Minha vida com direito a quase tudo(Um novo começo) Parte 1

01-07-18 Por 1 ★ 3.82

Olá pessoal, tudo bem? To de volta aqui, dei uma pausa ai nos contos decorrentes de algumas coisas que aconteceram, mais enfim..estou de volta, enfim, faziam 4 meses que estou viuvo, com meu aniversário se aproximando meus amigos estavam tentando me deixar de boa ja que fiquei mal com o falecimento da minha esposa, minha esposa tem uma amiga chamada de Ana, ela tem 1,70, nem magra e nem gorda, seios pequenos que cabem na boca e uma bunda arrebitada, eu e ela sempre nos demos bem, minha esposa tratava ela como irmã tanto que eu considerava ela minha cunhada. Ela me chamou no Whatsapp
Ela-Bom dia, tudo bem?
Eu-Tudo e você?
Ela-Tudo, tô voltando da cidade, pensei em dar um pulo ai, pode ser?
Eu-Claro, só avisar que está chegando
Não demorou muito para dizer que ela estava perto, tinha acabado de tomar um banho, abri o portão pra ela e falei com ela que estava encostado
Ela chegou, foi até meu encontro na cozinha, me deu um abraço forte e um beijo na bochecha
Ela-Pelo visto ta tudo bem contigo, está todo mundo preocupado contigo, você não da notícia não fala com a gente, você tem que entender que a gente sabe do seu sofrimento, mas independente de tudo estamos contigo
Eu-Obrigado pelo apoio, mas prefiro não perturbar vocês, cada um tem preocupação com algo e eu não quero ser mais uma preocupação
Ela-Eu entendo mais pelo menos dê notícias ok?
Eu-ta bom
Ela-Cadê a Vitória(Minha filha)?
Eu-Ta com minha sogra, ela fica mais la do que aqui
Ela-E o trabalho como esta? (estou trabalhando de UBER)
Eu- ta indo, por enquanto ta dando tudo certo
Ela-Bem, seu aniversário está chegando, sei que não quer comemorar, mais que tal tomarmos uma cerveja? Você vai la pra casa e fica todo mundo junto
Eu-Pode ser, mais porque nao vem todo mundo pra ca? Aqui também tem bastante espaço e eu preciso fazer algo pra animar essa casa
Ela-Pode ser então, seu aniversário ja é semana que vem, então ja vamos vendo oque vamos comprar ok?
Eu- ta bom…
Deitei a cabeça em seu colo e fiquei olhando ela..
Eu-Obrigado por sempre estar aqui comigo ok?
Ela-Tudo bem
Me deu um beijo na testa e disse que precisava ir para arrumar as coisas dela, levei até o Portão dei um abraço nela e ela foi
Eu sentei no sofá e fiquei pensando que minha casa precisava de uma faxina, mais como sou alérgico e estava com a alergia atacada pensei em chamar uma diarista, então fui na minha sogra chamar ela e aproveitar ficar um pouco com Vitória, sai e fui direção a casa da minha sogra que mora 3 ruas depois da minha, chegando lá só estava Maria na barraca que minha sogra tinha.
Eu-Eai gatinha quanto tempo heim, esqueceu do seu cunhado favorito?
Ela-Claro que não seu bobo, só estou muito atarefada cuidando de Vitória, estudando e tendo que ficar aqui ainda.
Depois que Kelly morreu Maria parece que ficou apaixonada pela sobrinha, ela disse pra mim que queria cuidar de Vitória como fosse sua filha e iria querer que chamasse ela de mãe
Sabia que isso seria assim porque Vitória era muito apegada a Maria, mesmo com 4 meses ela ja sabia quem era ou não era Maria quando era pegada no colo.
Eu-Então vou embora, mais antes disso como anda a vida?
Ela-Estou bem, to levando, voltei para Igreja, e to namorando um menino, mais meu Pai não sabe ainda so minha Mãe
Fiquei de bobeira com aquilo porque Maria vivia dizendo que não queria namorar, fiquei um pouco com ciumes, nunca a via como uma irmã até porque quem ja leu meus contos sabe oque rolou com a gente. Alias Maria estava agora com 14 anos, corpo dela mudou bastante, ja era bem gostosa, agora ta uma mulher de verdade mesmo
Eu-Que bom, felicidades
Quando olho para trás sai a Cibele, aquela que eu chamava de C, Cibele é uma morena de 1,72, cabelos cacheados até a bunda, seios médios, pernas grossas e uma bunda que qualquer um quer comer
C-Oi Ruan quanto tempo, tudo bem?
Me deu abraço e um beijo
Eu-To levando e você?
C-Eu to bem, to preocupada que não acho emprego de jeito nenhum, os pais dos meus filhos não estão pagando pensão(Detalhe ela tem 4 filhos, isso mesmo 4 filhos e tem um corpo lindo, não faz academia mas também não vive comendo besteira)
Eu-Poxa que pena C, eu to na Uber por enquanto, você faz faxina?
Maria-Desculpa interromper, mas cunhado pode olhar aqui pra mim enquanto eu vou no banheiro la em cima?
Eu-Posso sim vai la
C-Faço sim, depende quantos dias
Eu- é porque eu to precisando de uma pessoa que faça faxina 3 vezes na semana na minha casa, segunda, quarta e sexta, pago 750 por mês
C-Então se você quiser eu posso fazer so que meu horário pode ser diferenciado?
Eu-Como assim?
C-Meu filho mais velho estuda de manhã, ai quero colocar ele para o colégio, as outras duas estudam a tarde, então durante o horário do almoço eu vou em casa pra fazer comida pra elas, depois voltava pra sua casa sem problema.
Eu-Pode ser então, com tanto que faça tudo e arrume tudo pode ser
C-Fechado então, começo quando?
Eu-Amanhã mesmo você pode começar

Não sabia que ia começar outra fase boa na minha vida, pessoal isso foi mais um introdução na história, peço que Leiam a parte dois que não vão se arrepender.. valeu

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,82 de 11 votos)

Por

1 comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos

  1. Comentador

    Que porra é isso