Concordei que minha mulher conversa-se com homens na Internet

17-08-18 5 ★ 5.00

Bem amigos aceitei que minha mulher conversa-se com outros homens na Intermete, e as vezes eu escutava a conversa, e fica exitado, a gente acabava fodendo, minha mulher e uma coroa bonita, pernas grossas, uma bunda carnuda, tipicamente brasileira, rebitada, morena, mais ate um pouco tímida, mais ate que nas redes sociais ela se saia muito bem, acabou fazendo amizade com um cara de aproximadamente uns 45 anos, boa pinta, mais sabe como é na net tudo pode ser, um dia já na cama transando ela me pede se poderia conhecer o Valdomiro, o nome que ele dizia, eu meio preocupado disse tudo bem mais eu vou com você, ela me respondeu a amor deixa eu ir sozinha depois eu conto para você, eu acabei liberando, ela dizia que iria conhece-lo.

No dia marcado eu de moto fui atrás, ela pegou um taxi e foi ate o ponto de encontro, um barzinho, ficaram conversando beberam alguma coisa, logo pediram a conta, eles vieram e ela entrou num carro, fiquei preocupado, era a sua primeira vez, com um estranho, e da net, sai a trás, logo entraram num motel, nossa aquilo foi como um viagra, meu pau ficou duro, comecei a imaginar o que o cara iria fazer com ela, ela adora sexo, chupa, faz anal, fiquei imaginando, só não bati uma punheta porque estava na rua, dei um tempo e fui para casa, quando cheguei em casa meu telefone tocou, fui atender era ela, Amor vou demorar um pouquinho, mais fica tranquilo esta tudo bem, eu perguntei aonde ela estava, ela respondeu depois eu te conto e desligou.

Nossa eu fiquei louco fui e bati uma punheta só imaginando, pensava será que o cara meteu no cu dela, eu não conseguia me conseguia me desligar, não prestava atenção na televisão, fiquei deitado pelado, acabei batendo uma outra punheta, já passava das 23 horas, fiquei preocupado, tentei ligar para ela mais estava desligado, nossa que delírio, um sentimento de arrependimento, ciumes, tudo ao mesmo tempo, escuto barulho no portão, eu deitando na cama pelado de rola dura, chega ela.

Vai tirando a roupa, e dizendo Amor me desculpe, eu sei que falei que só iria conhecer o cara, mais ele começou uma conversa, que eu fiquei toda molhadinha, e me convidou para irmos a um motel não tive forças para dizer não, acabei aceitando, o cara e muito legal, um gentiman , carinhoso, já no motel, me deixou bem a vontade, e com carinho me despiu, começou a me chupar, nossa, que delicia, quando ele tirou a roupa dele, eu quis desistir fiquei com medo, nunca vi uma rola tão grande e grossa, ele pediu para eu chupar eu não conseguia meter aquila cabeça na minha boca, eu só lambia, eu dizia vamos embora vamos eu não vou aguentar isso, vai me machucar, eu sou casada, depois como eu vou falar para o meu marido, ele disse calma, não vamos fazer nada que você não queira, e me deitou de lado, tipo conchinha e falando no meu ouvido, ele dizia só em ficar assim eu já me dou por feliz, você e muito gostosa, eu senti algo gelado, ele foi brincando, aquilo foi escorregando eu fui me abrindo quando senti estava dentro, nossa que delicia, eu sentindo aquela rola enorme quente dentro de mim, ai eu me virei deitei sobre ele e fiquei beijando e fazendo movimentos de vai e vem, ele demorou mais encheu minha boceta de porra, nossa quanta porra, ficou alguns minutos com a rola dentro, levantamos ele tinha pedido um vinho, tomamos, e novamente deitamos de ladinho, ele no meu ouvido dizia nossa tu tens uma bunda linda, eu dizia ai não, ele perguntou porque você não gosta, eu respondi ate gosto, mais não vou aguentar, ele me respondeu você disse a mesma coisa na frente e foi tudo, e novamente senti o geladinho, de algum lubrificante e foi brincando, e dizia relaxa, deixa fluir, e quando tentou empurrar doeu um pouco ele disse calma, o tesão foi maior que a dor, e escorregou para dentro, nossa cada cm que ele colocava eu ia ao delírio, teve uma hora ele perguntou quer que eu tire, eu disse não coloca tudo, e ele foi empurrando ate o saco, nossa, que coisa maluca, doía mais o tesão falava mais alto, ele novamente me virou de bunda para cima, e começou o tradicional vai e vem, ele perguntava esta gostoso, eu dizia maravilhoso, ele perguntou quer que eu tire, eu quero que tire e coloque tudo de novo, e assim ele começou a fazer, nossa me machucou um pouco na hora de passar a cabeça, caralho eu gritava, ele socava tudo, demorou, eu já não estava aguentando mais ele gozou, caralho eu gozei com aquela trolha todinha no meu cu, foi uma delicia esta doendo, mais foi muito bom, tomei meu banho e vim embora, ele me trouxe ate aqui a porta.

Nossa nesta hora eu estava chupando a boceta dela, ela dizia isso seu corno, chupa a porra do Valdomiro, meu macho, e eu não aguentando mais fui e gozei na boca dela, nossa que delicia, ela dizia vai corno olha o meu cu como ficou todo arrombado, eu na verdade também não aguentava mais já havia gozado muito, não tinha nem mais porra, acabamos dormindo.

No dia seguinte pela manha acabei fodendo de novo só pelas conversa dela, e ela dizia eu vou convidar ele para vir aqui em casa e você vai ver ele meter na sua mulherzinha bem gostoso, e eu quero ver você chupar minha boceta com a porra dele, seu corno, ai levantamos eu fui trabalhar, neste dia nem trabalhar direito eu consegui.

Mais depois eu conto mais.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 5 votos)

5 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos

  1. maridão

    Depois de muitos anos juntos é preciso aventuras pra ascender o casamento e é delicioso ver ela chegar depois de ter sido comida por outro , comigo minha mulher chega com um tesão enorme e da uma surra de sexo e adora falar que foi fodida por dois na mesma noite.

  2. bio

    isso é fantasia
    [email protected]
    mas me e nvie a foto de sua esposa nua

  3. Fábio

    Nossa que conto gostoso, quero minha mulher fazendo sexo na minha frente.

  4. Picagostosa20

    Meu Skype [email protected] e mail também passa pra ela

  5. Silva

    É corno mas feliz e sua esposa agradece é de aproveitar trazer o valdomiro lá na casa fica tudo em familia….