Parque do condomínio

15-08-18 Por 3 ★ 4.81

Olá me chamo Emanuel, moro em São Paulo, tenho 55 anos e sempre fui tarado, já fui louco por mulheres da minha idade, e mais novas também, só q agora estou gostando mais de menininhas, moro em um apartamento da CDHU, sozinho, sempre fui solitário, até q decidir fazer umas loucuras.
Em meu prédio moravam varias famílias, vindas de periferia, era uma bagunça só, isso era bom pq dai mingúem desconfiava de mim, meu apartamento era no último andar, então quase não saia de casa, evitada os degraus, e qndo saia era pra ver a garotada brincando no parque. Certo dia conheci uma garotinha chamada Isabelle, tinha 10 anos, branquinha de cabelos longos e pretos e bem magrinha, mas com uma bundinha bem redondinha, dava pra notar que ela era a líder das criançada, e quase não tinha medo de nada, veio me pedir 1 real para comprar doces com suas colegas, eu dei a ela sim q logo sorriu, me deu um bjo na bochecha e saiu correndo para compra los, e a partir daí eu sempre descia lá no parque e ela sempre vinha e me pedia. Até q um dia havia esquecido minha carteira e disse pra ele que iria buscar, ela disse que me ajudava a subir as escadas, suas colegas ficaram esperando lá no parque, era umas 2 horas da tarde, ela estava usando um short dakele que umas mulheres usam em academia, bem apertado, e uma blusinha bem folgada, qndo ela subia na minha frente, dava pra ver claramente a divisão de sua bundinha redondinha e gostosa, meu pau ficou duro na hora, ela saia rebolando ainda como se fosse uma modelo, coisa de criança.
Chegando no meu ape, eu como já estava de pau duro, pronto pra fazer besteira, ela notou o volume na minha bermuda folgada e deu risada, disse —“nossa tio, você tá de pau duro kkkk” eu disse q era por causa dela, aí ela me olhou com um sorriso safado de volta e disse “ então tá bom ué kkk”, entrei e fui procurar minha carteira para dar o dinheiro a ela q na hora já fechou a porta e trancou e disse:
—“Tio eu sei q vc só desce lá no parquinho pra ficar olhando eu e as meninas” eu na hora gelei, com medo dela contar pra um adulto e disse:
—“eu gosto de ver vcs brincando meu amorzinho”, ela depois falou “ eu não ligo tio, gosto de vc, pq me dá dinheiro pra comprar doces”. Eu adorei saber disso, disse pra ela que dava 10 reais pra ela gastar hoje, mas ela teria que mostrar a bundinha dela pra mim, na hora ela pegou o dinheiro da minha mão, abriu a porta e olhou pra ver se vinha alguém, aí ela voltou a fechar e disse q não era pra contar pra ninguém, concordei e já fui apertando meu pau por cima da bermuda, ela foi descendo o shortinho de costas para mim, tava sem calcinha a biscate, aquela bundinha branca, akele cuzinho rosado e sua bucetinha mais rosada ainda, abaixou até o joelho e disse pra mim se eu gostei, perguntei pra ela se podia pegar, não queria assustar ela, afinal estava gostando da situação. Ela disse que eu só pegaria se ela visse meu pau pra fora, topei não hora, fui em direção a aquela bundinha angelical e que delicia de bundinha, fiquei de frente pra ela, sentei numa cadeira lá na sala e ela de pé na minha frente com o shorts no chão.. tirei minha bermuda e meu pau saltou como uma vara pra fora, não é muito grande, tem uns 15cm, ela arregalou os olhos e disse: “nossa tio, que grande” e eu nem ligando pra ela, só passando a mão naquele rabinho e na sua bucetinha, ela foi no embalo também e pegou no meu pau velho, porém duro. Já até punhetava, deve ter aprendido com os amiguinhos dela, mas nem ligava, disse pra ela se eu podia dar uns beijinho naquela bunda, ela disse q não e q já tava bom, falei q dava mais 10 reais pra ela se deixasse eu esfregar meu pau nela, q já abriu um sorriso e disse: “vc é muito safado tio, mas eu deixo me dá o dinheiro primeiro” dei a nota pra ela q já fui a puxando pela cintura, coloquei ela de 4 e comecei a esfregar meu pau naquela bucetinha e naquele rabinho, e ela tava gostando, ficou ofegante, e não demorou muito pra eu gozar a bunda dela toda, q delicia de goza, ela foi pegar um pano pra limpar e ainda deu um beijinho na minha boca, disse que na próxima vai me fazer uma surpresa. Depois desse dia faz uma semana q não a vejo, deve estar de férias em algum outro lugar, mas assim q ela retornar eu irei fazer outras coisas com ela. Até lá vou continuar naquele parque, vendo as bundinhas das crianças q logo menos irei enche lãs de porra.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,81 de 26 votos)

Por

3 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos

  1. Anônimo

    Elas estão cada vez mais safadinhas.
    Acho q vc tá dando muita grana. Eu começo dando 1 real, e já comi cuzinhos, pagando 2 reais.
    Onde moro, é baixa renda. Bem mais fácil e barato

  2. Fernando

    Amigo só ir com calma, mais vai sim… Fiquei curioso agora kk

  3. Anonimato

    Muito bom o conto!!! tenho uma prima assim nessa idade esses tempos fiz um teste e ela e doida por dinheiro!!! agora e só achar a oportunidade e passar o pau na bundinha dela.