,

Minha vida louca com direito a quase tudo (Parte2)

24-06-18 Por 0 ★ 4.40

Bem pessoal, você leram a primeira parte, agora vamos começar a segunda e vocês não vão se arrepender
Enfim, acabei pegando um serviço para vizinha da minha namorada a C, era uma morena bem gostosa, 1,70, olhos negros, cabelo cacheados, seios pequenos, coxas grossas e aquela bunda que da tesão a qualquer um, C sempre foi simpática comigo mais sempre evitou ficar de muito papo, até porque minha namorada sempre foi conhecida como brava e ciumenta, mais C sempre foi simpática com todos então falava mais comigo quando estava com minha namorada para não dar bandeira, fiz um serviço em seu celular e consertei pra ela, não a cobrei porque sabia que não tinha condições de bancar, apenas cobrei os valores da peça, ela me agradeceu mais disse que estava me devendo uma e que não comentasse com minha namorada, ela topou mas achou estranho, na hora que falei isso tive pensamentos em comer ela, mais sabia que não tinha chance.. enfim, durante esse tempo que fiquei encostado pude observar mais minha cunhada, ela sempre foi de usar esses vestidos colados e gostava de usar saia, mais era um pouco difícil de lidar com Maria, tinha dias que ela era uma simples criança e tinha dias que ela implicava comigo, dava tapa na minha bunda, implicava com ela para eu poder fazer cosquinha ou pela por trás para levantar ela de surpresa, mais claro que sempre aproveitava também para encoxar ela, até que um dia.. eu sempre dormir na cama da minha namorada, mais nunca dormia comigo por causa do pai e da mãe que não gostavam, minha namorada tinha mania que sempre quando acordava e estava de folga me acordava com um boquete bem delicioso, quando acordava rindo ela me dava bom dia e sentava com a xota na minha pica gemendo(aproveitamos porque era o único dia da semana que não tinha ninguém em casa e nao tinha chance de alguém chegar de surpresa) metia pra valer nela, só que nesse dia minha namorada havia esquecido que minha cunhada nao tinha ido para escola, minha namorada estava fazendo um boquete em mim, não tinhamos percebido mais minha cunhada tinha saído do quarto da mãe e estava nos olhando, minha namorada montou em mim e começamos a meter com força, ela gemia alto
-Mete seu gostoso, come minha xota, me rasga caralho
Eu- Toma sua putinha, toma rola caralho
Eu aumentava as estocadas e minha namorada gemia mais alto foi quando falou que ia gozar
-Mete amor, mete mais rápido que eu vou gozar, mete caralho
Eu-Também vou gozar amor, vamos gozar juntos sua putinha..
Gozamos juntos e minha namorada deu uma gemida alta pra caralho, então se deitou sobre o meu peito e começamos a rir juntos(fazemos isso sempre) então ela se levantou, minha cunhada foi para o quarto e fingiu que estava dormindo, ai minha namorada voltou com uma cara estranha..
Eu-Oque foi amor?
Ela-Maria está no quarto da minha mae dormindo
Eu pensei fudeu, porque Maria tem mania de fingir que está dormindo quando pensamos que esta
Eu-Será que ela está dormindo?
Ela-Eu não sei, sabe que ela tem a mania de fingir esta dormindo..
Eu-vou ir lá e ver se ela está dormindo mesmo
Ela- ta bom amor, vou aproveitar e tomar um banho
Minha namorada entrou no banheiro e eu entrei no quarto da minha sogra, olhei para ver se ela estava dormindo, então peguei no seu pé e cutuquei ela
EU- MARIA acorda, MARIA
Mais ela estava com um sono bem pesado, até chegou a acordar mais dormiu de novo
Então pensei que ela realmente estava dormindo, ela se virou e se descobriu da coberta, então fui colocar de novo a coberta, mais quando levantei vi que Maria estava de vestido e vi a calcinha dela, como estava de lado vi aquela bunda enorme e quando olhei com mais detalhe para sua xota vi que estava escorrendo alguma coisa, notei que maria toda molhadinha
Eu-Será que ela escutou a gente transando e estava se masturbando?
Então escutei o chuveiro desligar, cobrir Maria novamente e fui para o quarto, me deitei e minha namorada veio
Ela-Acordou Maria?
Eu-Sacudi, chamei, faltou eu bater mais ela não acordou
Ela-Então foi bom que ela não escutou né?!
Eu-É sim…

Mais será mesmo que ela não escutou? Ou estava escutando e se masturbando escutando a gente?
Até o próximo conto pessoal

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,40 de 10 votos)

Por ,

Nenhum comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos