Brincadeira no meu quarto com o titio

Autor

Oi, podem me chamar de Gabi e sou uma garota baixa 1,57, com pele clara, magra e morena. Na epoca que passar esse conto eu tinha acabado de fazer 10 anos e eu era uma criança normal, mas eu tinha um segedo. Sempre que eu tinha a oportunidade de ficar sozinha eu tirava minha calcinha e brincava com a minha xaninha, na epoca eu não sabia do que se tratava, mas era um abito que eu adorava, fazia todos os dias e todas as oportunidades possivel. Nunca contei para niguem. Na minha vida tudo estava normal, ate que um dia o irmão mais novo da minha mãe precisou passa um tempo na nossa casa. Ele tinha acabado de terminar a faculdade e estava procurando um emprego.
O meu tio se chama Pedro e não tinha convivo muito com ele, mas sempre achei ele um tio legal. Ele foi morar na nossa casa e ficou com o quarto do lado do meu, o quarto dos meus pais ficava um pouco mais afastado. Nas primeiras semanas que o meu tio começou a morar na casa foi um pouco estranho de se adaptar, mas aos poucos eu foi perdendo a timides e foi me acostumando com a nova presença na casa. E conforme o tempo foi passando eu e o Pedro começamos a ser amigos.
O tio Pedro era divertido estava sempre brincando comigo e deixando comer doces mesmo que meus pais não deixando. Por conta da presença nova na minha casa eu estava sem praticar meus hobby de brincar com minha xaninha, mas como eu estava começando a me acustumar com sua presença eu resolvir voltar com meu hobby. Foi para meu quarto ficar sozinha e tirei minha calcinha e comecei a me mastubar. Ficava la com minha maosinhas mechendo com a minha bucetinha, passava horas la com as pernas abertas e sentindo prazer ao me tocar, como eu não tranquei a porta meu tio abriu a porta. Nesse momento eu fiquei totalmente assustada e sem reação, meu tio ficou me encarndo e eu ja estava começandoa chorar pois achei que ele iria brigar comigo e contar para meus pais. Mas para minha surpresa ele não fez isso e sim foi me acalmar. Foi dizendo para eu não ter medo que era normal o que eu estava fazendo que quando se é crianças ter curiosidade e explorar seu corpo.
Meu tio ficou tentando me acalmar e me fez sentar no seu colo e ficou beijando minha bochecha, meu pescoço e então passou a dar celinhos nos meus labios, nesse momento passei a ficar calma, e meu tio ficou me explicando que se mastubar era normal que muita gente começa cedo e se eu estava fazendo não era errado so que eu tinha que ter cuidado para descobrirem. Então ele pedio para eu me mastubar ali no seu colo que ele ia me ajudar. Então timidamente eu comecei a me mastubar e ele ficou assistindo e começou a me tocar tambem. Sentir os dedos dele na minha bucetinha fez eu ficar maluquinha era muito melhor que so eu fazendo.
A parti desse dia eu e meu tio sempre brincavamos escondidos no meu quarto, sempre que surgia a oportunidade eu e ele ficavamos brincando com a minha xaninha. Ele vinha principalmente a noite e ficava horas la. Nesse periodo ele passou a me ensinar mais sobre sexo. Ele passou a me chupar e tambem me ensinou sobre seu penis e como mastubar ele e tambem a chupa-lo. As noites eram as melhores ele aparecia eu ja esperava ele de baixo dos lençoes pelada. Quando ele aparecia vinha logo pergunando se eu queria mamar a mamadeira dele, eu me sentava na cama e abria e boca e ele tirava o seu pau para fora e colocava na minha boca ficava chupando o seu pau com a minha boquinha. Ele gosava na minha boca, logo depois ele começava a me chupar, ele ficava me chupando e me tocando ate eu cair no sono. Toda noite a gente explorava mais o corpo um do outro Pedro fazia questão de eu aprender mais sobre sexo, claro que ele tentou me penetrar, mas eu não estava pronta ainda então ficavamos so em tocar e chupar.
Meu tio passou a tambem a me pegar na escola, quando entrava no seu carro tirava minha a parte de baixo da minha farda e ficava me mastubando no bando do passageiro, Pedro escolhinha o caminho mais isolado para casa. As veses ele parava em um local totalmente isodado para tirar seu pau para fora e assim eu poder chupar ele. Quando chegavamos em casa agiamos normalmente e eu ficava esperando a chegada da noite para poder ele vir me visitar. Estava totalmente viciada em sexo e meu tio parecia muito feliz com esse meu vicio e fazia questão de me ajudar nos meus desejos.

(Bom vou terminado aqui espero que tenham gostado, desculpa qualquer erro me sigam no instar lolipop2.1_)

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,66 de 29 votos)
Loading...