Só vendo ela ser de outro dei valor

01-08-18 0 ★ 4.86

Um tempo atrás estava separado da minha mulher um casamento de 15 anos e confesso culpa minha , sabia que ela tinha arranjado um namorado e que o cara a comia direto e ela estava ainda mais gostoso , um mulherão de 38 anos com sua bunda espetacular que deixava os caras babando, sempre a via com o cara em um bar próximo de casa , em uma noite eu no bar com amigos quando eles chegam ela com um vestido soltinho e deliciosa , passa um tempo quando eu escuto o cara falar que fossem embora pois tinha que ir viajar , o alcool fazendo efeito sigo até a minha antiga casa , e vejo eles se despedindo num beijo quente que me fez morrer de ciumes e entra , fico sentado na rua uns trinta minutos e resolvo fazer uma loucura , ainda tinha a chave de casa , e resolvo que ela ia me ouvir e abro o portão e rezando que ela não tenha trocado a fechadura , oba ela abre e eu entro silenciosamente, a casa escura caminho no escuro o calor da noite me fazia suar , entro no corredor e paro na porta do quarto e ai penso na besteira que estava fazendo mas quando a vejo esqueço tudo , de calcinha toda enfiada na sua bunda e uma camiseta cavada que deixava suas tetas de fora , estava muito mais deliciosa, sentia o cheiro de seu perfume e do perfume da sua xoxota que exalava no quarto , fui chegando perto e coloco meus labios no dela , ela abre os olhos e se assusta , me empurra senta na cama e fal o que eu fazia lá , e eu sem falar a pego nas pernas puxo e a agarro , ela pede que eu pare pois agora ela era de outro homem , arranco sua calcinha . e caio de boca na sua bucetinha e que saudades , sentia o sabor doce dela , estava toda meladinha , e a cada linguada ela falava que parasse mas apertava minha cabeça mais fundo dentro dela começa a gemer alto e me xingava de safado e vagabundo , e fala que sentia falta de como eu a chupava , e não demora ela fala que ia gozar , e da uma belissima gozada gemendo e gritando de prazer , saio da sua xoxota e rasgo sua camiseta surrada e caio de boca em suas tetas e enfio meu pinto em sua buceta e a penetro ela geme alto e me recebe com força , a beijava e a comia e ela louca queria mais , saio e a faço ficar de quatro e a como por trás com força e ela goza novamente e ela pede e implore que eu não goze dentro dela pois o seu homem ia sentir meu cheiro mas com raiva encho sua buceta de porra gozei muito, e ela tremia a cada jato.
Ficamos deitados exaustos e ela levante e me beija falando da saudades que estava e fala que tinha visto que eu a seguia e ficou rezando que eu tivesse coragem de invadir a casa e foder ela daquele jeito.
Ficamos mais tres meses com ela fodendo o cara e nas viagens dele eu a fodia , até que ela o dispensou e voltamos morar juntos , mas agora ela comanda pois fala que se eu der mole ela volta a foder fora de casa e eu me ferro.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,86 de 7 votos)
Loading...

Nenhum comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos