,

O Cachorro Arrombou meu CU

15-08-18 Por 3 ★ 3.38

Tenho 36 anos, passivo putinha de Campinas. Não costumo dar pra cachorro, mas tive uma experiência na minha juventude, que relatei em conto anterior.

Meu pai tem um cachorro, um Border Collie grande pro tamanho normal da raça. Desde que ele era filhote eu já tratava ele como meu macho, deixando ele me cheirar, pular encima de mim, baixando os olhos pra ele, ou sendo submisso, deitando de barriga pra cima pra ele, deixando ele brincar de montar nas minhas pernas como se fosse cadelinha.

Um ano antes do que eu vou contar, mais ou menos, ele tinha 1,5 anos, eu fiquei de quatro pra ele a primeira vez, e ele até tentou meter, acertou meu cuzinho, mas não deixei ele avançar muito porque meu pai estava deitado na sala dormindo. Meu pai sai pouco de casa.

O que eu vou contar aconteceu na véspera de um dia dos pais. Meu pai saiu com meu irmão comprar um negócio, e eu vi a possibilidade de levar rola de verdade do cachorro. Eu fiquei imaginando a rola dele do jeito que eu senti no ano passado, não muito grande, nó pequeno que não ia chegar a me deixar entalado. Então assim que meu pai e irmão saíram, chamei o cachorro no quarto, baixei a calça e fiquei de quatro pra ele. Ele não entendeu o que estava acontecendo em princípio, mas quando eu deitei de barriga pra cima, ele veio com tudo querendo meter.

Fiquei novamente de quatro pra ele e ele montou nas minhas costas, já puxei ele pra cima de mim e encaixei a ponta da rola dele no meu cuzinho.

Meteu sem dó, socou a rola inteira, e eu puxei ele bem perto, e ele foi metendo fundo e bombando forte, até que deu uma desequilibrada pra trás e fez que foi sair. Foi a hora que eu senti… tava entalado com ele, e doeu pra caralho hora que ele tentou puxar. Assustei um pouco, pensando que meu pai poderia voltar rápido, e eu entalado com o cachorro. Tentei algumas vezes forçar a rola e o nó pra fora de mim, mas estava bem preso mesmo.

Fiquei um tempo parado, coisa de um ou dois minutos, segurando o cachorro pra ele não tentar sair, sentindo líquido escorrendo pela minha bunda, sendo preenchida pela porra do cachorro.

Tomei coragem e forcei o cu pra tirar a rola de dentro, como se estivesse forçando para evacuar. Doeu pra caralho, e saiu o nó e a rola dele do meu cu, como uma coisa enorme me rasgando.

Começou a escorrer um monte de porra dele, ele desceu e começou a lamber meu cu. Foi muito tesao isso. Ele foi lambendo e eu forçando a porra dele a sair. Dai me levantei, abri o cu pra ele e ele continuou lambendo.

Passei a chupar o pau do cachorro que tava saindo porra ainda um pouco, e para limpar o pau dele. Depois me levantei pra ir ao banheiro me limpar e limpar o ambiente, pois logo meu pai voltaria.

Ao tirar o resto da porra do cachorro no vaso sanitário, senti o estrago. Tava sangrando pra caralho, arrombado pelo meu cachorro. Fiquei sangrando um tempo, ouvi meu pai chegando, me limpei o quanto pude, botei um papel higiênico na cueca, sentindo meu cu arrombado, e paciência.

Voltei como se nada tivesse acontecido. Porém agora me sinto como propriedade do cachorro, que ele eh mais macho que eu, que sou putinha dele também.

Meu cu sarou uns dois dias depois só.

Sou putinha de machos ativos em Campinas SP, tenho vídeos e fotos minhas no link no meu perfil. Curto ser enrabado sem dó, pedir pra parar e continuar sendo enrabado a força.

Tenho fotos e vídeos meus no seguinte link
Http://rickfag.wordpress.com

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,38 de 8 votos)

Por ,

3 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos

  1. Rick Campinas

    Tenho fotos e vídeos do que rolou. Me chama no meu blog pra ver.

  2. John Deere,Matador de Veados

    Né,seu veado,depravado e sem vergonha,deixe o animal em paz e pára com a veadagem insana,senão o cão que vai te foder vai ser o do Capeta,o Cérbero!

  3. Rick Campinas

    O outro conto é o Perdi a Virgindade Enrabado pelo meu cachorro, publicado dia 22 de dezembro de 2017. Está no meu blog tbm.