui tem muito caso assim iamos adorar trocar ideias com vc. Bjo

  • Responder Pachecao ID:xgn4gd9a

    Adorei fiquei com muita vontade de estar no lugar do seu pai agora mesmo vou tocar uma gostosa punheta pensando em ti… Continue

  • Responder Mustang ID:gqb0takv1

    O melhor conto de 2019.
    Parabéns, muito bem narrado literalmente.
    Espero que vcs se curtam muito.

  • Responder Anônimo ID:1ren04ih

    Muito bom seu conto. Excitante demais