Minha vida com direito a quase tudo( Uma louca noite louca com minha cunhada Ana PT1)

Autor

Ia Pessoal blz? Voltando aqui com mais um conto, Desculpa a demora…

Chegando na sexta ja estávamos preparando para a festa rolar no sábado, minha cunhada Ana estava mais animada que eu kk, perguntei o porque da animação ela disse que não era nada…
Eu-Sei…
Ela-é sério, só estou feliz, aliás vamos comprar alguma coisa pra comer? To com fome
Eu-Vamos, vou lá
Levei minha cunhada para comer em uma churrascaria comigo, fazia um tempo que não ia lá, entramos, sentamos.
Ela-Estou assim feliz porque eu consegui um emprego, preferi falar agora rs
Eu-Serio? Que bom, hoje em dia ta dificil emprego, encontrou na sua area de Logistica mesmo?
Ela-Sim sim, perto de casa, bom salário e um bom horário
Eu-Que bom né
Almoçamos e começamos a conversar coisas banais sobre o dia dia… Depois que almoçamos resolvi chamar ela pra tomar uma cerveja
Ela-Pode ser uma Vodka? Queria beber uma batida
Eu-Pode, pede pra você, eu vou tomar uma cerveja
Ela pediu e começou a beber, continuamos a conversar, pedi uma segunda cerveja e uma segunda batida pra ela, depois da quinta rodada ela ja estava bebinha. Fechei a conta e fomos embora no carro perguntei se ela queria ficar la em casa até passar o álcool, ela disse que sim, entrei direto pra casa com o carro, sai e ajudei ela a sair, ela conseguia andar normalmente, eu que sempre fui prestativo mesmo.
Ela-Eu preciso deitar
Eu-Vem, vou te levar pra deitar na cama.
Deitei ela na minha cama, ajudei tirar a sandália dela e deitei ao seu lado
Ela-Não se sente só nessa cama imensa não?
Eu-Não, eu gosto de dormir espalhado mesmo
Ela-Ah sim, estou melhorando um pouco mais posso tomar banho no seu chuveiro?
Eu-Pode.. nem terminei de falar e ela tirou o vestido na minha frente ficando so de calcinha e sutiã, não sei se ela estava bêbada ou se estava implicando comigo, mais sempre respeitei muitoooo minha cunhada Ana, por mais que não é minha cunhada de verdade ela era melhor amiga da minha falecida esposa, então preferi não fazer nada, só observar. Ela entrou no banheiro, pediu pra eu entrar também, ai eu não aguentei e entrei, ela estava nuazinha, uma delicia.
Ela-Não sou de fazer isso com homem nenhum, mais eu to com muito tesão, prefiro perder meu tesão com quem eu confio.. entrou no box e ligou o chuveiro, eu entrei logo atrás dela ja que é grande, começamos a nos beijar, comecei a chupar o peito dela e ela gemendo muito
-Hummmm safado, chupa meu peito, sempre quis saber qual é a sensação de ser chupada por essa boca gostosa
-É mesmo? Então vou chupar bem gostoso pra você nunca mais esquecer..
Continuei chupando, depois desci mais um pouco e fiz ela empinar aquele rabo pra mim e comecei a chupar aquela pepeka deliciosa
-Chupa vai, isso que delicia cunhado, me chupa e me faz gozar
-É, vou chupar mesmo essa pepeka gostosa
-Isso vai caralho que delicia, vai vai.
Estava chupando aquela pepeka gostosa e o cuzinho piscando pra mim, melei meu dedo e comecei a passar envolta do cuzinho dela, fui botando um dedo dentro do cu dela e chupando ela
-Vou gozar cunhado, vou gozar caralhoo aaaaaaahhhhhhhhhhhhhh meu Deusssssssss
Ela gozou aquele melzinho na minha boca..
Levantei e beijei a boca dela, ela de perna bamba.
-Agora é minha vez.
Ajoelhou na minha frente e pegou no meu pau, começou a me chupar olhando nos meus olhos
-isso chupa minha cunhadinha safada, a partir de hoje você vai ser minha putinha, só minha entendeu? Tirei a rola da boca dela e bati com ela na cara dela
-Entendi meu cunhadinho e voltou a me chupar
Boca dela é muito macia e estava quase explodindo de porra nela, mandei ela levantar.
-Ta na hora de você tomar nessa buceta
-Vem então cunhadinho e me fode gostoso vai
Comecei a colocar devagarzinho e pepeka dela é bem apertada
-Isso me come porra, mete vai, mete por favor, quero essa rola me fudendo até eu desmaiar
Fui fudendo ela e ela gritava, pedia pra colocar mais rápido e mais forte
E eu continuando a fuder ela com força
-Me fode caralho, isso porra
-Vou gozar sua puta safada
-goza, me da leite na bucenta, goza caralho
Então acabamos gozando junto, ela desfaleceu para um lado e eu para o outro. Acordei com ela me chupando e dizendo que tinha que ir embora.. levantei, botei ela pra mamar e gozei na boca dela
-Muito bom tomar leitinho antes de ir pra casa rs
Ela foi embora, mais ainda nãl acabou, vou contar como comi ela denovo com uma amiga

Abraços

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,80 de 5 votos)
Loading...