,

Minha cunhadinha safadinha 2

08-08-18 Por 7 ★ 4.80

Continuação…
Naquele instante percebi que minha cunhadinha estava bastante interessada em sexo.
Tinha ficado surpreso com aquela situação e com tudo que conversamos.
Porém minha sogra acabara de chegar estragando o momento.

Toda aquela situação havia mexido muito comigo talvez pelo fato de ter sido pego, e por perceber que Amanda já sentia desejos de mulher.

No dia do jogo do Brassil x Costa rica foi aquela festa a casa cheia. Foi muito bom apesar do sufoco mas no final deu tudo certo.

Já era noite e estava na varanda com Carla estávamos nos beijando nada de mais, porém notei a presença de Amanda na janela do quarto e para provocar tratei de atiçar Carla enfiando a língua em sua orelha em seguida colocando sua mão sobre meu pau sobre a bermuda, pois sabia que sua irmãzinha estava espreitando.

Apesar de tentar atiçar Carla e provocar sua irmã o local não ajudava muito por ser frente de rua e por que Carla respeitava muito sua família e sempre foi assim.

Fui pra casa imaginando o que aquela safadinha estaria fazendo em seu quarto.

No dia do jogo que a Alemanha foi eliminada marquei com meu sogro de levar o carro deles na revisão.

Deixei o meu carro lá e fomos com o dele.
Deixamos o carro lá na revisão e pegamos um Uber e ele foi p trabalho e como eu tinha marcado dentista falei que voltaria para pegar meu carro e a noite passava em seu trabalho para pegá-lo.

Seu carro só ficaria pronto depois de 2 dias.

Eu nem iria entrar, apenas abrir a garagem pegar meu carro e sair.
Foi aí que minha sogra pediu para esperar e se eu poderia dar uma carona a elas.

Fiquei aguardando, Dona Olga minha sogra ficaria no salão e Amanda no shopping.

Saimos, eu estava com um pouco de pressa e nem havia notado como Amanda se vestia.
Apenas quando minha sogra desceu e ela veio para o banco da frente percebi como ela estava gostosinha de short jeans e blusinha.

Fiquei hipnotizado olhando suas pernas e apenas ouvindo o cd do Tiaguinho.

Não sabia o que dizer. Amanda então esbravejou:

– merda! Esqueci.. que droga
Perguntei o que?

– Aff! Esqueci Davi a apostila pra tirar xerox da prova e agora?

Como já estava mesmo atrasado e não conseguiria chegar a tempo mesmo falei que poderia voltar.

Mas que não dava p esperar ela não.

Voltei e encostei o carro na frente de casa. Ela desceu correndo pra pegar a apostila.

– Já volto!
Passaram alguns minutos e eu buzinei para se apressar.
Demorou mais um tempo e nada.
Desci do carro e gritei:

– Amanda ? Tô atrasado.
E nada.

Resolvi entrar, fechei a porta do carro e fui entrando.
E me deparei com ela sentada no sofá somente de calcinha e sutien.

– Amanda o que significa isso? Estou atrasado, vc não veio pegar somente uma apostila.

– Foi Davi, mas resolvi trocar de roupa!

Só naquele instante é que percebi a intenção dela.

Me aproximei e sem dizer nada a beijei, começamos a nos agarrar enquanto ouvia ela dizer que sempre me desejou e que ela era melhor que a irmã e que iria me provar isso.

Nem estava acreditando, Amanda deitou no sofá enquanto eu tirava minhas roupas. Fique só de cueca e meia com a piroca já babando a cueca.

Comecei a beijar seu pescoço, e descendo tirei o sutien.
Nossa seus seios eram pequenos porém os bicos eram salientes. Chupei mordir brinquei com eles cheirando e aproveitando cada momento.

Me levantei e fiquei pelado com a piroca dura apontando e pulsando pra ela ver.
Fiquei em sua frente e lhe apresentei a rola segurando em seus cabelos.

Ela segurou a pica cheirou e levou a boca.

Hum… Que gostoso chupa vai….chupa gostoso sua safadinha.

Apesar de muito novinha…e sem experiência, estava fazendo gostoso.
Lembro de olhar para o espelho do aparador na sala e não acreditar que aquela menina estava me chupando.

Fiz ela sentar no sofá e suspendi suas pernas retirando a calcinha notando um brilho no fundo pois já estava toda babada.

Coloquei Amanda na posição de galinha assada deixando sua buceta toda amostra e meio que aberta.

Segurei firme e a chupei passando a língua desde a entrada do cu até o pinguelo que já saltava pra fora dos pequenos lábios.

Que delícia, apesar de novinha sua ppk estava bem peladinha tinha uma testa cheia de pentelhos.

A cada investida de minha boca em sua buceta parecia que ela iria gozar pois gemia e se contorcia.

Fiquei ali me deliciando naquele momento.
Enfiava a língua no cuzinho dela e depois no buraquinho da vagina até encontrar o cabaço.

Me ajoelhei em sua frente e limpei a cabeça da pica já babando e posicionei na entrada da sua buceta .

Pincelei esfregando e vendo Amandinha se contorcendo e olhando espantada aguardando o momento de receber a vara.

Cuspi duas vezes na entrada a buceta e encostei a cabeça fui forçando enquanto segurava suas pernas que teimavam em querer fechar.

E antes mesmo dela olhar novamente cravei de uma só vez a pica. Lhe rompendo o hímen e sentindo suas carnes.

Ela deu um grito e ficou pedindo pra eu tirar mais já era tarde.

Tentava lhe tranquilizar, porém em vão.
Comecei a beijar e abraçar seu corpo e em pouco tempo ela já estava mais calma.
Então comecei a meter. A cada enfiada ela se sentia mais confortável.

Um cheiro de sexo e sangue misturado subia pelo nariz enquanto eu lhe metia a pica naquela buceta apertada.

Não demorou muito gozei esporrando em cima da sua barriga, nossa como foi bom.

Ficamos ali deitados um ao lado do outro rindo de satisfação.
Amanda levantou e tratou logo de tirar o forro do sofá que sujou de sangue.

Em seguida me vestir e fiquei na varanda.
Combinamos que aquilo não iria se repetir.

Mas sabendo que seria impossível.

Pois bem desde junho que venho tendo um caso com a minha cunhadinha que tem apenas 13 anos mais trepa melhor que a irmã.

Não sei o que fazer, penso sumir, penso em terminar com Carla.
Porém toda vez que transamos estar melhor que a primeira.
O que devo fazer….comentem.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,80 de 35 votos)

Por ,

7 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos

  1. Pachecao

    Continue comendo as duas…. Continue o conto pois estou excitado e de Pau duro e agora vou ter que tocar uma Gostosa Punheta pensando nesta deliciosa foda.

  2. Barbosinha

    SIMPLES, continua comendo de boas

  3. casal cambirela no D4

    no mínimo 25 anos de prisão.

  4. casal cambirela no D4

    cai fora o mais rápido possível, nas penitenciárias está cheio de homens que fizeram isso também.

  5. Renato

    Continue conendo a novinha, case com a irmã, como as duaa e seja feliz

  6. Amg

    Fique com as duas..

  7. Carlos

    Fique com as duas.