Paraiso na Bahia

De ferias no sul da Bahia com minha mulher com seus 40 anos e deliciosa ,tem uma bunda grande e redonda , mas nunca aceitava usar fio dental tinha vergonha , mas o local era fantastico e afrodisiaco e ela soltinha depois de algumas caipirinhas , ela fala que ia pro mar sai andando mostrando sua bela bunda , um tempo depois vejo ela me chamando e vou ao seu encontro mas quando estou chegando pra minha surpresa ela joga seu bikini em mim e vejo que estava nua na agua , ela ria e me chamava , estava-mos não longe do bar na areia mas sózinhos na agua , nos abraçamos e nos beijamos , e eu a afastava ainda mais pra um local mais distante , ela então enlaça suas pernas na cintura e ela coloca meu pinto na entrada da sua bucetinha deliciosa , sentia o calor dela ela então aperta as penas e me faz penetrar , ela gemia alto mas o som sumia na imensidão da praia , seus seios saiam de dentro da agua como duas ilhas , nos beijamos loucamente , ela falava pra eu comer ela com força , não demora muito ela goza aos gritos de uma forma alucinante , ela fala em meu ouvido que queria mais que estava louca de tesão , me solta e caminhando sai da agua e se deita na areia , via as pessoas ao longe mas muito distantes , olho e vejo que uma pequena duna e um riacho que corria ao lado , a levo pra lá e ela me joga na areia quente e sobe em cima de mim , coloca meu pau na entrada da sua bucetinha e senta lentamente me fazendo abrir aquela delicia , tudo dentro dela ela parecia uma gata no cio ora deitava em meu peito e fazia meu pau ficar ficar na entradinha dela e se levantava deixando seus seios pra serem beijados e sugados , isso ela gemendo e gritando de prazer, foi quando eu percebi que havia um casebre do outro lado do riozinho e um cara que parecia ser um hippie sentado nos olhando , e ele tinha a visão da bunda e da buceta da minha mulher sendo comida, falei pra ela que o cara nos observava e ela me surpreendeu novamente pois achei que ela ia ficar inibida , mas falou que já que ele tinha visto a bunda ia ver suas tetas tambem , se levanta e senta em cima de mim ao contrario meu pau escorrega dentreo dela de tão molhada que estava e ela se mostra por inteira , nunca a vi trepar daquele modo, louca esfregava a buceta em meu pau e gritava alto mas ai ela fala que o cara estava batendo uma punheta e eu gritando falo que era em homenagem a ela e ela louca começa a gozar , e como gozou não aguento e gozo tambem, ela cai na areia e ficamos alguns minutos quietos só ouvindo o som do mar, levantamos e nos lavamos na agua doce do riozinho , e na hora de ir embora o cara bate palmas e fala que ela era deliciosa e que voltasse-mos sempre demos com a mão e voltamos ao bar, era outra mulher a calcinha toda enfiada dentro dela estava linda como sempre fica depois do sexo , na cadeira do bar seu soutien tinha afrouxado e praticamente mostrava as tetas a todos mas não estava nem ai, sentada me chama e afasta a calcinha e mostra sua bucetinha toda vermelha e inchadinha e melada de tesão , e fala que ainda sentia um fogo na buceta imenso.
Mais uma caipirinha bebemos e chega o final da tarde e a hora de voltar pro hotel, fomos pro onibus , e assim que ele começa a rodar ela tira a calcinha e pega minha mão e coloca entre suas pernas , eu toco suavemente em seu clitoris e ela joga a toalha pra disfarçar , e enfia a calcinha na boca pra não gritar , alisava seus labios penetrava meu dedo e tocava uma sirirca e ela louca tremia seu corpo todo ela então abre o camisão que usava como saida de praia e tira o soutien e me oferece seus seios , o casal na poltrona ao lado dormia cansados da praia e ela deliciosamente fala em meu ouvido que ia gozar , gemendo baixinho com a calcinha na boca goza em meus dedos e relaxa e fala que pra aquele momento esta satisfeita mas que eu me preparasse pois a noite ia querer mais e mais , e apaga em um sono profundo.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,00 de 5 votos)
Loading...