afeminadinha na madrugada

15-09-18 Por 1 ★ 3.89

Eu ja tinha dado para 3 , apesar do cansaço físico, meu corpo ainda queria sexo,mais sexo, mais pele , mais pau,a sala estava escura apenas com a luz do computador, varias carreiras de pó,todo maquiado com batom sato e fio dental,meu corpo estava mole, fadigado,mais eu queria mais,meu telefone apitando de mensagens e outros caras querendo fuder,ja se passava das 4 da manha, pela janela eu via o silencio das ruas, o dia quase nascendo , e eu ainda drogada,desejando sexo,a emoção dizia chama, a razao dizia vai dormir..

meu celular apitando e um macho pedindo a localizaçao,nao resisti e mandei..
40 mintuos ele estava subindo o elevador,toda molhada de suor e com o rabo cheio de leite, abri a porta e ele entrou,homem fisicamente feio, ele trabalhava nas madrugadas de taxistas,entrou ja tirando sua calça e camisa,visivelmente tonto, percebi que queria muito sexo, sentei no sofa e desci sua cueca,seu pau pesado preto e com muitos pelos, estava babando, passei a lingua na cabeça e pude sentir o cheiro de pau sem lavar,engoli aquele pau todo, deixando toda baba escorrer minha garganta, logo ele engrossa na minha boca, me deixando com muito tesao, pau de homem hetero, totalmente fragil e afeminada, ele brutalmenteme colocou de 4 no escuro apenas com uma p equena luz do pc, abaixou minha calcinha ate as coxas, cuspiu e socou de uma vez,me senti uma depravada, puta dando para um estranho que conehci aquela noite
ele socava com força e pressao, me virando de varias possiçoes, aquele pau preto peludo na minha bunda branca estava me deixando ainda mais arrombada por mais de 40 minutos ele metia sem parar o dia ja estava quase clareando,eu estava morto, cansado, sem forças,LOGO OUVI ELE DIZER QUE IRIA GOZAR,me colocou novamente de 4 e meteu ate gozar,meu cu escorria porra alevantei puxei mina calcinha e ele nem olhava nos meus olhos, nao dizia uma palavra,percebi que viado para ele era apenas um pedaço de carne..

ele vestiu a roupa silenciosamente,extremamente cansado deitei no sofa e capotei..

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,89 de 9 votos)

Por

1 comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos

  1. John Deere,Matador de Veados

    Né veado,vcs são um pedaço de carne,você bem sabe disso, mas cheio de bicho da goiaba,não se esqueça
    Passou o mata-veado pra mais um veadão porco né,se ele já não estava e passou pra você(não que eu esteja me importando veado) é menos trabalho pra mim
    Cuidado veado,cuidado,o tio John está pelas ruas,e a veadagem tem fim quando cruza comigo…