# #

Fiz meu pai me comer 2

1258 palavras | 16 |4.61
Por

Oii sou Juliana, voltei para dar continuidade na minha história pervetida com o papai, então leia meu conto anterior.
Depois do melhor sexo da minha vida, meu pai passou a me evitar de todas as maneiras possíveis, não ficava mais assistindo tv, ele chegava do trabalho, jantava e ia dormir, no fim de semana ele saia ou estava sempre próximo a minha mãe, me impossibilitando de fazer algo, isso me deixava frustrada porque eu sabia o quanto ele havia gostado e eu também tinha me sentindo culpada, principalmente enquanto eu transava com meu namorado pensando na rola grossa do papai me fudendo.
Duas semanas nessa situação, não aguentava mais me masturbar pesando em meu pai, então eu decidir aprontar, mais uma sexta a noite eu inventei uma desculpa para Mateus para ficar em casa e poder tentar algo com papai, eu esperei passar das 00h e entrei no quarto dos meus pais, na porta já dava pra ouvir o ronco da minha mãe indicando o sono pesado, papai dormia de barriga pra cima somente de cueca facilitando minha travessura, estava apenas de camisola, sem calcinha, sem nada, fui pra bem pertinho do meu pai e comecei a acariciar seu pau por cima da cueca, ajoelhei no chão e comecei a dar beijinhos em seu pau, sentindo seu cheiro tão másculo que fazia minha bucetinha melar de tesão, um tempo acariciando e seu pau foi crescendo dentro da cueca então puxei a cueca pra baixo, segurando a hora grossa em minhas mãos, o pau do meu pai é o pau mais lindo que eu já vi, 19cm, bem grosso, veias saltadas e cabeça rosada, essa visão fazia minha boca salivar, passei meu nariz pelo seus pelos e pela sua rola sentindo aquele cheiro de homem que tanto me exicita, não tardei em colocar seu pau na boca e começar a chupar, descia e subia alargando mais minha garganta para receber ele melhor, enquanto eu chupava apreciando seu gosto, começo a ouvir seus resmungos de quem estava acordando fazendo me sentir mais ansiosa, comecei a punhetar o que eu não conseguia colocar na boca. Seus olhos abriram e ele assustado, tentou me afastar, olhando pro lado com medo que minha mãe pegasse, porém eu não me afastei continuei chupando e olhando pra ele com cara de safada
-O que você tá fazendo Juliana?
Ele sussurrou – Eu falei pra você que isso não ia se repetir, é errado.
Ele falou bravo mas com gemido escapando pelos lábios.
-Shiu, aproveita papai, seu pau é uma delícia
Falei e subi na cama de acomodando melhor entre suas pernas pra continua chupando, ele tentou me empurrar, mas evidentemente não queria que eu me afastasse, afinal se ele quisesse me tirar dali a força não teria nenhuma dificuldade, sabendo que ele estava gostando, passei a língua pela sua cabecinha ouvindo ele puxar o ar entre os dentes, ora chupava, ora lambia, acelerei meus movimentos tentando o engolir cada vez mais, ele segurou em meus cabelos incentivando, sorri com seu pau na boca e continuei pagando aquele boquete com vontade e olhando em seus olhos que me olhavam como se não acreditasse que a sua filhinha de 16 anos estivesse te chupando com a mãe dormindo ao lado, ele olhava constantemente pro lado porém minha mãe ainda roncava, dando sinais que não ia acordar tão fácil, aquela situação era tão errada e tão perigosa que só me fazia me sentir mais tesão, minha buceta piscava e melava cada vez mais, implorando por aquele cacete grosso que começava a engrossar em minha boca dando sinais que ia gozar, isso me deixou animada para sentir seu gosto, papai segurou com força em meu cabelo e começou a estocar em minha boca, eu esgagava, babava mas não reclamava até que papai solto um suspiro alto e se desmanchou em minha boca, fui engolindo o que conseguia o gosto não era um dos melhores porém era a porra do meu pai e saber disso já era excitante pra caramba.
Seu pau continuou duro, mesmo depois de gozar tanto em minha boca, me deixando surpresa com o tesão que ele tem em mim, isso me deu uma ideia maluca, era insano pensar nisso com minha mãe dormindo ao lado, mas o tesão falou mais alto, então eu sentei no colo do meu pai encaixando seu pau em minha buceta e fui descendo sentindo sua rola me arrombar, joguei a cabeça pra trás de tamanho tesão que eu sentia.
– Sua puta safada, quer foder com sua mãe do lado, senta gostoso na rola do seu pai senta sua vadia.
Papai dominado pelo tesão falou com a voz rouca enquanto apertava com força minha bunda.
Isso me deu tanto tesão que sentia que estava a beira do orgasmo, comecei a quicar devagar, afinal não podia fazer muito movimento ou barulho, a mão do papai me apertava minha bunda com força um dos seus dedos grossos se enfiou no meio dos meus montes acariciando meu cuzinho, me deixando surpresa por ele tocar um lugar que era intocado até então, ele colocou seu dedo em minha boca, me fazendo chupar o deixando bem babado, e começou a enfiar seu dedo em meu cuzinho soltei um “ai” bem manhoso pela ardência que sentia, ele começou a estocar seu dedo em cu e eu quicava com seu pau rasgando minha buceta, comecei a esfregar de frente pra trás fazendo meu grelinho ter contando com seus pelos pubianos, esfregava, quicava, em seu pau com força, segurando os gemidos, vez o outra minha mãe se mexia ou fazia algum barulho nos assustando, mas não acordou em nenhum momento, sentia calor tirei a camisola ficando completamente nua, e comecei a quicar mais rápido já sentindo meu orgasmo chegar, meu pai já enfiava dois dedos em cuzinho o fodendo com força e sua outra mão foi para um dos meus seios o apertando com força, segurando os gemidos que eu queria dar, eu gozei me esfregando como uma puta, e não parei de quicar, fui sentando cada vez mais rápido levei uma mão para o meu grelinho e o estimulava enquanto sentava melando cada vez mais o pau do meu pai com o meu melzinho, ele tirou os dedos do meu cu é segurou com força minha cintura e começou a estocar rápido pra cima, enquanto eu sentava e esfregava com força e rapidez o meu grelinho me levando a outro orgasmos intenso, apertando a rola do meu pai dentro de mim o fazendo gozar novamente dentro de mim, cai exausta em seu corpo e ele começou a acariciar minhas costas.
-Levanta, vai logo antes que sua mãe acorde
Ele falou grosso
Aquilo me deixou chateada, poxa, tínhamos acabado de foder e ele me trata assim, eu sabia que ele estava bravo por eu ter feito ele de comer denovo, mas esperava um pouco de carinho, levantei com as pernas bambas e escorrendo porra, peguei minha camisola do chão e sai chorando alto do quarto pra ele ouvir o quanto me magoou.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,61 de 44 votos)

Por # #
Comente e avalie para incentivar o autor

16 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder DANIEL ID:h5hr26vk8

    JU VC É INCRÍVEL INACREDITÁVEL

  • Responder DANIEL ID:h5hr26vk8

    PORRA JU VC É FODA FICÇÃO OU NÃO J GOZEI UMAS VZS COM A PRIMEIRA HISTÓRIA E UMA PAR. DE VZS COM A SEGUNDA CASA A TERCEIRA

  • Responder Caco ID:8kqtjdjj8l

    Juliana, que história menina. Uma delicia esse seu lado putinha. Deve conseguir dar pra dois facinho, rsrs continue com esses contos, se quiser provar outro coroa entra em contato [email protected]

    • DANIEL ID:h5hr26vk8

      MENINAS TREPEM COM SEUS PAPAIS E PADRASTOS

  • Responder Anônimo ID:dloxg0fij

    Por favor! Faça uma continuação até a parte 5. Mas coloque sua filha e vc em um local mais propício para ambos onde os dois possam fazer de tudo sem nenhuma preocupação ou risco de alguém estragar o momento porém coloque mais fogo, desejo e paixão em brasas vivas.

  • Responder Monalisa ID:8m0d4r1gql

    Deliciaaaa… vamos conversar telegram @monap2019

    • DANIEL ID:h5hr26vk8

      VEPRDADE OU FICÇÃO O IMPORTANTE É QUE GOZEI E GOSTEI ESCREVE MAIS PARABÉNS

  • Responder pauleth ID:5pbbr4iqhrd

    vamos conversar @pauleth
    filhinhas

    • Anônimo ID:8e9qkhofpnc

      Oi pauleth

    • Careca ID:3ij2ccyct0a

      Pauleth vem vms cvs kkk

  • Responder Pachecao ID:xgn4gd9a

    Muito mais exitante que o primeiro… Adorei queria ter uma filhinha safadinha assim vou tocar uma gostosa punheta pensando em vocês… Continue não demore a publicação .

  • Responder Anônimo ID:enmtjn0zk

    Amei Ju! Parabens mais uma vez. Queria conversar com vc bjo me manda um email [email protected] te aguardo

  • Responder Beto ID:wc4uvl2h

    A sua putinha safada não fica triste não.. papai vai comer vc dinovo, e ainda sua mãe junto .. @betorodrigue

  • Responder Velhinho ID:41igtdj98rd

    Deliciosa sua aventura…Continua

  • Responder Desconhecidaa ID:1ren04ih

    Ótimo conto???? esse seu pai é safado demais viu

  • Responder Alexandre ID:r7dxp5m1

    Bom! Não tenho filha,mas sonho conhecer casal liberal,com filha que deixasse eu brincar gostoso com ela,e se a mãe participar melhor ainda,meu e-mail é [email protected]