Peter, um novo amante

Autor

Me chamo Bianca, sou transex, tenho 26 anos, 168cm, magra mas o corpo escultural, seios embinados, bumbum redondo e durinho, cabelos longos e atualmente moro no Rio Grande do Sul. Sou praticante há mais ou menos uns 5 anos e no último adotei 2 dogs, um chowchow e um labrador, o chowchow era novinho 9 meses e o labrador 2 anos.
Eu já lia contos, assistia vídeos, tenho perfil em alguns sites relacionados ao assunto, e certa vez conheci o Danilo num chat. Nos apresentamos, trocamos fotos, áudios e abrimos cam, pra ter certeza que nenhum dos dois era fake… porque como sabem ou imaginam, nesse meio é o que mais tem. Dúvidas tiradas, ele me falou que treinava dogs há mais de 15 anos, e foi me ensinando como chegar ao tão desejado engate, o ápice da zoofilia.
Comecei a treinar meus dogs aos poucos, o chowchow dava muito trabalho, principalmente por causa da personalidade que eles possuem, enquanto o labrador foi mostrando um melhor desempenho em muito menos tempo, eu saía de casa e quando voltava ele me recebia fazendo festinha, pulando e arfando, coisa de labrador quando o dono chega. O diferencial é que ficava excitado, com a ponta vermelha saindo da capa, e o nó querendo formar na base.
Eu já fui me acostumando a sair de vestido, pra ter menos trabalho quando chegasse, daí era só fazer um carinho, erguer o vestido, baixar a calcinha e ficar de quatro. Todo dia era isso, às vezes mais de uma vez, morava sozinha então não era problema, sentia ele me lamber, estocar e depois ficava quietinha sentindo a porra quente me invadindo o cuzinho, quando o pau saía eu ia chupar a benga vermelha com veias roxas.
Nisso eu e o Danilo trocamos fotos e experiências desse universo fantástico que é a bestialidade.
As coisas mudaram quando recebi uma proposta excelente em outro estado e tive que me mudar, num descuido o chowchow acabou fugindo, depois eu vi que ele estava com uns vizinhos, estavam cuidando bem dele então acabei deixando ficar lá, e o labrador doei para um casal de praticantes de MG.
Semana passada tive que ir em SP, cheguei na sexta feira e no sábado recebi uma mensagem do Danilo falando que estava perto de mim e chamando pra bater um papo, eu estava muito ocupada então pedi o endereço dele e combinamos de eu ir na sua casa no domingo, conhecer o Peter, seu novo parceiro, uma mistura de dálmata com pitbull de 3 anos de idade e uma boa experiência, mas só tinha fodido mulheres, eu seria a primeira trans, então acertamos os detalhes e no domingo a noite fui conhecer meus amantes rs.
Cheguei e já fui recebida pelo Peter todo animado, enlouquecido querendo sexo, agarrando minhas pernas e tentando copular. O Danilo tinha deixado tudo pronto, um colchão na garagem e as meias num local fácil, me deu uma blusa grossa e pediu que eu lubrificasse bem o cuzinho, assim eu fiz e me coloquei de quatro no colchão.
Peter já pulou nas minhas costas, fez o movimento de metida e acertou meu buraquinho, ele metia rápido e com força mas não doía pois além de eu estar relaxada, já tinha experiência então foi fácil, o pau deslizou pra dentro, começou a inchar e então o Peter virou, ficando naquela posição maravilhosa do engate. Danilo se posicionou na minha frente, botou o pau na minha boca e eu fiquei lá, me sentindo a maior das vadias, com um pau na boca e um cachorro atrelado na minha bunda.
Ficamos nessa posição por uns 20 minutos, então senti o nó desinchar e o Peter fazer movimento pra retirar, senti uma dorzinha fina misturada com prazer e então ele puxou o nó, deixando cair uma boa quantidade de porra grossa e quente, enquanto ele se recuperava eu fui chupar e lamber aquela tora vermelha, e o Danilo batia uma punheta, gozando na minha cara e pau do parceiro.
Nos recompomos, conversamos um pouco e eu fui embora. Na segunda feira o Danilo me chama mais uma vez, mas eu não pude ir por causa dos compromissos, mas na terça retornei e tivemos mais uma aventura, que conto na próxima, se quiserem saber, claro…comentem e me digam o que acharam do relato, é real, autêntico e recente. Aguardo as respostas…
Bianca

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,50 de 6 votos)
Loading...