Minha esposa não resistiu–SILVIO

29-07-18 1 ★ 4.00

Depois que o amigo do meu marido tinha falado a respeito do Silvio que tinha uma vontade de me conhecer,e por ser negro quando recebi o telefone dele fiquei pensando se devia ou não,mas quando tive que viajar ela criou coragem e ligou e ficou impressionada com sua voz,delicadeza,e a valorização dela como mulher e que tinha ficado impressionado em ver como conversava e como dominava um ambiente e pela minha beleza morena.
Ficamos de nos encontrar na privacidade pois eramos ambos casados,e somente tinha tempo enquanto as crianças iam a escola na parte da tarde.
Combinamos de ele me pegar em uma travessa da alameda Campinas,em um shopping pequeno,e o coração dela disparou quando viu um negro alto,lindo,sorrindo,e foram se abraçando e ele foi a conduzindo ao carro.
Fomos direto ao motel e ao entrarmos ele me abraçou e me deu um beijo,e de pronto correspondi e sentia sua mão deslizar nas suas costas e logo se sentia toda entregue e logo nus contemplava sua rola negra,linda e foi mamar e ele acariciava seus cabelos.
Ele a colocou de frente na cama e foi com sua boca mamar sua xoxota,sua lingua a diexou doida e o gozo veio com tudo
Logo foi se abaixando e sua rola entrava na xoxota da minha esposa e foi aumentando e ela aguentando e ele metia com vontade.
A colocou de 4 e foi com tudo dentro da sua xoxota e ela se viu toda enchida e que virilidade ,metia com força a deixando toda entregue e depois de um tempo a encheu de muita porra.
Foram ao banho e como o horario estava curto foi com tudo metendo na sua xoxta de pé e a cada estocada a erguia.
A deixou perto de casa e foi dizendo quero comer seu cu madame gostosa e sorri concordando

Minha esposa-pedido do Silvio

Depois que minha esposa resolveu ter um caso com um negro Silvio que a cortejava a distancia e numa tarde com as crianças na escola foi ao seu encontro e teve momentos de extase pois Silvio tinha uma bela rola e a comeu a deixando entregue e submissa curtindo a foda sem reservas.
Por causa do horário de pegar as crianças tiveram que parar mas na saída ele disse que queria comer seu cu,tinha uma tara,e ela sorrindo foi dizendo vamos ver.
O tempo foi passando,e minha esposa toda recatada tinha momentos diferentes comigo na cama e estava feliz com sua mudança,inclusive tinha perdoado a primeira vez com meu amigo..
Tive que viajar e as crianças iriam ter um dia integral na escola,passeios etc e minha esposa sem aguentar o desejo de ter a rola no seu cu saiu com ele.
Entraram no motel e ele a colocou nua deitada,e foi a acariciando,massagem nos seios e foi deixando ela toda entregue,abriu suas pernas,e foi de boca e seu dedo mamar a xoxota,gozo em cima de gozo e logo a colocou de 4 e veio com tudo por trás e começou a socar sem dó e minha esposa gemia e pedia me come ,me faz sua puta,quero seu sua e ele socava sem dó dizendo és uma madame puta,ama dar sua xoxota,e me sentia toda a sua vontade e sai e se colocou a minha frente e me encheu no rosto de porra e fui com a língua bebendo e ele sorrindo que bela imagem puta gostosa.
Foram tomar banho e se deitaram e ela de costas e ele foi acariciando seu corpo,num 69 foram se acariciando e a sua rola dura e a colocou de e foi com um dedo,gel meter no seu cu,logo dois e minha esposa foi se deixando levar e ele se posicionou sobre ela,passou gel no seu cu e na sua rola e mirou e desceu com tudo,ela deu um berro,e ele a socou de novo e a segurou pelas ancas e foi socando e dizendo suas pregas se foram sua puta,este cu é meu,seu negão tomou posse e foi socando e ela entregue ao desejo do negão e ele a encheu de porra.
Ficaram deitados e depois de um banho ele sorrindo disse gostou de dar seu cu minha gata…sentira vontade de dar de novo e seu macho a saciara

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,00 de 3 votos)

1 comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos

  1. sigiloso campinas

    delicia me apresenta ela eu sou de campinas e adoraria real no sigilo [email protected]