Julia

Há 3 meses 4 ★ 1.38

Hoje tenho 33 anos, então vou relatar algo que aconteceu comigo aos 11 anos, na casa dos meus primos.
Primeiramente vou descrever como eu era na época, corpo magrinho, coxas finas e seios pequenos, como azeitonas, mas eu já gostava de brincar com meus primos durante a noite. Como eles eram mais velhos, cerca de 16 anos, já possuíam grande malícia, enquanto eu apenas gostava de ser obediente.
Um dia ao sair dos meus tios eu já sabia o que iria acontecer, rola na minha xaninha, e porra no meu cuzinho a noite todo, sendo violada várias e várias vezes pelos meus primos, das formas mais depravadas possíveis. Como era de se esperar, às 21:00 meus tios já haviam saído, e meus primos maravilhosos vieram da rua, com cerca de 6 amigos, totalizando 10 pessoas para me violar. Um dos garotos, com uma feição sádica foi o primeiro a se movimentar, indo até a cozinha e pegando um batedor de ovos, e ordenando que eu ficasse de quatro no sofá. Tiraram minhas calças, e eu já estava sem calcinha (Acostumada a tomar rola), imaginei que ele fosse começar a me fuder, mas a primeira coisa que ele fez foi introduzir o batedor de ovos na minha bunda, e começar a girar o que fez surgir uma grande dor naquela parte, e logo comecei a sangrar, todos riam de mim enquanto eu babava e chorava, mas aguentava como estava acostumada a fazer, ele deixou o batedor encaixado e então veio para perto do meu rosto, o que foi um certo alívio, ao imaginar que ele iria me beijar, mas ao mexer um pouco a minha face para frente, na intenção de beija-lo, ele levantou seu punho contra minha, me dando um soco direto na boca, o que acabou quebrando um dos meus dentes e fazendo eu morder minha língua, e eu logo caí sangrando no sofá, e implorando para que ele parasse, então ele deu uma olhada para os outros garotos, que logo entenderam o sinal, e começaram a me espancar sem parar, foi assim durante horas, eles não me foderam, mas sim me bateram e me fizeram sentir muita dor… Escrevo isso como um relato que talvez seja o meu primeiro e ultimo, pois estou no porão a anos, e com o casamento do ultimo dos garotos não haverá mais casa aonde poderei ser guardada… E eles já se decidiram como será a despedida de solteiro do último deles, arrancaram minha pele até que eu morra, e queimaram meu corpo assim como fizeram com minha mãe em frente ao meu pai, quando estes descobriram o que estava acontecendo comigo, fico feliz de que eu não tenha uma filha que possa ser obrigada a comer meus restos mortais, como ocorreu com os da minha mãe… Adeus

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 1,38 de 16 votos)
Loading...

4 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos

  1. Observador

    Vc é doente… Isso não é nem filme de horror… O pior confio que já li… Sinceramente procure tratamento psicológico…

  2. CRÍTICOdaPORRA

    tem acesso a um computador para escrever isso e não pensou em descrever as pessoas, nomes , lugares…etc…???
    Tá de brincadeira né…
    Pior é quem administra o site, e deixa passar uma merda dessas…
    PORRA !!!
    ISSO AQUI É UM SITE DE CONTOS ERÓTICOS CARALHO…
    SERÁ QUE É TÃO DIFÍCIL DE ENTENDEREM ISSO ???
    CONTOS ERÓTICOS…ENTENDEM ?
    SABEM O QUE É ISSO ???
    SABEM O SIGNIFICA “CONTOS” ???
    SÃO HISTÓRIAS…RELATOS…VERÍDICOS OU FICTÍCIOS…MAS…E NÃO ESSAS HISTÓRIAS SEM PÉ NEM CABEÇA, SEM UM PINGO DE EROTISMO…
    FAÇA-ME O FAVOR…

  3. Anonimo

    Nao ha nenhuma maneira de voce escapar ?

  4. Anônimo

    Vai tomar no curso viado