Cedendo a conversa do garoto

As coisas acontecem quando menos se espera e estava em casa numa boa ,mas me deu uma vontade de sair andando e aposentado com um corpo malhado,fui andar na praia.
No final da tarde a praia estava vazia e somente de sunga ia andando numa boa e visualizei um garoto que vinha sentido contrario e fomos chegando perto e ele começou a sorrir e veio me dar um abraço,e sua mão foi direto na minha bunda,e foi falando ao meu ouvido…coroa estou doido para comer seu cu,e fiquei sem ação e de pronto ele foi me encochando e senti sua rola cutucando minha bunda,e aos poucos me vi rebolando e ele todo senhor da situação foi me levando para um local mais deserto e senti ele alisando minha bunda e logo foi abaixando e me vi nu,e de pronto me fez ajoelhar e sua rola direto na minha boca,e fui com vontade saboreando ,e o deixando todo doido,e logo me colocou de 4 e foi de boca no meu cu e sua língua foi entrando e me vi entregue e senti seu dedo entrando e logo sua rola foi pressionando e foi entrando e me vi sendo enrabado,e foi acelerando e me deixando a sua mercê e me socava e logo me encheu de porra.
Que sensação gostosa e que foda inesperada e cada um foi andando para seu lado,e sentia no cu a força do macho

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 1,46 de 13 votos)
Loading...