A menina na festa de aniversário

Autor

Olá amigos me chamo Douglas tenho 36 anos solteiro sou bem sarado pois faço academia no mais um cara normal, bem eu era até o que ouve numa festa de aniversário do filho de um amigo.
O Rafael que um amigo do trabalho me chamou para festa do aniversário do seu filho e como eu não tinha nada pra fazer fui chegando la encontrei um amigo que não via a uns três anos e que também era amigo do Rafael, eu e ele éramos amigos de farás já tínhamos pegado umas mulheres juntos até que por questões da correria da vida nos afastamos .
Mais estou eu ali na mesa sozinho meio deslocado pois não conhecia ninguém além do Rafael quando de repente percebo uma mão no meu ombro, e ai Douglas quanto tempo cara então olho para traz já me levantando da cadeira e vejo o Tiago e logo o reconheço .
Tiago! Pó quanto tempo meu tudo bem.
Há estou na correria. Olhar amor quem tá aqui .
A esposa dele estava um pouco afastada.
Nossa Douglas e você que surpresa boa tudo bem quanto tempo, e logo me abraça e me da um beijo no rosto e eu retribuo….
Lembra da Luana .
Nossa como cresceu está uma moça linda.
Oi princesa tudo bem vi você nascer…. Tudo responde ela.
Nossa ela está grande e linda, a última vez que eu vi era um toquinho de gente.
É meu amigo Douglas o tempo passa ela ia fazer sete anos, agora está com dez anos fazem uns três anos que não se vemos. Isso mesmo.
Você já casou? Ainda não.
Tá com alguém aqui? Não, estou sozinho.
Então amor o Douglas ta sozinho, vamos sentar aqui nessa mesa mesmo com ele .
Tá bom respondeu ela, e ficamos ali batendo papo pondo o assunto em dia a Luana logo foi brincar com as outras crianças e a esposa dele foi conversa com as amigas e ficamos eu e ele jogando conversa fora.
Um tempo depois ele fala, olha ali mano que mulatinha.
Olho mais meio desligado e não percebo e falo onde, e ele você não ta vendo de vestidinho Preto e Branco caladinho, a um tempo que estou olhando ta de perninhas abertas e to vendo a calcinha e o pacotinho dela, parece ser bem carnudo e da uma risadinha…
Então me viro e vejo uma menininha de uns dez pra onze anos na mesa ao lado de pernas abertas bem na nossa direção deu pra bem a calcinha dela era rosinha com uns desenhinhos.
Então me virei pra ele e falei sussurrando meu ela é uma criança deve ter a idade da Luana.

Ele: há vai dizer que você nunca olhou uma novinha.
Há já, mais de quatorze anos pra cima não tão novinhas.
Ele: olha cara vou falar pra você essas meninas de hoje já está tudo coçando pra dar a perereca, para você ter uma ideia já peguei a Luana se tocando.
Sério! E ai como você reagiu.
Bem tive que conversar com ela, eu e a mãe conversamos bastante com ela é explicamos como é todo esse papo de sexologia, como engravida e tal, mas ela já sabia hoje eles aprendem na internet e televisão isso.
Confesso que o papo ficou instigante, então perguntei, você tem atração por meninas?
Claro, e você não?
Não!
Cara, o dia que você experimentar uma novinha, não vai querer para e muito bom .
Você já comeu uma menininha? Perguntei sussurrando.
Ele: já e não foi só uma.
Nossa! Você tá louco eu não tenho essa coragem…
Ele: eu também achava que não tinha até uma amiguinha da Luana ficar me esticando ai um dia não aguentei e meti a rola, ela já não era mais virgem: eu e ela estávamos na sala vendo TV a Luana tinha ido tomar banho e a Lisa tinha saído, e assim que a Luana foi tomar banho a danada ficou me provocando ai não aguentei e comi depois te conto com detalhes mais vou te perguntar uma coisa.
O que?
Quer experimenta uma menininha?
Meu você tá louco.
Quer ou não quer?
Sabe, essa moreninha está querendo .
Eu: para meu.
Olha vou te dizer uma coisa faz um tempão que ela ta assim e eu já olhei bem pra ela é ela se mantém assim não vai brincar com as outras crianças cara ela sabe que eu to olhando pro meio das pernas dela ela querendo….
E ai se ela quiser você vai comigo da uns pega nessa delícia.
Pó meu, e se der errado!
Ele: fica tranquilo, eu conheço uma putinha.
Ele se levantou foi até perto da menina e falou, oi princesa.
Oi, disse ela.
Você está só?
Não, eu estou com minha vó ela é amiga da vó do aniversariante.
Ele: você não conhece mais ninguém aqui …
Ela: não, isso aqui está chato.
Ele: e que você não se enturmou.
Há essa molecada e muito chata queria ir embora …
Que pena eu e meu amigo queríamos te conhecer bater, um papo sabe e que nos percebemos você aqui sozinha e deslocada e nós também estamos.
Meu nome e Tiago e o meu amigo e o Douglas, e você qual seu nome.
Eu me chamo Camila …
O nome combina com a dona, pois é lindo.
Obrigado…
O que você acha de conversarmos em outro lugar um lugar mais tranquilo.
Há não sei eu tenho que falar com minha vó que vou dar uma saidinha da festa.
Então Camila, você quer dar uma voltinha comigo e com o meu amigo nos trazemos você de volta inteirinha, a gente só vai se divertir um pouco o que você acha?
Mais se divertir como?
Não vamos fazer nada que você não concorde eu prometo.
Hum, tá bom, espera lá fora que eu vou falar pra minha vó que encontrei uma amiga da escola que ela me chamou pra conhecer a casa dela e que voltou já, se ela deixar nós vamos.
Beleza estaremos lá fora esperando.
Então ta.
Ele volta e me diz: Viu Douglas é putinha essa, não me engano.
Nossa que putinha…
Vai indo que vou falar pra Lisa que você precisa ir na sua casa resolver um assunto e me chamou para ir com você, é nos se encontra lá fora.
Beleza vou lá te esperar.
Bem fui, logo o Tiago chegou e uns minutinhos depois a Camila.
Bem vou descrever a Camila uma mulatinha de dez pra onze aninhos, cabelos pretos alisados pela chapinha, boca carnuda, pernas grossas e bundinha cheinha redondinha e pouco tempo depois descobri que ela tinha uma bucetinha carnuda também, ela usava um vestidinho daqueles que ficam bem colados no corpo o que deixava todas as curtinhas de a mostra…

Então ela chegou perto de nós e falou vamos…
Ai o Tiago vamos meu carro está na rua do lado, logo ali vamos e nos apressados para não sermos notado se bem que fora do salão não tinha ninguém entramos no carro um Fox Branco Camila, foi no banco traseiro logo que ela entrou já foi perguntado pra onde iríamos e Tiago fala pra minha casa lá estaremos só nós pode ser Camila?.
E a safadinha fala : pode mais não posso demorar?
Tiago liga o carro e fomos uns minutinhos depois chegamos uma casa bege tamanho padrão portão eletrônico ele abre e entramos, descemos do carro, ele abre a porta e entramos logo ele abraça a menina e começa a beija-la e ela não resiste se entrega, logo ele começa a passar a mão na bunda dela e levantar o vestido fico bobo com a cena, ele tira o vestido e ela fica só de calcinha e eu contemplando aquela menina que ainda não tinha nem peitos, moreninha mesmo de calcinha dava pra ver que ela já tinha uma bucetinha grandinha então entro na brincadeira e começo a beijá-la também, e passar a mão naquele copinho, nesse momento Tiago começa tirar suas roupas e fica pelado então ele senta no sofá e chama Camila e manda ela pegar no pau dele, ela não faz cerimonia e logo começa a chupar o pau do Tiago e ele diz: vamos Douglas tira a roupa …
Tiro minhas roupas também e me sento no sofá e logo ela para de chupar o Tiago e começa a me chupar que sensação maravilhosa sentir aquela boquinha no meu pau então me deitei no sofá e ela subiu no sofá e ficou entre as minhas pernas me chupando com a bundinha levantada, o Tiago não perde tempo tira a calcinha dela e começa a chupar aquele cuzinho e bucetinha depois de um tempinho trocamos de lugar e ai eu passei a chupar aquela bucetinha ela era muito safadinha a danada.
Logo o Tiago me fala: cara você mete primeiro nessa bucetinha nem esperei ele terminar de falar puxei ela pela cintura e comecei a pincelar meu pau naquela bucetinha e ia descendo até o cuzinho e subia até a bucetinha dei aquela encaixada na bucetinha dela que estava bem molhadinha e fui empurrando devagarinho e meu pau foi entrando sem resistência por parte daquela bucetinha que logo percebi que não era mais virgem.
Então fui empurrando mais até entrar tudo e comecei a fuder aquela bucetinha, fui num vai e vem gostoso apesar de não ser mais virgem era apertadinha e bem quentinha, que sensação meu pau entrando e saído daquela bucetinha então comecei a meter mais rápido e mais forte e olhando pro rostinho dela pude ver a carinha de prazer que ela fazia e ficava ofegante e senti que ela trançou suas pernas na minha cintura como que querendo me prender entre suas pernas então pude ver aquela menininha ter um orgasmo ela suava e gemia e falava não para ta muito bom, vai e aquilo me deixou de uma forma louco e comecei a meter mais rápido e mais forte ate sentir que ela ficou mole e soltou as pernas da minha cintura e eu meti naquela bucetinha até gozar de uma forma maravilhosa, de um jeito que eu não tinha gozado antes então enchi aquela bucetinha com a minha porra e cai por cima dela ficando ali com o meu pau dentro dela por alguns segundos que sensação maravilhosa.
Então nos recuperamos e o Tiago ali nos olhando como se tivesse se deliciando, ai fomos para o banheiro ela se lavou e voltou pra sala eu fiquei tomando banho quando acabei vou até a sala e vejo ela com os joelhos no sofá com a bundinha levantada e o Tiago metendo nela por trás e a danada rebolando no pau dele até que ele gozou dentro dela os dois foram para o banheiro tomar banho eu fiquei na sala vendo TV até eles voltarem do banho…
Vamos Douglas temos que deixar essa princesinha na festa antes dela terminar, entramos no carro e fomos para festa chegando lá deixamos ela um pouco antes do local da festa e falamos esse e nosso segredo, ela falou com certeza, riu e foi em direção ao salão da festa e nos demos mais uma volta e esperamos um pouco para não chegarmos juntos…
Logo cantaram os parabéns e fomos embora, eu e o Tiago passamos a ter mais contato e nos falarmos mais.

Depois conto como comi a Luana a filha do Tiago….

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,81 de 36 votos)
Loading...