Fui abusado pela tia

Autor

Olá esse é meu primeiro conto de uma série de contos que pretendo contar que aconteceram comigo, sou branco de altura mediana, uns 1,73m, magro e olhos verdes, não sou nenhum pegador mas desde muito novo fui gostando dos prazeres da vida, o fato aconteceu quando eu ainda era criança, minha mãe se divorciou do meu pai quando eu ainda era muito pequeno, acho que tinha 4 anos, e desde então que eu me lembro eramos eu e minha mãe morando num apartamento, meu pai nunca deixou faltar nada pra mim. As vezes quem ia dormir lá em casa era a irmã de minha mãe, uma mulher linda, branca, cabelos cor de mel, não sei se é ruivo ou castanho, ela não tem muito peito mas tem uma baita raba, e minha mãe também é muito linda, cabelos negros, porém o inverso de minha tia, tem uns seios avantajados e uma raba pequena.Minha tia sempre foi e ainda é muito ligada a mim, talvez por eu ser o primeiro e na época o único sobrinho. Sempre que dava ela ia pra casa dormir lá e ficar conosco. Vamos ao que interessa, tudo aconteceu por volta de quando eu tinha uns 7 anos de idade, minha mãe começou a fazer um curso técnico de noite e eu ficava no apartamento sozinho, da hora que ela saia até a hora que ela chegava por volta das 22h. Um dia estava mexendo nas coisas de minha mãe procurando algo que nem me lembro o que era, para brincar, foi quando abri umas caixas e achei algumas fitas VHS sem nome nenhum, 2 fitas. Na hora parei de fazer o que eu estava fazendo e peguei uma das fitas e coloquei no aparelho para ver o que era exatamente aquilo, filme porno, fiquei maravilhado com aquilo, uma mulher sem roupa chupando um pau de um homem também sem roupa, de repente a campainha tocou, desliguei puxando tudo da tomada, levei um susto e fui pra porta ver quem era, coloquei um banquinho e subi para enxergar através do olo mágico quem era, era minha tia, abri a porta e ela entrou perguntando como eu estava e tal. Minha tia a partir daquele dia ia ficar comigo todas as noite até minha mãe chegar, não sei que horas eram mas estava cedo ainda pois ela não pediu pra eu dormir. Eu me lembro fui tomar banho e quando sai do banheiro fui direto ao meu quarto e não vi sinal da minha tia. Coloquei minha roupa e estava indo até a sala quando vejo minha tia sentada no sofá da sala e ela não percebeu minha presença, a TV estava ligada e eu havia esquecido de tirar a fita do aparelho de VHS, "FUDEU" eu pensei, não exatamente com essa palavra kkkkk, minha tia estava deitada no sofá com a mão dentro da calça, passando a mão na bucetinha dela, fui voltando pro meu quarto e fiquei lá por alguns instantes e voltei na sala, ela ainda estava vendo o filme, só que dessa vez eu chamei e ela levou um susto:
-O que você está fazendo aqui?
-Eu acabei de tomar banho, o que é isso que está vendo?
O filme estava rolando ainda, e ela nem aí porque eu não tirava os olhos da TV.
-Não é nada, é filme pra adulto que você não deveria estar vendo.
-E o que a senhora tava fazendo com a mão aqui? – perguntei apontando pra minha região pelvica.
Ela desconversou e desligou a TV, disse que estava com fome, depois de jantar fui dormir. Naquele dia foi só isso que aconteceu.No outro dia eu voltei no mesmo local pra ver se minha tia havia devolvido a fita nas caixas da minha mãe e estava lá porém eu não peguei pra assistir. Minha tia tocou a campainha, eu abri a porta e ela entrou. Depois do fato da noite anterior minha tia começou a se exibir pra mim, as vezes andava de calcinha e uma blusinha na minha frente, até mesmo quando eu ia na casa da minha avó, ela me chamava pra ir no quarto dela e trocada de roupa na minha frente, e eu ficava de pau duro né, enfim. Passados alguns dias e eu já meio que sacando, "quando eu quiser ver mulher pelada é só ir atrás da minha tia" estava em casa em minha tia e ela mandou eu ir tomar banho e assim fiz, ela bateu na porta do banheiro e entrou me perguntando:
-Vai demorar ainda no banho?
-Não vou não tia, estou saindo já
-Então tá como você já está saindo, posso entrar no chuveiro com você
-Pode sim
Claro que eu sabia que se falasse não eu não ia ver ela pelada de novo, ela tirou a roupa, abriu a porta do boxe e entrou, eu dei espaço e ela começou a se molhar e ia passando a mão em seu corpo com a água caindo, eu fiquei de pau duro e queria esconder, mas ela viu antes e quando ia sair ela disse pra eu ficar.
-Onde você vai?
-Vou me secar, já terminei meu banho.
-Fica, a tia quer te mostrar uma coisa
-Vai me mostrar o que?
-Eu to vendo que você ta com esse pinto duro aí só de me ver tomar banho.
Eu tentei disfarçar mãs não consegui.
-Vem cá mais perto, deixa eu dar uma olhada no meu sobrinho.
Eu não sei dizer como era a sensação mas estava gostando muito. Minha tinha se abaixou e pegou no meu pau, e disse que se eu quisesse fazer igual naquele filme a gente podia fazer. Eu não soube responder na hora, ela me pediu pra esperar lá fora e então sai do banheiro, me troquei e fui pra sala. Poucos minutos minha tia saiu também só de toalha com a fita VHS na mão e me perguntou:
-Quer assistir comigo?
-Assisto sim, mas não entendo nada
-Eu te ensino pode ser?
-Me ensina, não vou contar pra ninguém, eu gosto quando meu pinto fica assim. – Abaixando o short mostrando pra ela que estava durinho.Assim que ela colocou o filme ela se desenrolou da toalha, ficou toda pelada na minha frente e eu não sabia o que fazer, minha tia estava se masturbando na minha frente e me pediu para observa-la fazer aquilo, fiquei sentado ao lado dela olhando ela passar a mão na buceta dela, tinha alguns pelos, toda rosadinha, babando de prazer ela gemia baixo por causa dos vizinhos, mas gemia igual a mulher do filme.
-Você quer passar a mão na tia?
-Posso passar? eu não sei fazer
-Vem cá eu ensino você
Minha tia atenciosa pegou minha mão e levou ate a buceta dela e me fez passar a mão estimulando o clitóris dela, eu tava adorando ver ela gemendo na minha frente. Ela me explicou que a mulher sente prazer quando mexe ali.
-A mulher sente tesão quando passa a mão aqui.
-O que é tesão tia?
-Tesão é isso que você está sentindo agora junto comigo. Você está com vontade de fazer igual no filme né?
-Estou sim mas não sei fazer.
-Então essa vontade é tesão e quando vem a vontade o homem e a mulher goza, quer ver?
-Quero sim.
-A tia vai gozar pra você.
Minha tia começou a enfiar os dedos na buceta dela, até então eu não tinha visto aquilo, gemendo e olhando pra TV e olhando pra mim ela soltou um gemido mais forte e começou a se contorcer gemendo gostoso, saia um liquido de dentro da buceta dela, um liquido transparente, estava muito melado.
-A tia gozou, você gostou?
-Gostei sim, como que eu gozo tia?
Ela deu risada da minha pergunta
-Você ainda não tem idade, mas a tia vai mostrar
Foi adiantando o filme até a cena que o cara começa a esporrar toda a porra na cara e na boca da mulher, de fato chamou muito a minha atenção e perguntei pra ela.
-Quando eu tiver idade pra gozar, posso gozar na sua boca tia igual ali?
-Vamos ver, se você nunca contar do que estamos fazendo a gente tenta.
-Eu gostei e nunca vou contar
Minha tia desde aquele dia se insinuava pra mim, não perdia a chance de andar com troupas curtas e se trocar na minha frente, ela notava que eu olhava pra ela e ela gostava.
Nesse meio tempo meus desejos sexuais começaram a despertar desde muito cedo.
Não vejo isso como um abuso pois nunca me senti inseguro dos meus desejos e nada disso atrapalhou na minha vida, minha tia abriu as portas para esse mundo safado de sacanagem. Tenho outras experiências também com minha prima mais nova que irei relatar em breve também. Espero que tenham gostado. Abraços!

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,83 de 12 votos)
Loading...