A história de uma menina

Autor

Tenho 18 anos e sou uma menina mulher. Não desenvolvi muito corpo e mais pareço uma criança e quando falo a idade geralmente as pessoas não acreditam e é preciso muitas vezes mostrar a identidade pra provar que não estou mentido. Sou branca, olhos azuis, cabelos louros cacheados, uma menina linda que chama a atenção por onde passa.
Quando pequena gostava muito de colo, principalmente de adultos, pois adorava sentir suas porras quentes e duras em meu rabinho e entre minhas perninhas. Meus pais se separaram quando pequena e precisei morar na casa de tios e primos e considero que essa foi a melhor e mais gostosa fase da minha vida. Nessa casa eram 3 tios adultos, 4 meninos de idades variadas, eu de menina, minha avó, e minha mãe (essa passava maior parte do tempo fora de casa trabalhando). Como disse no início gostava muito de colo e sempre estava sentada no colo de um deles. Mesmo quando estavam todos juntos, pois parecia haver cumplicidade entre eles em dividir a sobrinha safadinha que gostava de sentar em suas rolas. Não sei explicar a sensação mais era muito gostosa. Era uma espécie de cócegas misturada com prazer e muitas das vezes minha calcinha ficava ensopada de tão molhada. Mas nunca passou disso. Eles só davam colo a sobrinha e sentia suas porras quentes e duras em mim. Mas com meu primos as coisas eram bem diferentes principalmente na hora do banho pois como crianças, era comum tomar banho juntos e sempre tem aquela curiosidade natural de crianças descobrindo sua sexualidade se tocarem e era bulinada por todos eles e adorava a sensação de ter seus dedinhos enfiados em minha xoxotinha. E em retribuição tocava em seus pauzinhos que ficavam bem durinhos. Essa época de descobertas de nossos corpos é a melhor fase e quem nunca brincou assim não teve infância. Lembro que um deles, o maior, descobriu, e quis me ensinar, claro, que o pinto era pra ser colocado na xoxota e era uma fila no banheiro para comer a priminha. Chegavam a fazer até ‘sanduiche’ um na xoxotinha e outro no rabinho e até troca troca entre eles tamanho tesão que rolava nesses banhos. Foi a fase mais deliciosa da minha vida essa convivência com meus tios e primos. Como era a única menina da casa era muito ‘mimada’ por todos eles. Os tios sempre me colocando em seus colos e os primos sempre ‘brincando’ durante os banhos e isso é muito mais comum de se acontecer em família do que se possa imaginar e hoje busco histórias parecidas com a minha e meio que por acaso vim parar nesse site e me vejo em muitos contos daqui. Essa fase passou pois minha mãe se estabilizou financeiramente e fomos embora da casa que considerava um verdadeiro paraíso e hoje moramos em uma outra cidade. Não tenho namorado pois como disse no início, por ter corpo de menina, os homens ficam com receio de se aproximar, por achar que sou menor pois aparentemente quem me ver acha que sou criança por conta do não desenvolvimento de meu corpo.
Não sou muito boa de escrita e espero que tenham gostado do meu breve relato.
Beijo a todos,
Menina

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,86 de 29 votos)
Loading...