Safada no trabalho

Esse relato é real.
Era verão e a noite foi muito quente antes mesmo de tocar o despertador senti minha mulher jogar sua coxa em cima de mim , o simples roçar da pele me exitou , ela sem a calcinha com uma camiseta regata que deixava seus seios praticamente fora , ela se esfregava em mim e logo ela estava sentada em cima de mim , quando ameaço falar do tempo que não tinha-mos ela fala suavemente que queria uma rapídinha e encaixando meu pinto dentro dela me engole de uma só vez , ela geme e da um gritinho safado, me bate com suas tetas que luto pra abocanhar , toca o despertador avisando que o tempo era cruel, ela acelera os movimentos e me preparo pro seu gozo que vem rapido e delicioso gozo tambem , ela pula e corre pro banho , eu por sorte trabalho em casa e estou tranquilo, ela pede que eu pegue um vestido enquanto ela toma seu banho, peguei um que era decotado e fino , e peguei uma calcinha branca pequena que sabia que sua bunda linda ia engolir , ela sai do banho e se seca e quando vê o vestido sorri e fala que com esse vestido ia mostrar seus peitos pra todos , coloca a calcinha e quando pergunta do soutien e falo vá sem , ela veste e eu fico louco de desejo , azul de finas alças e com um decote delicioso fazendo seus seios ficarem a mostra , fino marcando a calcinha na bunda , corremos pegar o carro.
Ela desce na porta da empresa e ao sair safadamente fala que seu chefe e alguns de seus clientes iam ficar loucos de tesão em a ver daquele jeito e o pior ela esta adorando e sentindo muito tesão.
Trabalhando em casa ficava pensando nela , recebo um zap, era ela , me manda uma foto dela com os seios de fora e falando que adoraria sentir minha boca em suas tetas.
Peço mais fotos .
O tempo passa e nada , passava das 14 horas chega o zap ela me mostra sua bucetinha toda molhada mas fiquei louco quando chega a outra foto , ela sentada em sua cadeira com a perna aberta apoiada na gaveta da mesa o vestido levantado, e dizia a mensagem , imagina meu chefe entrar agora ia me chupar todinha.
Fiquei alucinado imaginando ela nua fodendo com um outro homem
Por volta das 17 hora che outa mensagem e ela avisa que ia ficar até mais tarde mas que eu chegasse no escritório às 20 horas e entrasse .
Chego na porta e vejo pelo vidraça que estava vazio , toco a campainha e a porta destrava
com a pouca luz entro e caminho até a sala da minha mulher e que recepção , ela estava nua colada na porta de blindex seus seios espalmados no vidro , mas quando tento abrir a porta estava trancada , toca o celular e a vejo com o aparelho me ligando , ela pergunta como era ver e não poder tocar , e eu falo quera delicioso e desesperador, ai ela falou que era assim que seu chefe e tres cliente ficaram quando a viram pois sentia o desejo deles querendo trepar com ela, ela apoia a perna em uma cadeira e começa a tocar em sua bucetinha deliciosa e se masturbar , escutava seus gritinhos ela se virava e mostrava sua bunda linda e perguntava se ela ainda era gostosa mesmo com 41 anos e eu falo que ela é espetacular , ela destrava a porta e eu entro e a coloco debruçada na mesa e sem esperar coloco meu pinto em sua buceta e a penetro ela geme e pede que eu a foda , a cada estocada ela geme e fala que eu estava estuprando ela , a porta da frente se destrava alguem estava entrando , ela me empurra e corre pro banheiro , e eu sento em sua cadeira e espero , era seu chefe que ao me ver se assusta e antes que pergunte eu falo que ela estava no banheiro , ele entra tenta se explicar porque estava lá , mas caminha a sua sala que era depois do corredor, eu sabia o que era , ele achava que ela ia estar ainda trabalhando e que seria a chance de talvez dar uma trepada com ela, ela abre a porta do banheiro e pergunta se ela tinha ido e eu falo que estava na sala dele, ela faz uma cara de safada e sai ainda nua na sala , fico louco e ela me empurra até a sala dele , fico na porta e ela no corredor , puxo uma conversa boba e a vejo dançando e se tocando, meu pau ia explodir , ela vem até quase a porta dele , sentia seu calor nas minhas costas , ela corre e volta pro banheiro e coloca o vestido , falo boa noite ao chefe e a pego e fomos pro carro, ela ria e sentia sua exitação , corremos pro motel , e ela mal entrou no quarto me joga na cama e sobe em cima de mim e eu a penetro com paixão e força , ela loucamente goza e goza muito , a brincadeira a deixou muito exitada , e foi nesse dia depois de muitos anos juntos que ela me oferece seu cuzinho e fala que queria ser fodida por inteiro , passo bastante oleo e alargando com o dedo seu buraquinho delicioso , ela louca se tocava e encaixando meu pinto fui entrando e ela gemendo e gritando falando que eu ia foder seu cuzinho , fico parado e sinto ela forçar para trás e eu a penetro e entro todo dentro dela ela grita mas faz eu entrar e sair de dento dela , agarro em sua cintura e a penetro fundo até que ela pede pra eu gozar , e acelero e gozo , saio de dentro dela e vejo seu cuzinho melado escorrendo minha porra , nos abraçamos e nos beijamos e dormimos.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,13 de 8 votos)
Loading...